Nirvana
Foto: Wikimedia Commons
 

É sempre engraçado perceber como nomes de bandas que a gente tanto gosta costumam não fazer sentido algum quando colocados fora de contexto. Embora alguns sejam autoexplicativos e até poéticos, outros só tem uma sonoridade legal e não querem dizer muita coisa.

Mas a questão é: de onde as bandas tiram o nome que vai acompanhá-las pelo resto da carreira? Sabemos que não existe uma fórmula e que, talvez por isso mesmo, o desafio seja tão grande e as histórias tão interessantes.

Listamos aqui 10 bandas de sucesso internacional e vamos te contar a história de como cada uma delas foi batizada:

1 – Ramones

Ramones - Im Against It
Foto: Reprodução / YouTube

O baixista Dee Dee foi quem começou adotando “Ramone” em seu nome artístico. Depois de descobrir que Paul McCartney fazia check-ins em hotéis sob o nome falso de “Paul Ramon”, Dee Dee curtiu, adotou e influenciou os outros integrantes, que resolveram ir além e batizar a banda de Ramones.

Se podemos “culpar” os Beatles pelo nascimento do punk rock? Com certeza.

2 – Green Day

Green Day American Idiot
Reprodução/YouTube

Inspirado na gíria popularizada em São Francisco, Billie Joe Armstrong escreveu uma música contando sua primeira experiência com maconha, e a batizou de “Green Day”.

A gíria, que fazia referência a um dia em que nada era feito além de “ficar de boa com os amigos curtindo com um bong”, virou o nome da banda. A partir dali, eles deixaram de se chamar Sweet Children e viraram Green Day.

3 – Black Sabbath

Quando pensamos em Black Sabbath, muitos de nós esperamos que o nome da banda tenha alguma relação com cultos satânicos ou bruxos, e acabamos por imaginar que uma das maiores bandas de heavy metal tenha homenageado tais tradições. Mas, dessa vez, esses muitos de nós estão errados.

Embora (e bem provavelmente) Ozzy e seus amigos tenham gostado da ideia por trás do nome, eles na verdade o encontraram pela primeira vez em um letreiro que divulgava o filme de terror do diretor Mario Bava. O filme, cujo título original em italiano é “I Tre volti della paura bra”, foi traduzido para o inglês como Black Sabbath. Como hoje podemos ver, provavelmente não havia nome que casasse melhor com o som dos caras.

Caso você esteja procurando um nome para a sua banda, o filme foi traduzido para o português como “As Três Máscaras do Terror”. Fica a dica.

4 – Joy Division

Joy Division

O nome da banda inglesa dos anos 70 tem uma história um pouco mais carregada – se podemos dizer assim.

Baseado no romance “House of Dolls”, de 1955, a banda faz referência a um conto da época da Segunda Guerra Mundial. No livro, os nazistas mantinham mulheres judias separadas nos campos de concentração para fins sexuais. Chamava-se esta separação dos grupos de mulheres de “Joy Divisions” (algo como “divisões de alegria/prazer”, em português).

O livro foi escrito pelo polonês e sobrevivente do holocausto, Yehiel De-Nur, que também utilizava o pseudônimo Ka-tzetnik 135633 – em referência ao código de deportação que foi tatuado no seu braço por soldados nazistas.

5 – Megadeth

Megadeth
Divulgação

Ao pé da letra, a palavra Megadeath significa “um milhão de mortes humanas por explosão nuclear”.

O nome da banda vem mais ou menos daí, mas tem uma história diferente e surgiu na famosa viagem de quatro dias que Dave Mustaine fez quando foi demitido do Metallica e teve que ir de Nova Iorque à Califórnia de ônibus.

Enquanto fazia rascunhos de letras de músicas num panfleto político que encontrou no próprio ônibus, Dave se deparou com a frase “não podemos nos livrar do arsenal da megadeath, independentemente do que os tratados de paz venham a ser”. Ele gostou e decidiu batizar a banda que estava prestes a nascer com a palavra que encontrou ali, mas, ao descobrir que o Pink Floyd já havia sido chamado de The Megadeaths, ele tirou o “A” e seguiu em frente.

6 – Avenged Sevenfold

M. Shadows, do Avenged Sevenfold
Foto de M. Shadows via Shutterstock

Os “Vingados Sete Vezes” escolheram o nome da banda de uma passagem bíblica.

Isso mesmo.

Mais precisamente da história de Cain e Abel, o A7X se inspirou no primeiro homem assassino, onde, na história do Velho Testamento, Deus diz que, se machucado, Cain deveria ser vingado sete vezes.

Vale lembrar que os músicos do Avenged Sevenfold não foram os primeiros a utilizar referências da Bíblia para batizar sua banda, já que nomes como Genesis, Judas Priest, Testament e Third Day também o fizeram.

7 – Sum 41

Sum 41
Foto: Divulgação

O Sum 41 é mais uma banda que não foi originalmente batizada com o nome pelo qual ficou definitivamente conhecida.

Deryck Whibley, guitarrista e vocalista, contou em uma entrevista (via Ultimate Guitar) como definiram de vez o estilo da banda e como deixaram de se chamar Kaspir para virar Sum 41:

A banda começou no 41º dia de verão. A gente estava no ensino médio, e considerávamos o verão como sendo o primeiro dia de férias. Não sei se era oficialmente o 41º dia de verão, mas para gente, quando tínhamos 16 anos, o verão começava quando a escola acabava, e a banda começou 41 dias depois disso (…) Nós fomos à Warped Tour em 1996 e vimos todo tipo de banda que ouvíamos, como NOFX, Face to Face, Lagwagon, Pennywise… e Kaspir era tipo, algo como isso, mas não era bem algo daquele universo.

Depois disso, foi só tirar metade da palavra Summer e definir o novo momento da banda.

8 – Twenty One Pilots

Twenty One Pilots
Foto: Divulgação

Para a dupla do Twenty One Pilots, o teatro foi quem originou o nome da banda.

Na peça de Arthur Miller, intitulada “All My Sons”, o personagem principal permite que uma série de aviões decolem, mesmo sabendo que eles estão com defeito. Na história, os aviões caem e vinte e um pilotos perdem suas vidas.

A peça teve grande repercussão nos anos 40 e chegou a ser reproduzida na Broadway, em Nova Iorque.

9 – Nirvana

Nirvana
Foto: Wikimedia Commons

A banda que já havia cogitado nomes como Fecal Matter, Ted Ed Fred e Skid Row (pois é), parou de procurar por novos nomes quando Kurt Cobain encontrou Nirvana.

Segundo Kurt, ele queria algo que fosse “bonito ao invés de maligno, mas atrevido e punk, como os Angry Samoans”.

Enquanto a sonoridade da banda resolve a questão “atrevida” que Kurt buscava, o nome parece ter cumprido com o outro objetivo – já que o significado vem do estado máximo de iluminação espiritual na visão do Hinduísmo, Budismo e outras religiões.

Curiosidade: uma banda britânica acusou o Nirvana de ter pego um nome que já era utilizado por eles desde 1965. Eventualmente, as bandas entraram num acordo na justiça, e o “Nirvana Britânico” chegou a cogitar lançar covers da banda americana – projeto que acabou não acontecendo devido à morte de Kurt Cobain.

10 – Sepultura

Sepultura
Foto: Divulgação

Para nós, brasileiros, o significado é claro. Mas para a banda, cujo sucesso transcendeu a fronteira nacional, é sempre necessário explicar para os estrangeiros o que isso significa e de onde surgiu a ideia.

A história é a seguinte: enquanto Max Cavalera traduzia a letra de “Dancing on Your Grave”, do Motörhead, ele se deparou com o que seria o nome da próxima banda brasileira a estourar na gringa.

“Grave” poderia ser traduzido como sepultura, túmulo ou vala, e ele escolheu Sepultura.

Justo. Deu certo.

LEIA TAMBÉM: Os 15 Discos de Despedida mais Incríveis da História da Música