Héloa mostra a vida de imigrantes na megalópole em “Silêncio”
Foto: Reprodução / Youtube

O fluxo migratório é uma realidade de megalópoles como São Paulo. Ainda mais quando se trata de um continente com tanta desigualdade social como a América do Sul. É sobre isso que Héloa fala em “Silêncio”, seu novo clipe.

A canção, composta em parceira com Luedji Luna, fala sobre afeto, tempo e diferença cultural e como esses fatores desencadeam processos difíceis na adaptação em uma cidade cosmopolita como a capital paulista.

O clipe, dirigido por Rubens Crispim, tem tom urbano que mostra a nova vida de nordestinos e imigrantes, mas reflete também sobre a força das raízes que temos.

É o encontro consigo, é reflexão de um tempo de paz e busca interior. Uma reflexão sobre si e seu lugar no mundo. Sobre a natureza que lhe constrói, a leveza e limpeza que o mar e a força das águas trazem.

Produzida por Maurício Badé e Zé Nigro, a faixa conta com a presença dos músicos Webster Santos, Edy Trombone e Maurício Fleury. “Silêncio” faz parte de Opará, álbum lançado em Agosto com referências o Nordeste, o Rio São Francisco e a ancestralidade.