Jorge Ben

Pelo twitter, a Polysom anunciou o relançamento de dois clássicos da discografia de Jorge Ben (que depois adicionou o Jor, mas esqueçamos isso agora). “A Tábua de Esmeralda” e “África Brasil” ganharam respeito de público e crítica ao redor do mundo, e até hoje faixas dessas duas pérolas são sucessos absolutos, sampleados à exaustão por artistas de hip-hop.

Os LPs vão ser editados em 180 gramas – os primeiros da Polysom com essa configuração -, que garante mais estabilidade e qualidade sonora ao vinil. Os álbuns vão ser remasterizados a partir das fitas originais, ou seja: o som, sem sombra de dúvidas, vai ser de primeira.



O primeiro lançamento vai ser o de “África Brasil”. A Polysom ainda não divulgou o dia certo, mas previu lançamento em Junho deste ano. Lançado originalmente em 1976, o álbum é repleto de composições essenciais da carreira de Jorge, e tem três regravações: “A Princesa e o Plebeu”, original de “Sacundin Ben Samba” (1964), “Taj Mahal” de “Ben” (1972), e “Zumbi”, de “A Tábua de Esmeralda”. Veja o tracklist:

01. Ponta de Lança Africano (Umbabarauma) – 3:52
02. Hermes Trimegisto Escreveu – 3:02
03. O Filósofo – 3:27
04. Meus Filhos, Meu Tesouro – 3:53
05. O Plebeu – 3:07
06. Taj Mahal – 3:09
07. Xica da Silva – 4:05
08. A História de Jorge – 3:49
09. Camisa 10 da Gávea – 4:04
10. Cavaleiro do Cavalo Imaculado – 4:46
11. África Brasil (Zumbi) – 3:47

Em tempo: eu  tenho a prensagem original desse disco em vinil, que já tem um som bem legal. Se a remasterização for bem feita como esse clássico merece, coisa muita boa vem por aí.



O outro relançamento, previsto para Julho, é “A Tábua de Esmeralda”, original de 1974. Produzido por Paulinho Tapajós, o álbum não atingiu o mesmo sucesso comercial que “África…” conseguiu nos anos seguintes, mas musicalmente, não fica para trás um só segundo. Confira o tracklist:

01. Os Alquimistas Estão Chegando – 3:15
02. O Homem da Gravata Florida – 3:05
03. Errare Humanum Est – 4:50
04. Menina Mulher da Pele Preta – 2:57
05. Eu Vou Torcer – 3:15
06. Magnólia – 3:14
07. Minha Teimosia, Uma Arma Pra te Conquistar – 2:41
08. Zumbi – 3:31
09. Brother – 2:54
10. O Namorado da Viúva – 2:03
11. Hermes Trismegisto e Sua Celeste Tábua de Esmeralda  – 5:30
12. Cinco Minutos – 2:57

Vale lembrar que os primeiros lançamentos da Polysom em 2010, após a reinauguração, ficaram com um resultado excepcional, como você pode conferir aqui e aqui. Assim que soubermos da data confirmada para o lançamento dos LPs, você vai ficar sabendo aqui pelo Tenho Mais Discos Que Amigos!



Ryan Adams


O cantor, guitarrista e compositor Ryan Adams lançou, nessa terça-feira,“Orion”, um projeto com influências de heavy metal e ficção científica. Achou estranho? Eu também. Apesar ter visto a luz do dia só agora, o álbum foi gravado em 2006, e está sendo distribuído exclusivamente em vinil pelo selo de Ryan, o PAX.AM. Ouça “Electro Snake” e decida por você mesmo se Ryan Adams pirou de vez (via Pitchfork):


ORION . ELECTROSNAKE by ryanadams


Confesso que não achei ruim. A notícia triste, no entanto, é que, à venda há apenas um dia, o LP translúcido de 180 gramas está esgotado, como você pode ver aqui. Ainda não se sabe se vai haver uma nova prensagem do disco, mas como a compra do LP garante o download do disco em mp3, e em breve “Orion” deve estar na internet gratuitamente (de forma ilegal, claro).



Adams é famoso pelo nível quase workaholic em que lança material novo. Desde 2000, quando começou a carreira solo, foram 15 lançamentos, entre álbuns e EPs – isso sem contar as vezes em que gravou com outras bandas ou sob pseudônimos diversos. Reconhecido por criar um rock alternativo com pitadas generosas de música country, Adams já se aventurou pela música pesada em 2009, com o Werewolph, um projeto de black metal, e com o Sleazy Handshake, em que flertou com o hard rock.



Charles Manson


Charles Manson lançou um novo álbum. Sim, aquele mesmo que ouviu o Álbum Branco dos Beatles, pirou o cabeção, e liderou a “Família Manson” em uma série de crimes absurdos, como o assassinato da atriz Sharon Tate, grávida de oito meses e meio, em 1969.



“Inner Sanctum” é o nome do novo EP do maníaco, lançado em vinil azul pela esquisitíssima gravadora Hellfish Family. O disco tem prensagem limitadíssima: apenas 100 cópias. E você pode ainda comprá-lo com duas opções de camisetas. A gravadora não divulgou o tracklist do EP, mas sabemos que ele tem duração bem curta: apenas 14 minutos.

Compre o seu aqui.

Charles Manson tem uma discografia curiosa: desde 1970, com o lançamento de “LIE: The Love and Terror Cult”, foram oito álbuns, incluindo o ao vivo “Live at San Quentin”, com improvisos gravados na cela dele em 1983, e lançado dez anos depois. Suas músicas foram regravadas por grupos como o The Beach Boys e o Guns N’ Roses, que lançou “Look At Your Game, Girl”, escondida no disco de covers “The Spaghetti Incident?” (1993). Ouça a versão original da faixa, que abre o álbum de estreia de Manson:



Chris Shiflett



Chris Shiflett, guitarrista do Foo Fighters, do supergrupo de punk covers Me First and The Gimme Gimmes, e ex-No Use For a Name, vai lançar “Chris Shiflett & The Dead Peasants”, seu primeiro álbum solo, no dia 13 de Julho. Além de Shiflett no vocal e na guitarra, a banda que gravou o álbum tem John Lousteau na bateria e Derrick Morgan nos teclados.

Nenhuma música do projeto foi lançada até agora, mas sabe-se que o som não é tão pesado como as outras bandas do guitarrista. As principais influências de Shiflett na composição do álbum teriam sido o folk e o country. O tracklist é o seguinte:

1. Helsinki
2. Get Along
3. Bandaged
4. God Damn
5. Burning Lights (Joe Strummer cover)
6. An Atheist’s Player
7. Not Going Down Alone
8. Baby, Let It Out
9. Death March