Matéria exclusiva Starts With You Music Festival (SWU Brasil)

SWU

Na última terça-feira, dia 03/08, a organização do festival SWU, que acontece no Brasil em Outubro e trará grandes nomes como Rage Against The Machine, Pixies, Linkin Park, Kings Of Leon e outros, organizou um bate-papo com Milkon Chriesler, o Mac, um dos responsáveis pela realização do evento.

Nosso grande amigo e representante em São Paulo, Bruno Clozel, participou do evento e escreveu uma matéria a respeito.
Através do texto dá pra sacar os objetivos da organização do festival, tirar algumas dúvidas e saber o que esperar do evento.

Leia abaixo essa matéria exclusiva do Tenho Mais Discos Que Amigos! feita por Bruno Clozel.


Engajamento. Esta é definitivamente a palavra que o SWU adotou para ter como base nesse grande evento que será realizado entre os dias 9 e 11 de outubro deste ano.

Tive a oportunidade de participar de um bate-papo promovido pela organização do evento onde foram chamados vários representantes de diversos canais de mídia para se discutir todos os assuntos colocados em pauta nesta “mesa redonda”. E lá estava eu representando o site Tenho Mais Discos Que Amigos!.

Milkon Chriesler, conhecido por Mac, um dos sócios da The Groove Concept e um dos responsáveis pelo SWU, conta primeiramente que o SWU será um complexo de entreterimento visando um todo, e não apenas a música ou o rock em um palco e sim toda a arte e cultura que envolverá todo esse complexo.

Todo esse conceito começou no Maquinaria já com algumas medidas ecológicas como a reciclagem de lixo no próprio festival e agora está influenciando de ponta a ponta o SWU, que tem principal objetivo comunicar as pessoas em prol da mobilização e conscientização ecológica.

Todo o lixo do festival, por exemplo, será reciclado dentro do festival, garante Mac. O festival quer contará com muita arte, música de diversos estilos, mistura de culturas, entre outras coisas que o tornarão um ambiente muito agradável quer apresentar este novo conceito de entreterimento, modelar a cultura para um novo tipo de experiência que ainda não é muito explorado no Brasil.

Comunicar e não só fazer, experimentar, interagir, aproveitar, conscientizar, se divertir… tudo isso será encontrado dentro do festival de música e arte que atualmente é o maior na América do Sul.

Mas nem tudo de sucesso se estrutura com críticas boas e um dos pontos mais discutidos no debate foram os preços dos ingressos da área premium e o por quê da área premium existir.

Antes de tudo, a área premium já é um ritual famoso em diversos shows (principalmente os de maior porte) da cidade de São Paulo e não foi criada apenas no SWU, porém minha principal questão não eram os preços implantados e sim o que esta área vai oferecer áqueles que pagam um preço muito maior pelo ingresso.E nisso para quem vai de área premium no SWU terá benefícios como acesso diferenciado, áreas exclusivas, lounges, além de banheiros e área de alimentação separada.

Mas qual será o tamanho da área premium? Quão prejudicado será aquele que não tem condições de pagar por este ingresso mais caro? A resposta é simples e objetiva: 10 metros. Dez metros é a distância que o fã da pista normal que ficar na grade ficará do palco.

Antes de qualquer critíca é preciso conhecer o outro lado da moeda, e neste ponto sou contra a quem crítica pelo alto preço, pois há um motivo para tudo, e lembrando que não será só sua banda favorita que tocará, e sim muitas outras atrações além de uma mega estrutura. Brasileiro é assim, oito ou oitenta, amor ou ódio, mas como diz aquele velho ditado “falem bem ou mal, mas falem de mim”, é o que faz o festival cada vez ser mais divulgar e ganhar o conhecimento do público em geral.

Outro ponto importante discutido foi sobre a censura de 18 anos implantada pelo festival, porém este fato fica fora das jurisdições dos organizadores do evento e fica para a parte burocrática determinadas pelas leis de nosso país (nosso país que pune quem ama cultura e não pune quem realmente deve ser punido…).

Para quem vai acampar, pode esperar uma grande infraestrutura da fazenda Maeda, as pessoas poderão usufruir de tudo aquilo que a fazenda oferece não só em diversão mas também nas refeições. “Você poderá pescar, por exemplo.”, garante mais uma vez Mac. Em breve as informações de acesso ao local e de como funcionará o camping e preços serão divulgados.

A ideia do festival é continuar no futuro, ainda sem uma data certa e uma periodicidade definida, mas é um projeto a longo prazo que com o passar das edições irá cada vez melhorar, e cada vez mais acessível a todos. Mas para isso acontecer, é preciso que este primeiro dê certo.

E o SWU tem tudo para dar certo, não só pelos shows mas pelo conceito diferenciado (que na minha modesta opinião é algo necessário para nossa cultura e nosso país) apresentado e pela experiência que será promovida para o público que comparecer.

Alias, quando perguntado ao Mac sobre qual será o diferencial do evento, a resposta é simples: A experiência.

Saiba de mais detalhes sobre o festival clicando aqui.


Promoção Camiseta TMDQA! + AC/DC

Camisetas TMDQA!

AC/DC - Black Ice

Eu falei pra vocês que era pra não se entristecer caso não tivessem levado a última promoção, não falei?

Em parceria com a loja virtual Reign In Metal, trazemos a nova promoção do TMDQA!
Essa nova promoção irá dar ao vencedor uma camiseta do TMDQA! em uma das 4 estampas disponíveis em nossa loja e uma cópia do último disco do AC/DC, o “Black Ice” em CD.

Além disso, mais 3 CDs das bandas Leptospirose, The Midnight Sisters e Shame (cortesia da Idealshop).

Pra finalizar, o pacote ainda vai recheado com adesivos do TMDQA!, flyers de parceiros e vários outros itens.

Pra participar, você deve seguir os usuários @mdiscosqamigos e @reigninmetal no Twitter.
Depois disso é só twittar quantas vezes quiser a frase:

Quero muito uma camiseta do @mdiscosqamigos e um CD do AC/DC da @reigninmetal !! |m| http://migre.me/13jif

A promoção vai até Sexta-feira, 13/08 às 23:59 e o sorteio será feito entre todos que twittarem!
Boa sorte a todos.


 
Compartilhar