Camisetas TMDQA! + Promoção AC/DC

Camisetas TMDQA!

Já viu a nova loja do TMDQA! com novas camisetas, canecas, adesivos e discos de vinil? É só clicar aqui.
E se você gosta de participar de promoções, clique aqui para concorrer a uma camiseta do TMDQA! e um CD do AC/DC!!

Clássico do Paradise Lost Acaba de Ser Relançado em Vinil


O clássico absoluto da banda inglesa de Death/Doom Metal Paradise Lost de 1995, “Draconian Times“, será relançado em versão especial de Vinil 12” duplo colorido em capa gatefold. A versão especial será limitada em 2000 cópias numeradas e já está em pré-venda aqui.

Esse é um item indispensável para qualquer um que tenha apreciado esse incrível álbum quando lançado em 1995. Corra atrás de uma das 1999 cópias que sobraram, porque uma já é minha.

Veja abaixo o tracklist:

Lado 1
1. Enchantment (6:04)
2. Hallowed Land (5:03)
3. The Last Time (3:23)

Lado 2
1. Forever Failure (4:13)
2. Once Solemn (3:03)
3. Shadowkings (4:42)

Lado 3
1. Elusive Cure (3:21)
2. Yearn For Change (4:19)
3. Shades Of God (3:54)

Lado 4
1. Hands Of Reason (3:57)
2. I See Your Face (3:16)
3. Jaded (3:26)


Vocalista do In Flames Faz Participação no Show do Pendulum


O vocalista Anders Fridén da banda sueca de Metal In Flames, se juntou a banda de Eletro-Rock Pendulum no palco da versão do Reino Unido do festival Sonisphere. A música tocada foi “Self Versus Self” e foi filmada por um fan presente no evento. O vídeo pode ser conferido logo abaixo.



Rob Zombie Fala Sobre o Fim dos Álbuns Musicais


O Vocalista/Cineasta norte-americano  Rob Zombie falou para o site Noisecreep sobre o formato de álbuns musicais completos (com em média 10, 14 músicas) estar se tornando impraticável, forçando a ele e outros vários artistas a pensar em formas diferentes de distribuir suas músicas.

Eu gosto da idéia da banda escrever uma música por mês e colocá-la online”. Falou Zombie. “Quero dizer, nós estamos em turnê por 6 ou 8 meses e não há tempo para escrever um álbum inteiro. Seria legal lançar duas ou três músicas que fizemos e ir continuando apenas para manter as coisas energizadas. E acredite, quando você faz um novo álbum… você diz, ‘Ok, aqui estão 11 novas canções, sendo que 5 dessas nunca serão tocadas ao vivo. E aqui há dois ou três singles que sempre estarão nos sets dos shows’. Então essa pode apenas ser uma maneira diferente de fazer negócios, tão boa quanto a maneira antiga. Voltando aos anos 50 ou 60, as pessoas não faziam álbuns, elas apenas prensavam singles e um álbum era na verdade apenas uma coleção de todos esses singles.

Essa visão do Rob Zombie é muito interessante e posso dizer que eu compartilho exatamente o mesmo ponto de vista. Também costumava pensar nos formatos de distribuição de música dos anos 50 e 60 como uma forma que poderia voltar a ser interessante.

A banda da Irlanda do Norte Ash e a norte-americana Smashing Pumpkins tem seguido modelos de lançamento de músicas que se assemelham aos formatos antigos. Ao fim de um período de lançamentos de singles, esses são reunidos em um álbum (no caso do Ash) ou num Ep (no caso do Smashing Pumpkins).

Para ler mais sobre a Ash clique aqui, para ler mais sobre a Smashing Pumpkins clique aqui.