Mais uma semana chega e com ela mais uma seleção com destaques nacionais. E vale o aviso, hein: muito disso estará na nossa playlist oficial no Spotify. Então, é só acompanhar sempre por aqui e ouvir tudo no player abaixo.

Estamos sempre falando de música brasileira por aqui, então para conhecer muita coisa boa basta acompanhar na aba de Nacionais do site. Agora, confira os destaques abaixo:

Lubeka

Lubeka
Foto: Cauê Tarnadoswski

Ao olhar para o passado, o cantor e compositor Lubeka constrói os passos futuros de sua carreira solo com o single “Tempo”. Na letra, o artista reflete de forma intrínseca os aprendizados e desafios até então vividos.

Essa música foi composta há um ano e fala sobre a vida que está em ciclos contínuos, sobre perdão e esquecer as mágoas do passado. Então no clipe queríamos passar essas mensagens, há vários objetos ligados a essa memória, que representam várias coisas como religião, sexualidade, infância e etc.

Trazendo a ideia que o tempo cura tudo e é preciso aprender com as experiências passadas para pode seguir em frente, o músico goiano faz de “Tempo” uma reflexão sobre memória com uma sonoridade

O clipe se desenvolve durante uma viagem de carro onde o artista é passageiro e, ao mesmo tempo, protagonista. Entre lembranças do passado, ele chega ao seu destino final tendo se libertado do que o mantinha ligado a vivências anteriores.

Assista o vídeo abaixo:

Anderson Primo

Anderson Primo
Foto: Robson Sanchez

Do eletrônico ao carimbó, Anderson Primo lança o EP Ocê, Oceano. Fruto de quase duas décadas de amadurecimento como artista, o cantor mineiro faz do seu trabalho de estreia múltiplas vivências na arte e na música ao longo de quase duas décadas.

O título vem de uma brincadeira com os múltiplos sentidos. “Ocê” traz a candura do povo mineiro em seus vocativos carinhosos, ao mesmo tempo que remete à grandeza do oceano, um mergulho na identidade do próprio artista. “O EP é é a relação de você com você mesmo, o oceano dentro de você a ser explorado, o encontro de você com suas próprias profundezas. Um olhar profundo no íntimo, no interior daquele ser que hoje é e amanhã não é mais”, resume Anderson.

Ouça no player abaixo:

Varal Royal

Varal Royal
Foto: Zeca Vieira

Em novas influências e formação, o trio Varal Royal lança o disco A Altitude Deve Ser Grande. 

Nesse segundo trabalho de estúdio, a banda mantém o fio condutor da magia que perpassa suas produções anteriores, dessa vez lançando um olhar sensível à realidade e ao cotidiano. A sonoridade flerta com sintetizadores e batidas eletrônicas, produzida de maneira experimental e fácil de compreender cada instrumentação no decorrer das oito faixas.

Ouça:

Feito Café

Feito Café
Foto: Zinna

O duo carioca Feito Café traz uma releitura de “A postcard to Nina”, de Jens Lekman, no single “Um recado para Tito”. 

Gravada pelo produtor Léo da Costa, a canção traz uma narrativa de dois amigos, um menino e uma menina. Depois de se conhecerem pela internet, marcam um encontro na cidade do rapaz. Tito recebe a amiga e, depois das primeiras palavras, convida-a para um churrasco em família na casa dele, mas não sem antes pedir que ela finja que é a namorada dele. A situação deve-se ao motivo de Tito ser gay e não conseguir assumir isso para a família, com medo de ser repreendido.

A música ganhou um lyric video à altura, feita por Júlio Victor, da produtora Pandario. Ao usar ilustrações criadas pelo quadrinista Victor Reis, o duo sintetiza o espectador todo o drama de Tito e como isso reflete na realidade afora. Assista: