Charles Manson Máscara com cinzas
Reprodução/YouTube
 

Charles Manson, o famoso líder de um culto que matou nove pessoas em Hollywood nos anos 60, está sendo homenageado de uma forma… macabra.

O criminoso, morto em 2017, ganhou uma máscara de seu rosto que foi feita com suas próprias cinzas. Sangue humano também foi usado no processo de confecção do item bizarro.

Os artistas responsáveis pela máscara são Ryan Almighty e Rik “Sik Rik” Fisher. Almighty é conhecido por ter tatuado o rosto de Manson no braço de um amigo e usado sangue do próprio criminoso para isso.

Até o momento, apenas duas máscaras foram confeccionadas, e não há informações sobre uma possível venda. Bom, pelo menos a gente espera que você não quer comprar isso… né?

Confira um vídeo publicado pelo TMZ logo abaixo. Charles Manson faleceu em 19 de Novembro de 2017, aos 83 anos de idade, e além de um legado macabro (adorado por alguns), também deixou uma carreira na música, já que lançou diversos EPs, álbuns e singles voltados ao folk.

Sua influência na cultura pop se estende a canções como “Never Learn Not To Love”, do Beach Boys, que se originou da sua obra “Cease To Exist” e foi lançada após um encontro de Charles com Dennis Wilson.

LEIA TAMBÉM: Charles Manson, Trent Reznor e a história do “sanguinário” estúdio Le Pig

Vídeo Mostra a Bizarra Máscara de Charles Manson

Ouça o novo disco de Caetano Veloso!    
 
Compartilhar