segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Jerry Lewis, lenda da comédia, falece aos 91 anos

Foto: Divulgação

O grande ator, diretor e comediante Jerry Lewis acaba de falecer aos 91 anos, como aponta o The Hollywood Reporter.

Tendo iniciado sua carreira na segunda metade dos anos 40, Lewis acabou ganhando reconhecimento internacional como um dos maiores ícones de comédia, estrelando filmes como O Mensageiro Trapalhão e também a versão original de O Professor Aloprado.

Um de seus maiores parceiros de trabalho era Dean Martin, com quem Jerry gravou dezenas de ótimos trabalhos durante boa parte dos anos 50.

Embora, por conta de sua idade, Lewis tenha passado os últimos anos vivendo uma vida mais reclusa, o ator deu o que falar no final do ano passado ao dar uma entrevista sensacional para o The Hollywood Reporter. Na ocasião, Jerry passou sete minutos respondendo perguntas de forma monossilábica em um encontro bem desconfortável.

Ao longo de sua vida, ator enfrentou uma série de problemas de saúde, sobrevivendo uma cirurgia no coração, câncer de próstata e um ataque do coração.

Até o momento, a causa da morte ainda não havia sido confirmada. O jornalista John Katsilometes‏ apenas confirmou que o ator havia falecido na manhã desse domingo em sua casa, em Las Vegas.

Descanse em paz, mestre!

Phil Anselmo conta sobre o dia em que teve diarreia em pleno palco

Phil Anselmo conta sobre o dia em que cagou nas calças durante um show; assista
Foto: Reprodução / YouTube

Antes de começar sua carreira no Pantera, o cantor Phil Anselmo teve experiências “curiosas” com o Razor White, sua antiga banda.

E em um vídeo para o Loudwire, o cantor relembra o dia em que precisou fazer um show quando estava doente, e decidiu tomar um monte de vitamina C para melhorar sua condição para poder se apresentar.

No entanto, Anselmo não sabia que um dos efeitos colaterais de tomar essa vitamina em excesso é dar uma “reviravolta” no seu estômago, e acabou tendo uma crise de diarreia no meio do show assim que tentou atingir a primeira nota aguda.

Não disposto a fazer a apresentação acabar, o músico decidiu pegar emprestada uma calça de elastano usada de um outro músico. Para o desespero do cantor, as coisas foram de mal a pior, ele pegou chato (piolho pubiano) e você pode conferir a história na íntegra logo abaixo.

Convenhamos, essa não foi a maior merda que o cara já fez em cima do palco.

Confusão: novas músicas do Queens of the Stone Age aparecem em vinil de outra cantora

Queens Of The Stone Age
Foto: Reprodução / YouTube

Uma enorme confusão acaba de acontecer durante as prensagens de discos de vinil da cantora folk australiana Gordi.

Como ela irá lançar seu disco no mesmo dia que o Queens of the Stone Age, a empresa que faz a prensagem acabou cometendo um engano e colocou três músicas da banda de Josh Homme no lugar das b-sides do novo álbum da cantora, intitulado Reservoir.

O erro foi descoberto por usuários no Reddit, que acabaram recebendo a edição falha do disco da cantora antes da data de lançamento. Aparentemente, as faixas presentes no vinil são “Fortress”, “Head Like A Haunted House” e “Un-Reborn Again”.

Ao conversar com a Pitchfork, o porta-voz da Secretly Group explicou a confusão:

Essa é uma prensagem defeituosa que estamos tentando corrigir o mais rápido possível. Não é a primeira vez que esse tipo de coisa acontece, mas esperamos que seja a última.

Já Gordi brincou com a situação, dizendo que seus fãs nem “notariam a diferença”:

Obviamente eu estava ciente que o álbum do Queens of the Stone Age seria lançado na mesma semana que o meu, e eu estava ciente de que ele provavelmente iria tomar conta de todos os holofotes, então a solução lógica era colocar um monte de músicas deles no ‘Reservoir’. Eu espero que as pessoas nem notem a diferença ou que apreciem a ‘mudança dinâmica’.

Julien Baker lança “Appointments”, primeiro single de seu novo disco

Julien Baker

A cantora e guitarrista Julien Baker divulgou antes de ontem (17 de Agosto) a canção “Appointments”, primeiro single de seu segundo álbum, Turn Out The Lights, que será lançado em 27 de Outubro pela Matador Records.

A música discute a perspectiva da narradora sobre um relacionamento em que as pessoas estão se distanciando por ela não ser mais quem costumava ser. Em meio a essa reflexão, a protagonista conclui, em estado de negação, que “Talvez tudo ficará bem/E eu sei que não vai, mas eu preciso acreditar que vai”.

Este single é o terceiro lançamento da cantora neste ano, que divulgou um vinil de 7 polegadas com as músicas “Funeral Pyre” e “Distant Solar Systems” junto do relançamento de seu álbum de estreia de 2015, Sprained Ankle, pela nova gravadora.

O novo álbum foi composto e produzido integralmente por Baker no Ardent Studios, em sua cidade natal de Memphis, no Tennessee. O disco contará com onze faixas:

  1. “Over”
  2. “Appointments”
  3. “Turn Out The Lights”
  4. “Shadowboxing”
  5. “Sour Breath”
  6. “Televangelist”
  7. “Everything That Helps You Sleep”
  8. “Happy To Be Here”
  9. “Hurt Less”
  10. “Even”
  11. “Claws In Your Back”

Enquanto Turn Out The Lights está disponível para pré-venda, a cantora segue numa extensa turnê pelos Estados Unidos e Europa, com fim previsto para o dia 20 de Dezembro, em Dallas, no Texas. As apresentações contarão com a presença de bandas como Belle & Sebastian, Cold War Kids, Paramore, Ben Folds e Half Walf.

Site de vídeos pornô quer produzir nova temporada de Sense8

Sense8
Foto: Divulgação

O vice-presidente do site pornô xHamster, Alex Hawkins, enviou uma carta às irmãs Lana e Lilly Wachowski expressando seu interesse em dar continuidade à recém cancelada série do Netflix, Sense8. Segundo o site, a oferta, embora inusitada, seria a parceria mais apropriada para a garantia da perpetuidade da série.

Enviada no dia 16 de Agosto, a carta garante que a intenção do site não é de fazer uma paródia pornô do seriado. Pelo contrário. A ideia é revivê-lo numa plataforma que tem “uma longa história de luta pelos direitos de expressão sexual e pela sexualidade não normativa”. Hawkins ainda vai além: “Diferente da Netflix, vocês não estariam competindo por uma parte do orçamento da nossa produção – ele seria todo seu”.

Embora feliz com o anúncio de que o Netflix produzirá um episódio final de duas horas, Hawkins finaliza sua carta com um pedido de agendar uma reunião com as Wachowski, antes que a história seja concluída, e um apelo:

Sabemos que somos uma casa incomum. Mas há cinco anos as pessoas riam da ideia da Netflix produzir séries originais. Nós achamos que a nossa hora, assim como a sua, chegou.

Para ler a carta na íntegra, clique aqui.

Taylor Swift faz doação para fundação de sobreviventes de abuso sexual

Taylor Swift em 2016
Foto de Taylor Swift via Shutterstock

No começo dessa semana, a cantora pop Taylor Swift voltou às manchetes ao vencer um julgamento sobre um antigo caso de agressão sexual cometida por um DJ durante um meet and greet em 2013.

Na ocasião, Swift pediu apenas um dólar simbólico como recompensa, mas disse que a vitória significava muito mais para todas as mulheres que “se encontram em situações parecidas”.

Agora, a cantora acaba de anunciar uma generosa doação para a Joyful Heart Foundation, organização criada pela atriz Mariska Hargitay. A Joyful Heart presta diversos auxílios a vítimas de abuso sexual.

A CEO da companhia Maile Zambuto disse ao Huffington Post que o dinheiro será empregado em três programas principais: o de auxílio de saúde às vítimas, um programa de educação e também trabalhos de advocacia.

Em uma declaração, Swift falou sobre a decisão:

Eu reconheço o privilégio que tenho na vida, na sociedade e na minha habilidade em poder bancar o custo enorme de me defender em um julgamento desses. Minha esperança é de ajudar as vozes que também precisam ser escutadas. Desse jeito, eu estarei fazendo doações para diversas organizações que ajudam vítimas de agressões sexuais a se defenderem.

Você pode conferir mais sobre o trabalho da instituição através do site da Joyful Heart.

Canto dos Malditos na Terra do Nunca divulga lyric video e contagem regressiva para novo álbum

Canto dos Malditos na Terra do Nunca - À Deriva

Os baianos do Canto dos Malditos na Terra do Nunca lançaram um lyric video para “À Deriva” e uma contagem regressiva para o novo álbum. O som é o primeiro single deste novo trabalho, sucessor do disco homônimo de lançamento de 2006. Seu registro pode ser assistido abaixo.

Assim como as demais músicas do grupo, a faixa foi composta pela vocalista Andrea Martins. Aborda a temática de amor e solidão em meio a metáforas marinhas. As linhas de seu refrão, “Mas onde quer que eu vá/Sob todo esse mar/Um farol para me guiar/Sou marinheiro só/Meu caminho é maior/Que o sol que me queima”, ilustram o simbolismo central do vídeo, que é focado num farol solitário que permanece em constante exercício, faça sol ou faça chuva.

O último lançamento do CMTN foi a música “O Sol de Lá”, em 2015, que contou com um clipe, uma performance no programa Showlivre e uma mini turnê. Na época, foi divulgada como um teaser para o novo álbum, cuja gravação inclusive contou com uma campanha no Kickante que arrecadou R$ 20.065,00 até 30 de Dezembro daquele ano. Os anos seguintes viram o processo de gravação acontecer nos estúdios Casa das Máquinas e Estúdio T, ambos em Salvador. Sua produção foi assinada numa parceria entre os produtores André Tavares e Tadeu Mascarenhas e a própria vocalista e o baterista da banda (Leonardo Bittencourt), que também foi incumbido da direção musical do projeto.

Agora foi anunciada uma contagem regressiva de 10 dias para o seu lançamento. Vídeos de uma cópia da Master Tape já até haviam sido divulgados no Stories do Instagram de membros da banda neste mês. Em suas páginas oficiais no Facebook e Instagram a banda também liberou hoje (19 de Agosto) um trecho da décima música do álbum, “Tantas Promessas”.

Agora basta aproveitar as surpresas da banda, que parece estar à todo vapor neste mês, e esperar mais detalhes sobre este lançamento e um anúncio de uma turnê de divulgação.

Hoje começamos a contagem regressiva para o lançamento do nosso novo disco! ❤ Faltam 10 dias!! E esse é um trecho da décima música do disco, chamada de "Tantas Promessas"! #CMTN #Travessia

Posted by Canto dos Malditos na Terra do Nunca on Saturday, August 19, 2017

 

Prolíficos: King Gizzard & The Lizard Wizard lança seu terceiro álbum de 2017; ouça

King Gizzard & The Lizard Wizard

O ambicioso grupo australiano de rock psicodélico King Gizzard & The Lizard Wizard fez uma promessa: lançar cinco discos de estúdio em 2017.

E ao que tudo indica, eles estão bem encaminhados para cumprir a meta: a banda acaba de lançar seu terceiro álbum do ano, intitulado Sketches of Brunswick East. Trata-se de um novo projeto colaborativo com o Mild High Club, grupo americano de pop psicodélico.

O disco é inspirado no álbum Sketches Of Spain, do lendário músico Miles Davis, e possui influências do jazz. Você pode ouvir o trabalho através do Bandcamp da banda.

King Gizzard & The Lizard Wizard com Mild High Club - Sketches of Brunswick East

Sketches of Brunswick East:

01. Sketches Of Brunswick East I
02. Countdown
03. D-Day
04. Tezeta
05. Cranes, Planes, Migraines
06. The Spider And Me
07. Sketches Of Brunswick East II
08. Dusk To Dawn On Lygon Street
09. The Book
10. A Journey To (S)hell
11. Rolling Stoned
12. You Can Be Your Silhouette
13. Sketches Of Brunswick East III

Liniker e os Caramelows fazem bonito no clipe de “Sem Nome, Mas Com Endereço”

Liniker e os Carmelows

Liniker é uma artista que tem chamado atenção recentemente ao misturar soul, blues e MPB. À frente do grupo Liniker e os Caramelows, protagoniza o recém-lançado clipe da canção “Sem Nome, Mas Com Endereço”.

Dirigido por Sabrina Duarte, o clipe condiz com a letra da música ao ser belo e sereno. Planos conceituais metaforizam a água, que é indomável tal como o amor. A relaxante paleta de cores usada enfatiza o azul e o branco. Além disso, cenas em preto e branco mostram flores despetaladas, nos fazendo pensar conforme ouvimos a letra da canção.

O clipe ainda conta com a especial participação do cantor Marcelo Jeneci. Em dois dias desde o seu lançamento, o clipe já contabiliza quase 28 mil visualizações no YouTube.

Em pronunciamento no Facebook, Liniker diz:

Lançar o clipe dessa música, que fala sobre paixões inevitáveis e incontroláveis, é especial por vários motivos. Teve a troca com a água, uma equipe inteira composta por mulheres, a participação do Marcelo Jeneci, entre tantos outros detalhes que resultaram em algo tão sensível.

Esse é o segundo clipe do álbum de estreia do grupo, Remonta, lançado em 2016. O primeiro, gravado em 360º, é da música “Prendedor de Varal”.

“Mergulhem com a gente nessas águas”, pede a vocalista ao fim da publicação.

Confira este incrível vídeo:

Assista ao trailer de “On The Road”, estrelando a banda Wolf Alice

Wolf Alice em On The Road

Está disponível online o primeiro trailer de “On The Road”, novo filme do diretor Michael Winterbottom. O filme conta com a banda britânica Wolf Alice, que já foi indicada ao Grammy na categoria “Melhor Performance de Rock” em 2016.

A produção do longa se deu durante a passagem da turnê My Love is Cool, álbum de estreia da Wolf Alice, pelo Reino Unido. Algumas imagens mostradas no trailer mostram shows realizados nesta turnê.

Apesar de contar com imagens reais dos shows da banda, o filme traz a história de um relacionamento entre Joe (interpretado por James McCardle) e Estelle (interpretada por Leah Harvey), ambos membros fictícios do grupo.

 

Filme e novo álbum serão lançados juntos

Paralelamente, a Wolf Alice está divulgando aos poucos material referente ao segundo álbum de estúdio, Visions of a Life. E, como o próprio nome sugere, o álbum não estará totalmente centrado em um único estilo.

Até então, as três novas músicas mostradas contam com pegadas distintas. Enquanto “Yuk Foo” mostra um punk agressivo, a suave “Don’t Delete the Kisses” traz consigo claras influências de synth-pop e shoegaze. A mais recente, “Beautifully Unconventional”, conta com uma levada mais convencional de indie e com uma base de guitarra contagiante.

Tanto o álbum quanto o filme vão ser lançados no mesmo dia: 29 de Setembro.

Confira o trailer e a nova “Beautifully Unconventional” abaixo:

LCD Soundsystem lança clipe para “tonite”, seu novo single

LCD Soundsystem - clipe de Tonite
Foto: Reprodução / YouTube

O LCD Soundsystem acaba de dar mais um gostinho do que está por vir com a inédita “tonite”, pertencente ao seu novo álbum de estúdio.

A canção já havia sido tocada inúmeras vezes em apresentações recentes do grupo, mas sua versão de estúdio só está sendo compartilhada agora — duas semanas antes do lançamento de American Dream, o primeiro álbum do grupo em 7 anos.

A faixa tem uma sonoridade bem diferente dos dois singles lançados até agora pelo grupo, puxando muito mais para o lado eletrônico pelo qual o LCD é bem conhecido. Já nas letras, o frontman James Murphy tem muito o que falar, abordando críticas sociais e também fazendo comentários sobre o cenário da música atual.

Junto do áudio oficial, a banda também compartilhou um clipe para a faixa, onde os membros fazem uma performance da canção em cima de um palco rotativo. Assista ao vídeo logo abaixo.

American Dream será lançado no dia 1º de Setembro.

Converge dá detalhes sobre novo álbum e lança mais uma; ouça “Under Duress”

Converge

A famosa banda de metalcore Converge está finalmente prestes a lançar seu primeiro álbum em cinco anos.

O disco se chamará The Dusk In Us e será lançado no dia 3 de Novembro pela gravadora Epitaph. A lista de faixas e a capa do trabalho também foram detalhados pela banda, e você pode dar uma conferida logo abaixo.

Até o momento, o grupo já havia compartilhado duas faixas, “I Can Tell You About Pain” — que faz parte do disco — e a b-side “Eve”. Agora, a banda decidiu dar mais um gostinho de seu novo material com “Under Duress”.

Ouça o single a seguir.

Converge - The Dusk In Us

The Dusk In Us:

01. A Single Tear
02. Eye of the Quarrel
03. Under Duress
04. Arkhipov Calm
05. I Can Tell You About Pain
06. The Dusk in Us
07. Wildlife
08. Murk & Marro
09. Trigger
10. Broken by Light
11. Cannibals
12. Thousands of Miles Between Us
13. Reptilian

As letras do novo disco do Foo Fighters acabaram de vazar

Foo Fighters - Concrete And Gold

A expectativa está grande para o novo álbum do Foo Fighters.

Três anos após o lançamento de Sonic Highways, a banda agora está prestes a lançar Concrete and Gold, seu nono álbum de estúdio. Até agora, o grupo esteve mantendo o seu novo material em segredo, tendo compartilhado apenas um single para o disco, “Run”.

Porém, como o Foo Fighters Live descobriu, as letras de todas as canções presentes em Concrete and Gold acabaram de vazar. Você pode ler todas na íntegra logo abaixo.

Concrete and Gold será lançado no dia 15 de Setembro.

T-Shirt

I Don’t wanna be king
I just wanna sing a love song
Pretend there’s nothing wrong
You can sing along with me
I don’t wanna be queen
Just trying to keep my T-shirt clean

There’s One thing that I have learned
If it gets much better, it’s going to get worse

And you get what you deserve

Run

Wake up
Run for your life with me
Wake up
Run for your life with me

In another perfect life
In another perfect light
We run
We run
We run

The rats are on parade
Another mad charade
What you gonna do?
The hounds are on the chase
Everything’s erased
What you gonna’ do?
I need some room to breath
You can stay asleep
If you wanted to
They say that’s nothings free
But you can run with me
If you wanted to

Yeah you can run with me
If you wanted to

Before the time runs out
There’s somewhere to run

Wake up
Run for your life with me
Wake up
Run for your life with me

In another perfect life
In another perfect light
We run
We run
We run
Run!

We’ve got to make some space
Everything’s erased
What you gonna do
I need some room to breath
You can run with me
If you wanted to
Yeah you can run with me
If you wanted to

Before the time runs out
There’s somewhere to run
Wake up
Run for your life with me
Wake up
Run for your life with me

In another perfect life
In another perfect light
We run
We run
We run

Wake up
Run for your life with me
Wake up
Run for your life with me

In another perfect life
In another perfect light
We run
We run
We run

Make It Right

Everybody needs, everybody needs
needs a little suffer
I just wanna do
I just wanna do
do a little number
bite the hand that feeds
bite the hand that feeds, bite a little harder
What’s it gonna take, what’s it gonna take
gonna take a lover

Hop on the train to nowhere baby
Don’t you wanna hitch a ride
Lights go out and your head starts spinning
Someone got you hypnotized
Down on the chain, your bad tuxedo
Brother can you spare a dime
Count what’s left when it’s all gone wrong
How you gonna make it right
How you gonna make it right

Everybody breathe, everybody breathe
breathe a little deeper
Got no soul to keep, got no soul to keep
ain’t no brother’s keeper
I don’t fuckin’ need, I don’t fuckin’ need
I don’t need a martyr
Who’s it gonna be, who’s it gonna be
Gonna be another

Hop on the train to nowhere
Don’t you wanna hitch a ride
Lights go out and your head starts spinning
Someone got you hypnotized
Down on the chain, your bad tuxedo
Brother can you spare a dime
Count what’s left when it’s all gone wrong
How you gonna make it right
How you gonna make it right
Gonna make it right
How you gonna make it right
Gonna make it right

Hop on the train to nowhere
Don’t you wanna hitch a ride
Lights go out and your head starts spinning
Someone got you hypnotized
Down on the chain, your bad tuxedo
Brother can you spare a dime
Count what’s left when it’s all gone wrong
How you gonna make it right
How you gonna make it right
How you gonna make it right
Gonna make it right
Gonna make it right

The Sky Is A Neighborhood

The sky is a neighborhood
so keep it down
the heart is a storybook
A star burned out
The sky is a neighborhood
Don’t make a sound
Lights coming up ahead
Don’t look now

The sky is a neighborhood
The sky is a neighborhood
Don’t look now

Oh my dear heaven is a big bang now
Gotta get to sleep somehow
Banging on the ceiling
Banging on the ceiling
Keep it down

Oh my dear heaven is a big bang now
Gotta get to sleep somehow
Banging on the ceiling
Banging on the ceiling
Keep it down

My mind is a battlefield
All hope is gone
Trouble to the right and left
Whose side you on?
Thoughts like a minefield
I’m a ticking bomb
Maybe you should watch your step
Don’t get lost

The sky is a neighborhood
The sky is a neighborhood
Don’t get lost

Oh my dear heaven is a big bang now
Gotta got your sleep somehow
Banging on the ceiling
Bangin’gon the ceiling
Keep it down

Oh my dear heaven is a big bang now
Gotta got your sleep somehow
Banging on the ceiling
Bangin’gon the ceiling
Keep it down

The sky is a neighborhood
Heart is a storybook
The star burned out
Something coming up ahead
Don’t look now

Oh my dear heaven is a big bang now
Gotta got your sleep somehow
Bangin’ on the ceiling
Bangin’ on the ceiling
Keep it down

Oh my dear heaven is a big bang now
Gotta got your sleep somehow
Bangin’ on the ceiling
Bangin’ on the ceiling
Keep it down

The sky is a neighborhood

La Dee Da

Look out cuz I know what you’re doing
Turn up the American Ruse
Whitehouse, Death in June
Jim Jones painting in a blue bedroom

You don’t know this
La Dee Da
You don’t own this
How bizarre
Keep your pretty promise to yourself

Do you know this
La Dee Da
Got me goin’
How bizarre
Keep your pretty promise to yourself

Dear God

Hate if I want to
Love who I like
Hate if I want to
Psychic Television and Death In June
Jim Jones painting in a blue bedroom
Hate if I want to

You can’t shake me
La Dee Da
Give or take me
How bizarre

Keep your pretty promise to yourself
Keep your pretty promise to yourself

Dear god

Hate if I want to
Love who I like
Hate if I want to
Psychic Television and Death In June
Jim Jones painting in a blue bedroom

Hate if I want to
Hate if I want to
Love who I like
Hate if I want to
Psychic Television and Death In June
Jim Jones painting in a blue bedroom
Hate if I want to
Keep your pretty promise to yourself

Dirty Water

I’ve been drinking dirty water
But I’ve been here before
After all
The witching hour is upon us
So you and I can sing
Haunted songs

In my dreams I’m climbing ladders
And then I tumble down
Ring by ring
And I keep on falling faster
The heart is echoing
On and on
On and on

I feel an earthquake coming on
I feel the metal in my bones
I’m a natural disaster
And you’re the morning after all my storms

You’re my sea of poison flowers
Standing in the sun
Row by row
I’ve been drinking dirty water
The taste of sweet revenge
Best served cold
All we know

I feel an earthquake coming on
I feel the metal in my bones
I’m a natural disaster
And you’re the morning after all my storms

Be dirty water
Breathe dirty sky
Be dirty water
Breathe dirty sky
Be dirty water
Breathe dirty sky
Be dirty water
Breathe dirty sky
Be dirty water
Breathe dirty sky
Be dirty water
Breathe dirty sky
Be dirty water
Breathe dirty sky

I feel an earthquake coming on
I feel the metal in my bones
Cuz I’m a natural disaster
And you’re the morning after all my storms

Arrows

She was a friend of mine
Alone on a dead end street
Dancing through life
On the front lines
She led a quiet life
Ends they don’t always meet
Years passed her by, waiting to rise

She had arrows in her eyes
Fear where her heart should be
War in her mind

Arrows in her eyes
Fear where the heart should be
War in her mind
Shame in her cries
Arrows in her eyes
Tears in her arteries
War in her mind
Shame as she cries

Fire away

Under a silent light
Screaming biology
Queen Gemini
The world in her sights
I want a new life
Forming inside of me
Blessed and born
Into this fire

You had arrows in your eyes
Fear where your heart should be
War in your mind

Arrows in your eyes
Fear where your heart should be
War in your mind
Shame in your cries
Arrows in your eyes
Tears in your arteries
War in your mind
Shame as you crew

Fire away

Arrows in her eyes
Fear where her heart should be
War in her mind
Shame in her cries
Arrows in her eyes
Tears in her arteries
War in her mind
Shame as she cries

Fire away

Happy Ever After (Zero Hour)

The sun went down on another perfect day
Busy counting shadows on the wall
The weeds are swallowing up the flower bed
Roses in the whiskey jar
Blood on the thorns
Drink until the taste is gone

Cracks in the floorboards are deep
from dancing to the sound of candles burning out
Heavy from writing your resignations
Licking bitter envelopes
Blood on your tongue
Drink until the taste is gone

Where is your Shrangri La now?
Where is your Shrangri La now?
Counting down to zero hour
There ain’t no superheroes now
There ain’t no superheroes

They’re underground
Happy ever after
Counting down to zero hour

There ain’t no superheroes now
There ain’t no superheroes
They’re undergound
Happy Ever After
counting down to zero hour

Where is your Shrangri La now?
Where is your Shrangri La now?
Counting down to zero hour
There ain’t no superheroes now
There ain’t no superheroes
They’re underground
Happy ever after
Counting down to zero hour

There ain’t no superheroes now
There ain’t no superheroes
They’re underground
Happy Ever After
counting down to zero hour

Sunday Rain

You say I take it for granted
I say you’ve taken it all
So you can take it or leave it
You got your head in the ceiling
When are you gonna come down
When you’re that high
Can you feel it?

Don’t leave me drowning in your Sunday rain
It’s right down the drain I go
Don’t leave me drowning in your Sunday rain
It’s always a shame oh no

You wanna tell me a secret
You think I’m gonna find out
You dealt a lie you should keep it
Don’t want to know when it’s leading
Don’t wanna follow you round
My first mistake was believing

Don’t leave me drowning in your Sunday rain
It’s right down the drain I go
Don’t leave me drowning in your Sunday rain
It’s always a shame oh no

Are you a Little afraid?
A Little alone?
A Little exhausted?
Do you give it away?
Do you let go?
Where do you find it?

Don’t leave me drowning in your Sunday rain
It’s right down the drain I go
Don’t leave me drowning in your Sunday rain
It’s always a shame oh no
Don’t leave me drowning in your Sunday rain
It’s right down the drain I go
Don’t leave me drowning in your Sunday rain
It’s always a shame oh no

Are you a Little afraid?
A Little alone?
A Little exhausted?
Do you give it away?
Do you let go?
How do you find it?

Are you a Little afraid?
A Little alone?
A Little exhausted?
Do you give it away?
Do you let go?
How do you find it?

Are you a Little afraid?
A Little alone?
A Little exhausted?
Do you give it away?
Do you let go?
How do you find it?

The Line

Yes or no
What is truth
But a dirty black cloud coming out of the blue
I was wrong
I was right
I’m a blood moon born in the dead of night

Break my bones
I don’t care
All I ever wanted was a body to share
Heart’s gone gold
Brush ran dry
Satellite searching for a sign of life
Like you

Somewhere
Are you there?

The tears in your eyes
Someday will dry
We fight for our lives
‘Cause everything’s on the line
This time

Listen close
I can’t hide
I’m a page torn from a broken spine
Sun gets low
I get high
Satellite searching for a sign of life
Like you

Somewhere
Are you there?

The tears in your eyes
Someday will dry
We fight for our lives
‘Cause everything’s on the line
This time

Are you there?
Are you there?

The tears in your eyes
Someday will dry
We fight for our lives
‘Cause everything’s on the line
This time

The tears in your eyes
Someday will dry
We fight for our lives
‘Cause everything’s on the line

Yes or no
What is truth
But a dirty black cloud coming out of the blue
I was wrong
I was right
I’m a blood moon born in the dead of night

Concrete and Gold

You lost your mind
I could not go
What little time we spent
A penny on the floor

My desperation
A spinning top
Revolving on and on
A world that never stops

Is it all mine?
How could I know
We threw the rind away
Swallowed all the core

Tried levitation
You’re not alone
The stars are holding open
A door we’ll never close

I have an engine made of gold
Something so beautiful
The world will never know
The roots are stronger than you know
Up through the concrete they will grow

Is it all mine
I can’t let go
What little time we spent
A penny on the floor
My desperation
Is this a curse
Till death do us part
For better or for worse

I have an engine made of gold
Something so beautiful
The world will never know
The roots are stronger than you know
Up through the concrete they will grow
Our roots are stronger than we know
Up through the concrete they will grow

Foram necessárias “apenas” 431 semanas para tirar Drake do Hot 100 da Billboard

Drake
Foto: Reprodução

Após mais de 8 anos, Drake está fora da Billboard Hot 100. Durante as últimas 431 semanas, o canadense esteve presente com pelo menos uma música, seja sozinho ou em parceria com outro artista, em uma das paradas musicais mais respeitadas do mundo. Sua “despedida” se deu com a música “Passionfruit” na última semana, colocada na 81ª posição.

Esse mérito o consagra como o artista que conseguiu permanecer na parada durante mais tempo. Drake tirou esse título do rapper Lil Wayne, que conseguiu ficar durante 326 semanas seguidas entre as 100 “mais quentes”.

 

O recorde

A música que iniciou o recorde de Drake foi o single “Best I Ever Had”, presente em seu EP de estreia So Far Gone. A música estreou na 92ª posição na parada, mas logo alcançou o segundo lugar (Drake só conquistou o topo com “One Dance”, em 2016). Desde que o hit deu as caras na Hot 100, no dia 23 de Maio de 2009, o nome de Drake não saiu de lá até o último dia 15. Isso totaliza mais de 8 anos!

No entanto, o canadense não precisa se preocupar. De acordo com atualização feita Billboard, ele lidera no quesito “semanas consecutivas” no Hot 100 com uma folga de aproximadamente 2 anos!

Abaixo estão os artistas recordistas:

9º – Katy Perry, Destiny’s Child e Taylor Swift, cada um com 139 semanas
8º – Kenny Chesney, com 141 semanas
7º – Nelly, com 152 semanas
6º – Jay-Z, com 159 semanas
5º – Chris Brown, com 161 semanas
4º – Nicki Minaj, com 207 semanas
3º – Rihanna, com 216 semanas
2º – Lil Wayne, com 326 semanas
1º – Drake, com 431 semanas

 

Circa Survive lança clipe novo com cenas de um jovem Anthony Green; assista

Circa Survive
Foto: Divulgação

A banda alternativa Circa Survive está perto de lançar seu novo álbum The Amulet e divulgou o clipe para seu single “Rites of Investiture”.

O vídeo traz imagens de um jovem Anthony Green em um curta-metragem de seu primo Jonathan Michaels, na época que estudava cinema… há 23 anos.

O primo pediu a Green para que estrelasse em seu curta oferecendo o pagamento em música, e o álbum The Queen is Dead do The Smiths, acabou sendo uma de suas maiores inspirações.

“Rites of Investiture” fala sobre nascimento e as dores que o mundo traz. Green explica:

O modo como a banda era quando começou está morto e esse disco parece uma espécie de renascimento, de muitas formas. O tempo apenas nos desgastou, nós superamos os momentos difíceis e ressurgimos do outro lado. Sinto que esse é o ponto alto da banda, tanto pessoal quanto criativamente. É a versão mais clara e concisa de quem somos.

O disco será lançado dia 22 de Setembro pela Hopeless Records, marcando a estreia do Circa Survive no selo.

A banda acaba de finalizar uma turnê com os caras do AFI e se prepara para divulgar seu novo álbum nos Estados Unidos, dividindo palco com o Thrice.

Você pode encontrar The Amulet na pré-venda aqui. Confira o clipe e logo em seguida a capa e a tracklist do novo ábum:

The Amulet, de Circa Survive

 

 

 

 

 

 

 

Tracklist:

1. Lustration
2. Never Tell A Soul
3. Premonition of the Hex
4. Tunnel Vision
5. At Night It Gets Worse
6. Stay
7. Rites of Investiture
8. The Hex
9. Flesh and Bone
10. The Amulet

Brand New ressurge das cinzas com seu primeiro álbum em oito anos; ouça

Brand New no Riot Fest Chicago 2016
Foto por Aline Krupkoski / TMDQA!

Após passar anos gravando material inédito, o Brand New preparou uma bela surpresa para seus fãs nessa última semana.

Tudo começou quando o grupo compartilhou em suas redes sociais um link para a pré-venda em vinil de seu quinto álbum, que ainda não tinha um título confirmado. De acordo com o site, os discos seriam enviados em Outubro — o que indicava que o trabalho provavelmente seria lançado naquele mês.

Porém, a banda surpreendeu todo mundo ao mandar um CD misterioso para as 500 primeiras pessoas que compraram o pacote do vinil, dois dias depois da pré-venda. Acontece que os CDs continham o novo álbum do grupo na íntegra! Horas depois, o resto dos detalhes do disco foram revelados.

O álbum se chama Science Fiction e conta com doze faixas. Por enquanto, o disco só está disponível oficialmente para quem adquirí-lo através do site da banda, mas um link para audição foi disponibilizado no YouTube por fãs.

Esse é o primeiro disco da banda desde Daisy, lançado em 2009. Ao longo dos últimos meses, a banda esteve indicando que pretendia encerrar suas atividades em 2018, mas com o atual status do lançamento de seu disco e uma ótima recepção do trabalho, é difícil saber se isso realmente acontecerá.

Confira alguns detalhes do disco, assim como o link para audição, logo abaixo.

Brand New - Science Fiction capa

Science Fiction:

1. Lit Me Up
2. Can’t Get It Out
3. Waste
4. Could Never Be Heaven
5. Same Logic/Teeth
6. 137
7. Out of Mana
8. In the Water
9. Desert
10. No Control
11. 451
12. Batter Up

Esse vídeo incrível mostra como a batida clássica dos Anos 80 foi criada (por acidente)

Vídeo mostra evolução do reverb nos anos 80

A década de 80 foi bastante marcante para a história da música, e se você ouvir alguns dos álbuns mais importantes do período, facilmente irá identificar que eles foram gravados nessa época.

Um dos principais motivos para esse som tão distinto são as baterias que se tornaram todas bem parecidas e rapidamente reconhecíveis por conta da forma como foram gravadas.

O vídeo abaixo, um especial do canal Vox, mostra como tudo surgiu quando Peter Gabriel estava trabalhando em um disco solo e na hora de gravar as baterias o produtor estava usando um equipamento novo que tinha um microfone para conversas com a banda entre um estúdio e outro.

Esse microfone captou as batidas da caixa nas gravações de Melt e sua sonoridade era bastante diferente do que vinha sendo gravado na época, tudo porque o microfone desse novo equipamento tinha um compressor bem potente.

Dali pra frente o resto é história, várias outras técnicas foram criadas para simular o reverb, o gated reverb e a tecnologia fez com que não apenas se tornasse mais fácil e acessível, como a sonoridade também chegasse à exaustão ao final dos anos 80, com as bandas dos anos 90 optando por sons de bateria mais “orgânicos” e sem efeitos.

Acontece que tudo isso está voltando à moda agora e nomes como Lorde, HAIM e Taylor Swift têm feito uso do tal do gated reverb, e você pode ver como tudo aconteceu de lá pra cá nesse vídeo incrível logo abaixo.

Novas músicas: The Movielife, Protomartyr, Cannabis Corpse

The Movielife
Foto: Divulgação

Os nova-iorquinos da The Movielife lançam em Setembro o primeiro álbum em 14 anos, Cities In Search Of A Heart, e “Ghosts In The Photographs” é a segunda faixa divulgada do disco.

A banda de pop punk já havia divulgado “Mercy Is Asleep At The Wheel”, em Junho. Cities In Search Of A Heart é sucessor de Forty Hour Train Back to Penn, de 2003.

Ouça a nova música da banda:

Protomartyr

Protomartyr - banda
Foto: Divulgação

A banda de post-punk lança em Setembro o disco Relatives in Descent e já vai aquecendo os fãs com a faixa “My Children”, divulgada nesta semana. A música, segundo a banda, é sobre legado e o que deixamos para gerações futuras. Ouça:

Cannabis Corpse

Cannabis Corpse
Foto: Divulgação

Mais um lançamento de Setembro: o Cannabis Corpse lança no início do próximo mês Left Hand Pass, quarto disco da carreira da banda de death metal canábico.

O trio divulgou a faixa-título do álbum esta semana. Confira:

Danzig está vendendo uma casa nojenta por 4 milhões de reais; veja as fotos

Danzig
Foto retirada da fanpage do artista no Facebook

O músico Glenn Danzig, conhecido pelo seu trabalho no Misfits, acaba de colocar sua casa à venda. Pequeno detalhe: ela não parece valer os R$ 3.7 milhões que o músico está pedindo.

Como ele pretende vender a propriedade “do jeito que está”, toda a mobília original utilizada pelo músico ainda está lá. Isso significa que quem comprar a casa terá acesso a estátuas em tamanho real do Taz (de Taz-Mania) e Marvin, o Marciano, diversos brinquedos, livros e, sejamos sinceros, muita sujeira.

Maggie Serota, da revista Death and Taxes, tirou fotos da propriedade para você dar uma olhada no nível da casa. Você pode ver logo abaixo, junto de um pequeno registro feito em vídeo do local.

Se, por acaso, você tiver alguns milhões sobrando aí e esteja interessado, a casa ainda está à venda.

“Meio otário”: baixista do RATM fala sobre encontro com Neil Peart, do Rush

Tim Commerford com o Prophets Of Rage em 2016
Foto de Tim Commerford via Shutterstock

Tim Commerford, conhecido pelo seu trabalho como baixista de bandas como Rage Against The Machine, Audioslave e, mais recentemente, Prophets of Rage, participou de uma entrevista recente com Matt Pinfield.

Na ocasião, Commerford compartilhou uma história não muito agradável sobre o dia em que conheceu Neil Peart, o lendário baterista do Rush.

O Alternative Nation fez a transcrição da história, e você pode conferir a tradução logo abaixo.

Eu sempre fui um grande fã do Rush. Conheci Geddy e Alex e eles não poderiam ter sido mais legais comigo. Eu passei um tempão conversando com Geddy, e então ele falou, ‘Você quer conhecer o Neil?’, e eu só disse ‘Claro! Eu adoraria’.

E então, o Geddy trouxe um segurança que me levou até o lugar onde o Neil Peart estava. Eu entro na sala, ele estava de costas pra mim, e estava conversando com Taylor Hawkins, Chad Smith e mais um outro baterista. Era tipo uma reunião de bateristas, ele estava conversando com esses três caras. Eu entrei, daí ele se virou e olhou pra mim e eu falei ‘Cara, eu só queria que você soubesse… você provavelmente deve ouvir isso o tempo todo, mas eu sou um grande fã e só queria agradecer por tudo o que você fez. Você realmente me inspirou a virar um músico, e a sempre tentar meu máximo’.

Eu sempre ouvia dizer que gostava de andar de bicicleta — naquela época eu achava que era bicicleta, mas descobri depois que era uma motocicleta –, ele saía do ônibus da banda e dirigia sua moto para o local do evento. E eu falei ‘Hey, você ainda usa sua bike para ir para os locais de shows?’ e ele diz ‘Minha moto!?’ de um jeito bem agressivo. ‘Minha moto!?’, e eu só respondi ‘Não, sua bicicleta’. Ele responde, ‘Eu não ando de bicicletas! Eu ando de moto!’, e antes que eu pudesse dizer qualquer coisa, ele meio que fez um sinal pro segurança, e o cara só colocou o braço em volta de mim e começou a me tirar da sala.

Eu sou bem amigo do Taylor, ele e eu fazemos mountain bike juntos, e eu basicamente só acenava pro Taylor enquanto o segurança me tirava da sala. Foi uma cena bem desconfortável e estranha, mas pelo menos eu pude transformar a situação numa piada. Eu voltei e comecei a conversar com o Geddy de novo, falando ‘Cara, ele só me pegou e me tirou da sala’. Eu estava rindo disso, mas era mais uma dessas situações onde o cara é meio otário.

Por fim, o baixista adicionou:

Sem entrar em muitos detalhes sobre isso, eu assisti ao último documentário do Rush, e ficou claro que a razão pro Rush não querer mais fazer turnês é porque o Neil Peart não quer mais fazer turnês. Os outros dois caras claramente ainda querem fazer shows, e o Neil Peart é obcecado em tentar estar sempre impecável e tocar as suas partes melhor do que ele tocava, ou então tão bem quanto ele tocava nos discos… mas isso acaba ficando cada vez mais difícil porque ele está ficando cada vez mais velho. Para mim, que sou uma pessoa obcecada em andar de bicicleta, isso me deixa em forma, me faz me sentir bem.

Eu acho que se o Neil Peart andasse de bicicleta, ele estaria em melhor forma, ainda poderia estar no Rush, e seria capaz de se manter impecável por mais tempo. Fim da história.

Você pode ouvir a entrevista na íntegra logo abaixo.

Britney Spears relança primeiro álbum em disco de vinil cor-de-rosa

Britney Spears - ...Baby One More Time

Lançado há 18 anos, o álbum de estreia da princesa do pop, Britney Spears, ganhará uma reedição em vinil.

Agora tido como clássico dos anos 90, …Baby One More Time, single e álbum, alçou a cantora ao estrelato em 1999.

O vinil cor-de-rosa é uma parceria de Britney com a marca Urban Outfitters, e terá uma edição limitada de apenas 2.500 cópias. É a primeira vez que …Baby One More Time será prensado em vinil.

A pré-venda já está aberta no site da Urban Outfitters.

Whitney virá ao Brasil em Novembro para apresentação única

Whitney

Confirmadíssimo: a banda indie norte-americana Whitney fará uma rápida passagem pelo Brasil em 14 de Novembro, com apresentação única em São Paulo, no Clash Club.

O grupo, original de Chicago, virá com a turnê do disco Light Upon The Lake, de 2016, seu primeiro e elogiadíssimo trabalho. A vinda deles para a América Latina será sob tutela do selo brasileiro Balaclava Records.

Light Upon The Lake é o álbum de estreia da Whitney e apareceu em diversas listas de melhores lançamentos de 2016. A repercussão do disco levou a banda a diversos festivais no último ano.

A abertura será do baiano Giovani Cidreira, que também trabalha atualmente com seu álbum de estreia Japanese Food, lançado em Abril.

Confira as informações do show:

Whitney (+ Giovani Cidreira)
14 de Novembro, 21h
Clash Club (R. Barra Funda, 969, Santa Cecília – SP)
Ingressos: R$ 60 (Meia), R$ 120 (Inteira) + Taxas. Compre aqui.

Vocalista do Ghost faz primeira aparição em público sem a máscara

Ghost em Porto Alegre
Foto por Doni Maciel

Chegou o dia: Papa Emeritus, vocalista da banda sueca Ghost, finalmente apareceu em público usando a sua identidade verdadeira.

Tobias Forge esteve nos estúdios de uma rádio da Suécia para falar sobre a banda, o início na pequena cidade de Linköping, participação no Grammy e mais:

Nesse programa o homem por trás da máscara no Ghost vem à frente e fala sobre a história de como a banda se tornou uma das maiores do mundo e sua viagem com a música. Nessa história adorável ele também fala sobre o amor pelo seu irmão mais velho – e como ele tem sido importante para Tobias Forge.

A identidade do músico, bem como a dos outros integrantes do Ghost, vinha sendo mantida em sigilo desde que o grupo apareceu e ganhou notoriedade, mas recentemente diversos ex-companheiros de Tobias na banda começaram a processá-lo e as informações das identidades vieram a público.

Segundo eles, Tobias controla a banda toda e não dá muitas explicações quanto ao processo interno, principalmente envolvendo o dinheiro da banda. Já para o músico, o Ghost é um projeto seu com artistas contratados.

LEIA TAMBÉM: Vocalista do Ghost diz que foi “apadrinhado” por Metallica, Iron Maiden e Foo Fighters

Logo abaixo você pode ver uma série de fotos publicadas junto com a entrevista, que pode ser ouvida (em sueco) por aqui.

Em tempo, em 2016 Tobias lançou um disco chamado So Far So Noir com a banda Subvision, e trata-se de um álbum de rock alternativo bastante competente. Você pode ouvir ao final do post.

O Rappa remarca dois shows após Marcelo Falcão passar mal

O Rappa
Foto: Reprodução / Facebook

Há alguns meses a banda brasileira O Rappa anunciou que estaria encerrando as atividades por tempo indeterminado, mas antes disso faria uma série de shows pelo país.

Dois deles tiveram que ser remarcados por orientações médicas, e as apresentações que aconteceriam em Duque de Caxias (RJ) e Vitória (ES) nos dias 18 e 19 de Agosto passaram para o dia 27 de Agosto na capital capixaba e 08 de Setembro na cidade fluminense.

Segundo nota oficial publicada pelo Rappa, Falcão “teve uma indisposição na tarde desta quinta-feira, 17 de agosto, passa bem e já se encontra em plena recuperação.” O adiamento dos shows se dá por orientações médicas.

Léo Dias, jornalista do O Dia, chegou a dizer que Falcão teve um “princípio de infarto”, mas essa informação não foi revelada pela equipe da banda.

Melhoras ao cara!

Black Sabbath lança mais um trailer de filme sobre seu último show

Black Sabbath - The End Of The End
Foto: Reprodução / YouTube

The End Of The End: foi assim que, apropriadamente, o Black Sabbath batizou um documentário para mostrar o último show da turnê The End, que acontecem em Birmingham, onde o grupo nasceu.

A apresentação não apenas foi a última de uma turnê como também a última da carreira do grupo, e não à toa gerou bastante comoção entre fãs, seguidores, crítica e os próprios integrantes.

O filme será exibido em salas de cinema ao redor do globo no dia 28 de Setembro, incluindo várias delas no Brasil, e você pode encontrar informações e ingressos por aqui.

Assista ao trailer.

SIGA O TMDQA!

544,090SeguidoresSeguir
21,314SeguidoresSeguir
1,100SeguidoresSeguir
56,092SeguidoresSeguir