Brian May e Brian May
Reprodução/YouTube
 

O filme Bohemian Rhapsody, que conta a história de Freddie Mercury, foi o mais premiado do Oscar desse ano.

Além disso, certamente despertou a memória de muitos fãs da banda. Muito por conta das incríveis recriações de shows icônicos do Queen, e agora podemos ver um pouquinho melhor como foi esse processo.

Um vídeo de bastidores apareceu e mostra alguns processos incríveis. É o caso do show do Live Aid, que parece ter sido feito em um local quase totalmente deserto de pessoas com auxílio de um chroma key!

A gravação também serve para comprovar que viagem no tempo existe, sim. Em 1:11, aproximadamente, o Brian May do presente se encontra com o Brian May do passado (Gwilym Lee) e o ensina a tocar o solo de, justamente, “Bohemian Rhapsody”.

Confira abaixo!

Bohemian Rhapsody

Apesar da ótima bilheteria, o Queen ainda não teria ganho nenhum centavo com a produção. Pelo menos até Maio deste ano, como afirmou o próprio guitarrista após dizer que a obra “foi um longo trabalho de amor”.

O produtor do filme, inclusive, já fala em uma “forte discussão” para uma sequência do longa. O que será que estaria nela? Vamos aguardar!

LEIA TAMBÉM: Bee Gees ganhará filme biográfico com produtor de “Bohemian Rhapsody”