Ben Blackwell com o vinil do White Stripes

Ben Blackwell com o vinil do White Stripes

Ben Blackwell é com certeza um grande fã do The White Stripes. Tão fã que desenbolsou 18 mil dólares no vinil de 7″ de “Lafayette Blues”. O disco foi lançado 12 anos atrás e trata-se do segundo single da banda lançado em uma perfomance da dupla no Gold Dollar em Detroit.

O single tem esse valor todos, pelo menos para quem é fã, pois foi pintado a mão pelo Jack White e pelo Dave Buick, dono da Italy Records, selo que lançou o single. Eles pintaram 15 capas na noite do lançamento pois houve um atraso na impressão das capas. Na época, cada exemplar foi vendido por 6 dólares e a muito tempo é considerado uma peça valiosíssima para colecionadores do White Stripes.

Em 2003 um single foi vendido por 800 dólares e desde então tem subido de valor até chegar a essa quantia paga por Blackwell no mês passado em um leilão. O exemplar adquirido por Ben foi pintado por Dave Buick e é uma prensagem em vinil vermelho e branco.

Ben Blackwell é natural de Detroit e é diretor da gravadora Cass Records. Toca bateria na The Dirtbombs e trabalha com o The White Stripes desde a formação da banda. É considerado pela NME “o maior historiador do White Stripes” e é nada mais nada menos do que sobrinho do Jack White. Em entrevista concedida ao The White Stripe Fansite Brasil, Blackwell fala sobre todo o envolvimento que ele tem com a música.

Abaixo uma performance da banda no Gold Dollar no ano de 1999.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!