Logo Nirvana
Logo oficial do Nirvana. Foto: Divulgação
 

Parece que o estilista Marc Jacobs está querendo arrastar ao máximo o imbróglio com o Nirvana.

Em Novembro do ano passado, a marca lançou uma linha de roupas chamada Bootleg Redux Grunge. Uma das camisetas da coleção contém uma parte da famosa logo do smiley — veja acima – e, ao invés do nome da banda, lê-se “Heaven” e as siglas da grife. No processo, o Nirvana pontua que registrou a imagem em 1992 e diz que a Marc Jacobs fez uma “cópia barata” da arte, como te contamos por aqui.

Dave Grohl, Krist Novoselic, Courtney Love e Frances Bean Cobain foram chamados como testemunhas pela própria grife. Isso porque quem está processando o cara é a Nirvana LLC, empresa que detém os direitos de marca e que tem como dona uma companhia da qual Love é sócia.

O problema é que, pelos relatos deles, parece que ninguém sabe quem, de fato, surgiu com o icônico smiley. Por isso, Marc resolveu entrar com seu próprio processo.

Marc Jacobs e Nirvana

Segundo informações do The Hollywood Reporter (via Consequence of Sound), o novo documento diz:

A aparente ausência de qualquer pessoa viva com conhecimento em primeira mão dos supostos direitos autorais do trabalho em questão, juntamente com inúmeras outras deficiências no Registro 166 que é a base para o pedido de infração do Nirvana são a base desta alegação contrária.

A alegação está disponível na íntegra (em inglês) por aqui. Que confusão, hein?

 
 
Compartilhar