Clutch
Foto: Divulgação
 

A excelente banda norte-americana Clutch decidiu homenagear os principais nomes de suas raízes no blues rock, stoner rock e hard rock com uma fantástica série de covers, intitulada Weathermaker Vault.

Depois de divulgar suas interpretações de “Evil” (Willie Dixon) e “Precious And Grace” (ZZ Top), chegou a vez do quarteto liberar sua versão para “Fortunate Son“, clássico do Creedence Clearwater Revival.

Sobre a escolha e o impacto da música, o baterista Jean-Paul Gaster comentou e ainda dedicou a gravação ao falecido empresário da banda:

Quando criança, era difícil não ouvir ‘Fortunate Son’ da CCR no rádio, na TV ou até mesmo na feira. A batida groovada e os hi hats que introduzem as letras atemporais de John Forgerty escritas há tantos anos podiam ser encontrados em qualquer lugar.

Embora possa ser verdade dizer que ‘Fortunate Son’ é vista como uma música política, achamos que ela é maior que isso. Para nós, ‘Fortunate Son’ é uma música inspiradora. Por esse motivo, gostaríamos de dedicar a música para a pessoa mais inspiradora que já tivemos em nossas vidas, nosso falecido empresário Jack Flanagan.

Ele não era nenhum “filho afortunado”. Ele trabalhou incansavelmente e apaixonadamente o tempo todo, mantendo um nítido senso de humor até seus últimos dias. Obrigado, Jack, por nos tornar melhores do que imaginávamos.

A faixa foi mixada pelo premiado Vance Powell, cujos trabalhos com bandas como Wolfmother, The Raconteurs e Arctic Monkeys foram reconhecidos com 6 Grammys.

Já sua gravação ficou por conta de J Robbins, responsável por gravar a série completa e por produzir dois álbuns do Clutch, Robot Hive/Exodus (2005) e Strange Cousins from the West (2009).

Abaixo confira o resultado de “Fortunate Son” na interpretação do Clutch, em um vídeo gravado no estúdio de J Robbins, em Baltimore:

Clutch – Weathermaker Vault Series

Em tempo, além dos covers, a banda também incluiu na série Weathermaker Vault uma nova versão de “Electric Worry“, uma de suas principais músicas autorais.

Na original, presente no álbum From Beale Street To Oblivion, de 2007, a banda gravou teclados e gaitas e, na reedição, decidiu deixar a faixa em sua versão mais pura.

Ouça logo abaixo todas as outras faixas de Weathermaker Vault Series: