Lançamentos nacionais: Odradek, Xamã, A Outra Banda da Lua
Foto: Divulgação
 

Tentando se reinventar no indie punk, mas sem deixar de lado suas influências do math rock, jazz e timbres eletrônicos, a Odradek lança o single “”.

A canção fala sobre algo familiar para muitas pessoas: o distanciamento. “A ideia veio de uma contradição chata e necessária, que é o momento de ter que se afastar de alguém que gosta por respeito,” explica o integrante Caio Gaeta.

A nova faixa da Odradek se encaixa em um formato mais acessível do eles estão acostumados a apresentar. “Parte disso se deve aos conselhos do Franco, que agora está no baixo. Durante o processo de composição, ele tende a direcionar a música para um lado mais sóbrio e direto do que ela estava caminhando,” finaliza Fabiano.

Xamã

Lançamentos nacionais: Odradek, Xamã, A Outra Banda da Lua
Foto: Reprodução / Facebook

Em O Iluminado, seu novo disco, Xamã se inspira na sétima arte para mostrar seus raps contemporâneos e urbanos.

O título do registro tem um motivo que é explorado em um curta-metragem lançado pelo artista e dirigido por Guilherme Brehm. Na obra, Geizon (no caso, o próprio Xamã, nascido Jason Fernandes), é o taxi driver (do filme de 1976, de Martin Scorsese), tentado pelo advogado do diabo (do filme de 1998). “O advogado tem medo do iluminado, que é sádico, louco. Porque que este simboliza a criatividade. E tudo o que é novo assusta. Mas, gera a inspiração. É a personificação do que esse disco representa pra mim”, explica o músico.

Um detalhe interessante é que a lista de músicas é toda baseada em nomes de filmes clássicos, cult e pop, sem distinção de época ou gênero.

A Outra Banda da Lua

Lançamentos nacionais: Odradek, Xamã, A Outra Banda da Lua
Foto: Sarah Leal / Divulgação

Com forte influência do regionalismo dos anos 70, os mineiros da A Outra Banda da Lua lançam o clipe da faixa “Lua”.

Dirigido por Vito Soares, o vídeo traz fotografia toda em preto e branco e destaca vocalista Marina Sena no meio de uma paisagem sertaneja, matéria-prima da banda.

A canção é a primeira amostra do álbum de estreia homônimo que deve ser lançado ainda no início deste ano.