Thiago Castanho Charlie Brown Jr.
Reprodução/YouTube

Thiago Castanho, ex-integrante do Charlie Brown Jr., falou sobre polêmicas e o legado de Chorão em uma nova entrevista.

O músico esteve no Sofá 89, programa da Rádio Rock, e conversou com a apresentadora Marcele Becker. Por lá, Castanho voltou a afirmar que não concorda com a decisão da banda de voltar — neste ano, o grupo sairia em turnê (adiada pelo coronavírus) para comemorar os 50 anos de seu saudoso vocalista.

Na conversa, Thiago ainda disse que pode dar “conselhos” aos atuais membros:

A minha opinião continua a mesma… A banda voltar sem o cara… De repente eu posso dar umas dicas pra eles, como um tributo voltado para pessoas viciadas em cocaína ou para pessoas com tendência ao suicídio.

Ainda na entrevista, Thiago Castanho falou sobre o legado de Chorão, dizendo que ele deixou “músicas eternas, que transcendem o tempo”. Ainda segundo Castanho, o dinheiro “nunca esteve em questão”, mas sim estar com os caras. Ele continuou falando sobre o sentimento após a morte do vocalista:

Foi muito triste. Obviamente eu sentia que algo não estava certo, mas é difícil a gente acreditar que algo vai acontecer. Ele era o nosso porto seguro. Então a gente nunca imaginava que poderia acontecer algo com ele. Todo mundo sentiu bastante, sentimos até hoje. Mas temos que seguir em frente, respeito no passado, mas de olho no futuro.

Confira a entrevista abaixo!