West Memphis 3
   

West Memphis 3

West Memphis Three é um termo utilizado para caracterizar o caso de 3 homens que foram condenados pelo assassinato de três meninos em 1993, supostamente em um ritual Satanista que eles teriam promovido.

O julgamento dos 3 sempre envolveu muita polêmica já que nunca houve provas concretas de que os 3 teriam cometido os crimes e muitas pessoas afirmam que eles sofreram tortura por parte da Polícia para confessar algo que não tinham feito.

Isso gerou muita especulação e envolvimento de pessoas que defendem os caras, principalmente músicos envolvidos com o rock, que batalharam durante muito tempo e de diversas maneiras para fazer com que os 3 fossem liberados.

Compilações, shows, filmes, letras de músicas e outros meios foram utilizados por bandas e músicos como Eddie Vedder, Disturbed, Henry Rollins, Black Flag, Alkaline Trio, Iggy Pop, Cedric Bixler-Zavala, Corey Taylor, Nick Oliveri, Tom Araya e Mike Patton , sendo que Eddie Vedder e o ator Johnny Depp estiveram presentes no tribunal que liberou os caras na última Sexta-feira dia 19.

Ao saberem da notícia, vários músicos deram suas opiniões e expressaram seu sentimento a respeito no Twitter:

WM3 estão livres! Mike McCready (Pearl Jam)

Mandando tudo de melhor ao West Memphis 3 . Finalmente eles podem ser liberados. Assista “Paradise Lost” se você ainda não o fez #wm3Sage Francis

Finalmente boas notícias wm3 foram libertados – Exene Cervenka, do X

Wow. Os West Memphis 3 estão livres. Levante um copo para a liberdade antes tarde do que nunca. – Scott Ian, do Anthrax

Estou tão feliz que o WM3 finalmente está livre. Eu só espero que alguém possa arcar com a responsabilidade pela injustiça e tragédia que criou. – Frank Iero, do My Chemical Romance

Coisas lindas aconteceram no Arkansas hoje. Coisas lindas, lindas. – Natalie Maines, do Dixie Chicks

Incrível! Justiça servida, ainda assim uma história triste. – Mandy Moore

Saiba mais sobre o caso aqui, bem como sobre duas coletâneas aqui e aqui, e assista ao documentário “Paradise Lost”, citado por Sage Francis, logo abaixo.