quinta-feira, 27 de abril de 2017

Novas músicas: Black Lips, Chris Stapleton, Joyce Manor, Cayetana e Blondie

Black Lips

O Black Lips acaba de liberar mais uma inédita de Satan’s grafitti or God’s art?, seu novo disco. A canção “Squatting In Heaven” foi produzida por Sean Lennon, filho de John Lennon e Yoko Ono.

Ouça a canção logo abaixo. Satan’s grafitti or God’s art? será lançado no dia 5 de Maio pela Vice Records.

Chris Stapleton

Chris Stapleton

Dois anos após lançar seu elogiadíssimo primeiro álbum de estúdio Traveller, o cantor country Chris Stapleton está prometendo lançar dois novos discos esse ano.

O primeiro deles é From A Room: Volume 1, que está previsto para o dia 5 de Maio. O álbum contará com nove canções, incluindo um cover de “Last Thing I Needed First Thing This Morning”, de Willie Nelson.

E para dar um gostinho do que vem por aí, o músico compartilhou a faixa “Broken Halos” para audição.

Joyce Manor

O Joyce Manor está participando do novo volume da Singles Series, um serviço bem interessante da gravadora Polyvinyl.

Nele, a empresa envia um gravador 4-track pra várias bandas do selo, que precisam gravar um single e enviar o equipamento para a próxima banda, até um disco ser gravado.

Esse mês contará com contribuições de bandas como Beach Slang, Modern Baseball, Twin Peaks, Jay Som e Mothers, além do próprio Joyce Manor, que compartilhou a faixa “NBSTA”.

Cayetana

Cayetana libera novo disco via streaming

A banda Cayetana está com um novo single, “Bus Ticket”, que fará parte de seu novo álbum de estúdio, New Kind Of Normal. Você pode conferir a faixa no player a seguir.

New Kind Of Normal será lançado pela banda no dia 5 de Maio pela Plum Records.

Blondie

Blondie disponibiliza novo disco para audição gratuita

Apesar de estar com um novo álbum de estúdio, Pollinator, pronto para ser lançado no dia 5 de Maio, o Blondie acaba de compartilhar uma inédita que não está presente no disco.

A b-side fez parte do lançamento do single “Long Time” em formato físico durante o Record Store Day, que aconteceu na última sexta-feira.

Vídeo: Jake Bugg e Tinie Tempah viram músicos de rua em Londres

Jake Bugg e Tinie Tempah

Na última sexta-feira, o músico Jake Bugg e o rapper Tinie Tempah foram até as ruas do centro de Londres para tocar a sua nova parceria, a faixa “Find Me”. A canção faz parte de Youth, álbum lançado por Tempah no começo desse mês, e conta com vocais e violão de Bugg.

Após ter anunciado sua iniciativa pelo Twitter, o rapper foi até uma estação de metrô da cidade para se encontrar com seus fãs e com Bugg, e a partir daí o par foi até uma das regiões mais movimentadas da cidade para tocar o single no tradicional estilo de voz e violão.

Além do próprio Tinie Tempah postar alguns registros do encontro em seu Twitter, alguns fãs que estavam no local também compartilharam fotos e vídeos da performance, que você pode conferir logo abaixo.

Orgulho! Face to Face lança mais um clipe com direção do brasileiro Daniel Ferro

Face to Face

O Face to Face lançou recentemente o clipe de “Say What You Want”, música do disco Protection, de 2016.

Com disco lançado pela Fat Wreck Chords, a faixa fala de como nem sempre se pode expressar sua opinião, segundo Trever Keith, vocalista e guitarrista da banda.

Porém, uma grande curiosidade do clipe é novamente a direção do brasileiro Daniel Ferro, conhecido por vários clipes de bandas nacionais, incluindo “Infinito” da Fresno, “Vitória” do Dead Fish, “Pedra Murano” do NX Zero, entre outros, além de trabalhos como o mais recente DVD Acústico do Raimundos.

Ferro já havia dirigido um clipe da banda anteriormente. Em 2016, foi a vez de “Double Crossed”, faixa do mesmo disco, como você pode ter visto por aqui.

O TMDQA! bateu um papo exclusivo com o diretor. Confira a seguir a entrevista e o clipe de “Say What You Want”:

 

TMDQA!: Essa não é a primeira vez que você dirige um clipe do Face to Face. Como surgiu a primeira oportunidade e o que levou a essa segunda?

Daniel: Quando a banda decidiu se reunir em 2008, eu fui pra Califórnia e me ofereci “0800” pra fazer um webdoc do retorno da banda. Eles adoraram. Ajudei a fazer a ponte pra trazê-los pro Brasil, colocando pilha neles que aqui tinha público. A relação se estreitou.
Ano passado rolou o convite para gravar o novo single do último disco deles, que foi da música “Double Crossed”. Como teríamos um dia inteiro disponível, dei a ideia de gravarmos dois clipes. Eles ficaram meio ressabiados com essa coisa 2 por 1 (gringo sempre acha que a gente vai armar alguma pegadinha com eles, hehehehe), mas toparam. Depois de terminar de gravar “Double Crossed” fizemos rapidinho os takes de “Say What You Want”.
Trouxe pro Brasil e editei o segundo clipe junto com o Pedro Magalhães, um colaborador meu antigo de vários outros trampos fodas.

TMDQA!: Onde os vídeos foram gravados? Qual é a parte mais difícil de logística quando o trabalho envolve uma banda que não está aqui perto da gente?

Daniel: A banda sugeriu, ainda por e-mail, uma oficina/garagem de motos vintage em Los Angeles, onde eles fariam a festa de lançamento do disco. Eu olhei as fotos e falei que lá seria um excelente lugar para filmarmos. Assim já saímos do Brasil com o local já escolhido.
Em questão de logística, foi muito tranquilo porque contei com a ajuda da Melissa Castro, uma brasileira residente em Los Angeles que já trabalha com fotografia há anos lá, e manja muito de produção também. Sem ela, não seria fácil do jeito que foi. Também contei com o apoio do Gustavo Tolhuizen que veio do Brasil comigo pra essa missão.
Mas a parte mais difícil de tudo é alinhar expectativas do que a banda quer, com o que você quer. A gente no Brasil tem uma abordagem e função do “videoclipe oficial” que os gringos (pelo menos essa galera old school) não têm. Pra eles, o clipe é algo secundário, enquanto aqui é talvez algo tão importante quanto lançar um disco. Aqui no Brasil, sem um clipe oficial, o artista não é oficialmente lançado. Lá fora, eles não têm essa mentalidade, não investem tempo e preocupação nos clipes. É algo totalmente coadjuvante. Então alinhar essa minha vontade de fazer um clipe que vai fazer um puta barulho, com toda essa cultura deles da “não-necessidade” de ter um clipe foi o mais complicado de trabalhar. Mas juntos conseguimos entender que tínhamos um produto legal nas mãos.

TMDQA!: Como foi o processo de criação de cada um dos vídeos? As ideias eram todas suas? Que tipo de “input” recebeu da banda na hora de idealizar os clipes e gravá-los?

Daniel: No primeiro clipe de “Double Crossed” eu cheguei a mandar roteiros, ideias e um direcionamento bem específico. Mas o Trever Keith, vocalista do Face to Face, queria muito fazer a banda tocando e incluir uns truques de mágica, brincando com a ideia da letra da música (Double Crossed em inglês vem do conceito “ser enganado”). Ele falou que tinha um amigo mágico e eu topei o desafio.
Para “Say What You Want” foi legal porque eu praticamente escolhi a música que eu queria fazer o clipe, combinava com a ideia de fazer algo P&B, em composições visuais que remetessem a arte do encarte do disco. Escolhi a música e eles toparam. Ainda acompanhei a banda em dois shows no mesmo final de semana para algumas imagens ao vivo que estão no clipe. Eles me deram acesso ilimitado e deu super certo. Simples assim.

TMDQA!: Definitivamente deve existir uma carga emocional gigantesca quando se trabalha com alguém que você ouviu e curtiu tanto, principalmente na adolescência. Como foi lidar com esse aspecto pessoal durante todo o processo? Ele contribuiu ou atrapalhou?

Daniel: Foi muito tranquilo porque já conhecia a banda desde 1999, quando fui ver um show deles em Denver. De lá pra cá foram muitos encontros e sempre trocando ideia com eles. São super acessíveis. Dois dias antes da gravação, que rolou um momento “a ficha caiu”, quando o Trever me chamou pra uma reunião depois do ensaio da banda. Vi a banda ensaiando num estúdio, tocando o disco novo de cabo a rabo, ali só pra mim. Dali pra frente, foi só alegria. Sonho realizado.

TMDQA!: Já tem algum próximo clipe de banda lá de fora em vista?

Daniel: Segredo!! hehehe! Mas tem turnê do Face to Face em Outubro 2017 no Brasil né? Quem sabe?

Deep Purple, Lynyrd Skynyrd e ZZ Top farão três shows no Brasil

ZZ Top em 2011
Foto do ZZ Top via Shutterstock

Há algum tempo a gente falou sobre como Rickey Medlocke, guitarrista do Lynyrd Skynyrd, havia revelado que viria à América do Sul em breve, lembra?

Pois bem, agora de acordo com a revista Veja, foi confirmada uma turnê do Deep Purple pelo Brasil como forma de despedida, já que o grupo pensa em encerrar as atividades após esses shows, e ela terá convidados de peso: Lynyrd Skynyrd e ZZ Top tocarão junto com os caras.

Ainda segundo a revista, serão três shows: 21 de Outubro no Rio de Janeiro, 22 de Outubro em São Paulo e 24 de Outubro em Curitiba.

Assim que tivermos informações oficiais, publicaremos por aqui.

Versalle grava nova versão de “Dito Popular” com Lucas Silveira (Fresno); assista

Versalle

Versalle é uma das novas bandas de rock da cena nacional que faz um som interessantíssimo.

O grupo chamou muita atenção após ficar em terceiro lugar na segunda temporada do reality show Superstar, da Globo, e desde então lançou seu primeiro álbum de estúdio, Distante Em Algum Lugar.

Agora, a banda está de volta ao estúdio gravando material, e o resultado de uma dessas sessões é uma versão completa da faixa “Dito Popular”, lançada ano passado na época das eleições. Com alta conotação política, a canção foi lançada originalmente num formato acústico, que inclusive nós publicamos por aqui.

Dessa vez, a faixa recebeu todos os retoques necessários e conta com a participação de Lucas Silveira, do Fresno, nos vocais. Você pode assistir ao clipe, que mostra as sessões de estúdio do grupo, logo abaixo.

O Radiohead parece estar tramando algo para o aniversário de 20 anos do “Ok Computer”

Radiohead - OK Computer

Em Maio, o Ok Computer, uma das grandes obras do Radiohead, irá completar vinte anos de lançamento.

Embora a banda ainda não tenha tocado em qualquer assunto relacionado ao aniversário do disco, alguns fãs aparentemente pegaram alguns “sinais” espalhados pelo mundo.

De acordo com usuários no Reddit, certos pôsteres com design muito parecido com artes lançadas junto com o disco em 1997 foram distribuídos em diversos locais, como Berlim, Amsterdam, Londres e Nova York.

Agora só resta esperar alguma notícia do grupo, que acaba de finalizar uma turnê pela América do Norte, e somente voltará aos palcos em Junho, com uma série de shows na Europa.

LEIA TAMBÉM: veja vídeos oficiais do Radiohead no Coachella 2017

No! #fear #poster #billboard #friedrichshain #plakat #berlin #morefear #pasteup #okcomputer #radiohead

A post shared by Tim Schnetgoeke (@timschnetgoeke) on

Na Alemanha, você liga a TV e dá de cara com o Kreator tocando com Papa Emeritus (Ghost)

Kreator com Ghost na TV

Nessas últimas semanas, o Ghost esteve presente em muitas manchetes — pelas razões erradas.

Vários ex-membros da banda estão processando Tobias Forge, mais conhecido como Papa Emeritus, por “injustiças” relacionadas a pagamentos e aos direitos que cada um tinha dentro do grupo.

Mas enquanto essa novela não se resolve, Forge não parece muito abalado. Além de estar fazendo vários shows com uma nova formação do Ghost por aí, o músico encontrou um tempinho para ir até a TV alemã e tocar com o Kreator, banda de heavy metal de lá.

Na ocasião, os artistas — junto de Max Grubal, do Drangsal — tocaram a faixa “Satan Is Real”, presente no último disco lançado pelo Kreator, Gods of Violence, lançado em Janeiro desse ano. E, para combinar com o figurino que Papa Emeritus usa com o Ghost, Grubal resolveu se vestir de freira para a performance.

Você pode conferir o vídeo da apresentação logo abaixo.

Delicie-se com as novas músicas de Mac DeMarco e Dan Auerbach

Mac DeMarco - One More Love Song

Abençoado seja o ano de 2017!

Entre tantos bons lançamentos já disponibilizados e ainda previstos para esse ano, teremos um novo álbum de Mac DeMarco e novo disco solo de Dan Auerbach (The Black Keys, The Arcs).

Pois bem, para divulgar o seu trabalho, Mac disponibilizou uma nova música chamada “One More Love Song”, e o disco This Old Dog sai em 05 de Maio.

Já Dan Auerbach irá lançar o álbum Waiting On A Song em 02 de Junho e disponibilizou o clipe oficial de “King of a One Horse Town”, que pode ser visto logo abaixo.

Em vídeo, Dave Grohl liga para a mãe para reclamar de seu novo livro

Dave Grohl Chorão

Virginia Grohl, mãe do músico Dave Grohl, acaba de lançar um projeto super interessante. O livro From Cradle To Stage (Do Berço ao Palco) junta relatos de várias mães de astros da música como Dr. Dre, Michael Stipe, Pharrell, as irmãs Haim, Mike D e muitos outros.

Com o lançamento do livro tendo ocorrido essa semana, agora é a vez de Virginia e Dave promoverem o trabalho com palestras, entrevistas e tudo mais. E uma dessas “propagandas” para a obra foi um divertido vídeo onde Dave liga para sua mãe para reclamar de como é retratado no livro.

Em especial, o músico questionou a escolha das fotos infantis escolhidas, sendo que, em uma delas, um certo “Dave bebê” aparenta estar com as fraldas cheias. No entanto, sua mãe reafirma que poderia ser pior, afirmando que as fotos de criança de Josh Groban estavam muito piores.

Você pode conferir o clipe na íntegra (em inglês) logo abaixo. Em um ponto da brincadeira, Dave Grohl até diz que de repente esse poderá ser o nome do próximo disco do Foo Fighters, “Full Diaper”, com uma “capa” e tudo.

Exclusivo: Laura Petit canta sobre o feminino e suas complexidades em álbum de estreia

Laura Petit

Da dança para o violão. Do violão para os palcos. E com a experiência dos palcos, um álbum nasceu. Monstera deliciosa é o maduro disco de estreia da cantora Laura Petit, uma bailarina que une corpo e música em suas composições. Muito mais do que uma declaração de força, as 10 faixas deste primeiro trabalho revelam uma mulher que se descobriu livre. O álbum foi gravado no estúdio RockIt!, no Rio de Janeiro, e a produção é compartilhada entre Felipe Fernandes, Eduardo Manso e Estevão Casé. O álbum chega nessa sexta nas plataformas digitais mas você ouve com exclusividade primeiro aqui no TMDQA!.

Desconstruindo a MPB com influências que vão do indie noventista até canções de cabaré, Laura discursa sobre amores e desejos em 10 faixas inéditas, além de uma versão de “Tarado” (Caetano Veloso e Jorge Mautner). O enigmático título do disco vem do nome científico da planta Costela de Adão. O nome cria uma dualidade curiosa entre a irônica referência bíblica que Laura canta em uma das faixas (“Nem adianta oferecer maçã, quero temperada essa costela de Adão”) com a ideia de uma monstruosidade deliciosa que seria responsabilidade da mulher.

“Penso que a mulher eu lírico do disco é livre e isso assusta. Acho que ela nem sempre foi livre, mas se sente assim agora. Isso reflete na maneira como reage diante da alegria e da melancolia. Ela gosta de estar só e isso não significa que despreza companhia”, explica Laura.

 

Nascida em Brasília e criada em Curitiba, Petit traz, aos 23 anos, uma bagagem artística invejável. Bailarina da infância até a adolescência, ela utiliza a linguagem corporal da dança para evoluir sua música. Aos 19 anos, lançou o EP Onde o Vento Faz a Curva e em 2015, lotava o Teatro do Paiol, um dos principais da capital paranaense, com a tour do segundo EP Manacá Dente Saudade. De lá pra cá, Laura acumulou experiência de estrada e conheceu a equipe que trabalhou no álbum.

“Algumas coisas mudaram. Alguns anos a mais fizeram diferença, considerando que comecei a escrever muito nova. Sinto que não tenho mais vergonhas e isso facilitou muito a composição do álbum. Foi um alívio escrever o disco. Não era um plano falar sobre o feminino. Quando ouvi o disco pronto, percebi que tinha um álbum inteiro extremamente feminino. Ele saiu de mim sem eu perceber”, finaliza Laura.

Ouça abaixo o disco em primeira mão:

Vídeo: Placebo divulga imagens inéditas da banda com David Bowie

Placebo e David Bowie

Com o relançamento em vinil do single “Without You I’m Nothing” pelo Record Store Day, o Placebo divulgou video inédito da banda se apresentando com David Bowie e uma entrevista com o cantor.

A banda britânica lançou a música em 1998, com participação de Bowie. Agora, o single ganhou uma versão especial em vinil colorido, que foi comercializada durante o Record Store Day no último sábado (22).

Na entrevista, Bowie diz que amou Placebo desde a primeira vez em que ouviu a banda. E acrescenta: “Adorei vê-los crescer – espero poder vê-los envelhecer também.” Uma pena o músico ter falecido em 2016.

O evento, que comemora 10 anos este ano, colocou à venda no sábado mais de 500 lançamentos exclusivamente em lojas de discos independentes.

Em vídeo, Lana Del Rey canta música nova que escreveu após o Coachella

Lana Del Rey

A cantora Lana Del Rey não esteve no lineup do Coachella deste ano, mas aproveitou o festival californiano como todo mundo.

Porém, no caminho de casa, Lana decidiu fazer uma pausa na estrada e escrever uma nova música – que foi logo publicada em seu Instagram com a seguinte mensagem:

Eu não vou mentir – tive sensações complexas sobre passar o fim de semana dançando enquanto via as tensões na Coreia do Norte crescendo… No caminho de casa, eu me senti obrigada a visitar um velho lugar favorito na estrada da beira do mundo, onde tirei um momento para sentar num bosque de sequoias e escrever esta música. Eu só queria dividir isso na esperança de que as preces pedindo a paz de um só indivíduo possam contribuir para esta possibilidade neste longo caminho.

A cantora anunciou recentemente o lançamento do quarto disco de estúdio, Lust For Life, e divulgou parceria de mesmo nome com The Weeknd.

Confira o vídeo:

Carmen Sandiego ganhará nova série animada na Netflix

Carmen Sandiego na Netflix

Se você foi criança nas décadas de 1980 e 90, provavelmente conhece o nome Carmen Sandiego.

A Netflix confirmou na última semana (18/04), que a contrabandista mais famosa da ficção retorna em 2019 para uma nova série animada, produzida pela empresa de streaming.

Dois nomes já foram confirmados na produção: Gina Rodriguez, da série Jane the Virgin, como a voz de Sandiego, e Finn Wolfhard, de Stranger Things, será Player, cúmplice e melhor amigo.

Where in the World is Carmen Sandiego? foi uma franquia de jogos educativos, lançada originalmente em 1985, e entrou pra memória de muita gente que cresceu assistindo às series animadas dos anos 90.

Novo documentário do Grateful Dead mostra outra face da banda

Grateful Dead

Lançado originalmente no Sundance Film Festival em Janeiro, o mais novo documentário do Grateful Dead – Long Strange Trip – chegará às telas de cinemas em Maio.

Em quatro horas de duração, o filme de Amir Bar-Lev, que tem Martin Scorsese como produtor executivo, mergulha nas histórias da banda californiana que completou 50 anos em 2015, e traz à tona todas as particularidades do Grateful Dead.

Nenhum detalhe é deixado de lado, como as causas que levaram à morte do frontman Jerry Garcia. Em determinado momento, os membros remanescentes da banda refletem sobre o que poderiam ter feito quando o vocalista caiu no vício em heroína.

“Isso mostra o quanto é solitário quando as pessoas querem acabar com você e não te deixar em paz, porque elas te amam até a morte”, diz Mickey Hart, baterista. “É meio trágico.”

Long Strange Trip também possui passagens sobre como as exigências das gravadoras fizeram com que a banda jogasse tudo pro alto e passasse a fazer apenas turnês. Para o baixista Phil Lesh, foi “uma das melhores coisas que o Grateful Dead já fez”.

A banda cedeu ao diretor material inédito e nunca divulgado, incluindo imagens deles trabalhando as harmonias de “Candyman”, em 1970. Bob Weir diz que não se lembra de nada disso. Também há imagens de seus shows de “despedida” de 1974, com um Jerry Garcia chapado reclamando do público.

Aliás, os problemas de Garcia de lidar com a fama e a pressão de cuidar da banda são um dos temas centrais do documentário. Sua filha, Trixie, aparece em cena para falar sobre o dano que a banda gerou à vida familiar do guitarrista.

Mas parece que a banda não ficou tão feliz com o resultado final. Após a exibição em Sundance, o Grateful Dead sentou para conversar com o diretor Bar-Lev, e pediu que incluíssem material da banda após a saída de Garcia. O diretor contesta: “Baseado em nossas conversas com a banda, me certifiquei de que o filme aponte para o futuro.”

Weir diz que o lado sombrio do documentário é “contrabalanceado pela própria música. Muitas das histórias do filme são bem pesadas, mas existe uma luz que brilha sobre tudo isso”. E Hart define: “É atrativo e sincero. Mas é triste de alguma forma. Não é um filme para um encontro. Eu não levaria minha esposa para assistir.”

O documentário Long Strange Trip estreia em cinemas selecionados em 26 de Maio e estará disponível no Amazon Prime Video em Junho.

O dia está movimentado e o Phoenix acabou de lançar a nova “J-Boy”

Phoenix - J-Boy

Eita que hoje o ritmo está frenético.

Após novas músicas de Fall Out Boy e Blink-182, quem também aproveitou a quinta-feira para disponibilizar um novo som foi a banda francesa Phoenix.

O grupo antecipou o primeiro som do seu próximo disco de estúdio com o áudio oficial de “J-Boy”, que você pode ouvir logo abaixo.

Ti Amo, o novo álbum do Phoenix, será lançado em 09 de Junho e é o primeiro trabalho do grupo desde Bankrupt!, de 2013.

Recentemente postamos aqui que os integrantes da banda falaram sobre como esse disco foi influenciado por tempos difíceis, principalmente os ataques terroristas em Paris, quando a banda trabalhava no álbum.

Blink-182 coroa nova fase com a sensacional “6/8” – ouça

Blink-182 - California Deluxe

O Blink-182 definitivamente está de volta.

Após o lançamento do disco California em 2016, o primeiro álbum da banda com Matt Skiba no lugar de Tom DeLonge, o grupo fez uma das suas maiores turnês da carreira, foi indicado ao Grammy e se empolgou tanto que voltou ao estúdio.

Lá, gravou 11 músicas inéditas que farão parte de uma edição deluxe de California a ser lançada em 19 de Maio que deve anteceder já outro novo álbum, como Mark Hoppus confessou há alguns dias.

Pois bem, o trio tem disponibilizado canções que estarão nessa versão deluxe e a mais recente delas é “6/8”, sem dúvidas a mais interessante até agora não apenas da nova edição de California quanto da original, e a melhor música do Blink-182 desde o lançamento do disco homônimo em 2003, há longos 14 anos.

O som mistura características pesadas com um refrão cheio de melodia, gritos de Matt Skiba, uma ponte interessantíssima e o principal: não tem o exagero dos “nananas” e “wow wow wows” de outras canções presentes no California.

Dê o play e divirta-se logo abaixo.

Simulacro ilustra sua mistura de peso e melodia com o clipe de “Pousar”

Simulacro no clipe de Pousar

Simulacro é uma nova banda do Rio de Janeiro e um nome bastante interessante que chegou aqui pra gente nos últimos dias.

A banda foi formada em 2013 e dois anos depois, em 2015, lançou um disco de estúdio onde aparece a faixa “Pousar”.

Nela é possível conhecer a sonoridade do grupo, que alterna guitarras pesadas com melodias e swingados que servem como uma grande base a vocais dos mais competentes.

A música ganhou um clipe oficial dirigido por Caró Vilares e Lucas Kiler, e é com muito prazer que promovemos hoje a estreia do vídeo aqui no TMDQA!

Divirta-se!

Ficha Técnica

Direção:
Caró Vilares e Lucas Kiler

Direção de Fotografia:
Caró Vilares

Câmera:
Alexandre Maranhão

Produtor:
Lucas Kiler

Direção de Arte:
Sergio Peralta e Lucas Kiler

Montagem:
Caró Vilares

Produção Sonora:
Pedro Ramos Gritaria Mix & Master

Make up:
Sabrina Beatriz

Making of Fotográfico:
Vitor Peruzze

O Fall Out Boy lançou uma música nova e não estamos entendendo nada

Fall Out Boy - Young And Menace

Desde que iniciou a sua carreira lá em 2001 em Chicago, o Fall Out Boy já mudou bastante seu estilo e a abordagem de suas canções, nascendo no pop/punk e tendo se voltado ao pop, no sentido mais comercial possível, em seus últimos lançamentos.

Pois bem, a gente entende tudo isso, e sabe que é natural que as bandas naveguem por águas diferentes durante a sua carreira, como acabamos de ver o Paramore fazer, por exemplo, ao cair de cabeça no indie/pop na excelente “Hard Times”.

Acontece que, agora é oficial, o Fall Out Boy se perdeu.

Após discos puramente voltados ao pop, agora a banda anunciou um novo álbum chamado M A N I A, a ser lançado em 15 de Setembro, e cujo primeiro single, “Young And Menace”, acabou de ganhar um clipe oficial.

Na música, a banda cita Nikki Sixx e incorpora, com alguns anos de atraso, o dubstep que se popularizou com nomes como Skrillex em 2012 e 2013. O trabalho em grupo parece mais um projeto solo de Patrick Stump, e faria muito mais sentido em um disco do cara, por exemplo.

Você pode tirar as suas próprias conclusões logo abaixo e vale lembrar que também em Setembro a banda vem ao Rock In Rio.

Apresentamos “Clara”, o maravilhoso novo clipe da cantora LaBaq

LaBaq no clipe de Clara

Em 2016 a cantora brasileira LaBaq lançou um novo disco de estúdio chamado V O A.

De lá pra cá, ela passou boa parte do tempo tocando pelo Brasil e pelo mundo apresentando seu trabalho, e em uma dessas viagens nasceu a música “Clara”, inspirada por Montevideo, um quarto de hostel e “as portas abertas do mundo aos sons desconhecidos que a artista levava”.

Para divulgar a belíssima canção, nada mais justo que um belíssimo clipe, e ele também veio de uma viagem: em Portugal, LaBaq recebeu um convite de Pedro E. Semêdo, diretor da produtora portuguesa GARAGEM, e quando passou pelo continente europeu com sua turnê, aproveitou para gravar um vídeo com roteiro de Bobby Baq e produção, figurino e direção de arte de Sónia Margarido.

O resultado pode ser visto logo abaixo.

Ficha Técnica

Direção geral / fotografia / edição – Pedro E. Semêdo
Roteiro – Bobby Baq
Pós Produção – Mário Guilherme
Produção – Claudio Aníbal / João Descalço / Sónia Margarido
Direção de Arte / Figurino – Sónia Margarido
Make up – Evelyn Nimtz
Assistentes de Produção – António Aleixo

Maximus Festival: garanta seu ingresso parcelado em até 12x

Maximus Festival 2017

No dia 13 de Maio irá rolar em São Paulo, no Autódromo de Interlagos, a segunda edição do Maximus Festival.

Por lá irão se apresentar diversos nomes do rock and roll e diversos de seus subgêneros, como Linkin Park, Slayer, Ghost, The Flatliners, Rise Against, Prophets Of Rage, Pennywise e mais.

Se você ainda não garantiu seu ingresso, ele pode ser encontrado no StubHub com uma condição de pagamento imperdível, em até 12 parcelas.

Para encontrar o ingresso e garantir sua presença no Maximus, é só clicar aqui.

QOTSA: violinos e Foo Fighters aparecem em bastidores do novo disco

Queens Of The Stone Age grava novo disco

O Queens Of The Stone Age irá lançar um novo disco de estúdio em 2017, e definitivamente esse já é um dos álbuns mais esperados do ano.

A gente tem falado por aqui sobre como o grupo publicou um teaser misterioso há alguns dias e também a respeito de uma entrevista onde Josh Homme falou que não haverá participações especiais nesse novo trabalho, algo que não acontece há muito tempo na carreira da banda.

Pois bem, fãs do QOTSA descobriram uma imagem que traz diversos takes do que parece ser um registro em vídeo das gravações do sucessor de …Like Clockwork, e ela traz diversas informações interessantes.

Alguns vídeos, por exemplo, estão marcados com “dia do encerramento”, “dia dos violinos” e “dia dos metais”, se referindo a possíveis instrumentos de sopro no álbum.

Além disso, há um trecho que parece mostrar uma música nova chamada “Fortress”, e outro detalhe interessante é a marcação “SonicHighwaysCutaways”, ou “CortesDeSonicHighways”.

Vale lembrar que “Sonic Highways” é o nome do projeto liderado por Dave Grohl onde o músico percorreu oito cidades dos Estados Unidos entrevistando ícones locais da música e também oito estúdios onde gravou oito faixas do último disco do Foo Fighters, que levou o mesmo nome.

A especulação começou a tomar conta dos fãs e enquanto alguns dizem que uma segunda temporada do documentário pode ter a participação do Queens Of The Stone Age, outros vão além dizendo que ela seria centrada na banda.

Tudo isso aparece sob o nome “PINK_DUCK_DAY1”, sendo que Pink Duck é o nome do estúdio que pertence a Josh Homme.

Só saberemos de fato o que teremos da banda nos próximos dias e meses, mas uma coisa é certa: caso o disco tenha algum tipo de envolvimento com novidades de Sonic Highways, essa foto de Josh Homme, Dave Grohl e Jesse Hughes faria todo sentido, já que supostamente não teremos participações especiais no álbum.

Aguardemos.

Sessões de estúdio do Queens Of The Stone Age

HAIM volta com a inédita “Right Now” e vídeo dirigido por Paul Thomas Anderson

HAIM - Right Now

As irmãs HAIM estão de volta.

Quatro anos após a estreia com o álbum Days Are Gone, a banda irá lançar um novo álbum chamado Something To Tell You em 07 de Julho, e o retorno rolou em grande estilo.

Para divulgar o trabalho, veio um vídeo com performance ao vivo da inédita “Right Now”, dirigido por ninguém menos que Paul Thomas Anderson (Boogie Nights, Magnolia, Fiona Apple, Radiohead).

O disco foi produzido por Ariel Rechtshaid e conta com a participação de Rostam Batamanglij, ex Vampire Weekend.

Você pode assistir ao vídeo da nova música do HAIM, “Right Now”, logo abaixo.

Vídeo: Gorillaz publica bastidores de gravação com Noel Gallagher

Gorillaz com Noel Gallagher e Damon Albarn

Parece que a amizade entre Noel Gallagher e Damon Albarn se fortalece a cada dia.

Ontem a gente publicou por aqui sobre como os dois deram uma entrevista falando a respeito da colaboração de Noel no novo disco do Gorillaz e ainda foram além, comentando a respeito do desafeto Liam Gallagher.

Hoje, há alguns minutos, o perfil oficial da banda no Instagram publicou um vídeo onde Albarn aparece tocando e gravando ao lado de Noel, em resultado que irá aparecer no disco Humanz com a faixa “We Got The Power”, que ainda traz participação de Jehnny Beth (Savages).

Você pode assistir ao vídeo logo abaixo.

O novo disco de estúdio do Gorillaz, Humanz, será lançado amanhã, dia 28.

#momentz of We Got The Power with @themightyi in London #HUMANZ

A post shared by Gorillaz (@gorillaz) on

Esse vídeo do Thom Yorke dançando “Gasolina” é sensacional

Thom Yorke dançando

Há alguns dias viralizou na Internet um vídeo de Thom Yorke, vocalista do Radiohead, dançando “Gasolina”, mega hit do reggaeton popularizado por Daddy Yankee.

Trata-se de uma montagem, mas ela ficou tão boa, que muita gente achou que o rei do rock alternativo realmente estava dançando a música em um show da banda mundo afora.

Você pode assistir logo abaixo.

Wonderful Woman: ouça mais uma música inédita de Chuck Berry

Chuck Berry - Chuck

No último dia 18 de Março o lendário Chuck Berry nos deixou, e quando faleceu, o guitarrista vinha trabalhando em um novo disco de estúdio, o primeiro da carreira em 38 anos.

Ao que tudo indica, Chuck estava praticamente pronto, e sua data de lançamento já foi marcada para 16 de Junho, com o single “Big Boys” tendo sido disponibilizado há alguns dias.

Pois bem, outra música que estará no álbum e acabou de ser lançada é “Wonderful Woman”, que você pode ouvir logo abaixo.

E aí, o que achou?

SIGA O TMDQA!

544,593SeguidoresSeguir
18,377SeguidoresSeguir
1,100SeguidoresSeguir
54,719SeguidoresSeguir