Corey Taylor seria o novo vocalista do Velvet Revolver

Em uma entrevista concedida para o Billboard.com, Corey Taylor foi questionado se ele seria o “vocalista conhecido” que está fazendo testes com o Velvet Revolver. Com uma longa risada Corey apenas disse que “continua nos próximos capítulos” e não negou ou afirmou qualquer coisa.

A entrevista continuou com Corey falando do momento delicado que ainda está vivendo após a morte do Paul Gray. “Eu volto e avanço novamente. Há momentos que eu penso: ‘Vamos continuar pelo Gray’, e em outros momentos eu penso: ‘Não é a mesma coisa sem ele.'” Corey afirma que foi uma grande perda e que ele e a banda estão dando um passo de cada vez e ele apenas espera que todos os membros do Slipknot estejam bem. O grupo está confirmado em 3 Sonisphere Festival na Europa e também no Rock in Rio aqui no Brasil.

Ainda sobre o Slipknot, enquanto a banda pensa em um novo álbum, Corey acha que há muitas coisas sobre ele que ele precisa conhecer mais. Ele está pensando se ainda é o cara para o grupo. “Eu estou em um lugar diferente na minha vida…musicalmente e espiritualmente. Eu não sou mais aquele garoto com raiva.” Ele completa perguntando se tudo isso ainda faz sentido para ele, e responde dizendo que tem que ver como todos.

Corey Taylor vai pensar sobre tudo isso durante a turnê do Stone Sour com o Avenged Sevenfold que vai começar em fevereiro. Lembrando que o Stone Sour também vai tocar no Rock in Rio. O vocalista ainda disse que este grupo já está pensando em um álbum novo.

Como se não bastasse ser o frontman de duas bandas, e quem sabe de uma terceira, caso ele seja confirmado no Velvet Revolver, Corey Taylor também vai dar uma de escritor. “The Seven Deadly Sins: Settling the Argument Between Born Bad and Damaged Good” é o título do livro que deve ser lançado no dia 12 de julho. Taylor falou que é basicamente sobre ele falando que não são pecados. “As pessoas já nasceram com isso e isso nos ajuda a sermos pessoas melhores”, disse Corey. “É engraçado. É obscuro e é instigante, eu espero”, finalizou o vocalista.