Scalene deu novos passos em sua carreira ao lançar o disco Respiro em Agosto desse ano. Trazendo uma sonoridade bem diferente do que a banda havia proposto nos trabalhos anteriores, o álbum precisou ser digerido pelos fãs e até mesmo pelos autores.

(Foto por Cadu Andrade)

O quarteto brasiliense levou o conceito do disco a sério e, sem pressa, levou alguns meses para montar o novo repertório. Após algum tempo fazendo shows com poucas músicas do trabalho, a dobradinha de apresentações de lançamento em Brasília mostrou que a espera valeu a pena.

Alternando as faixas da obra mais eletrônica e acústica com hits como “Surreal” e “Amanheceu”, não sobrou muito espaço para críticas. Com boa resposta do público em várias das músicas novas, como “Furta-Cor” (com participação de Maria Aguiar, do projeto Maria e o Vento) e “Tabuleiro”, a banda teve liberdade para viver intensamente o novo momento.

Um destaque especial vai para as lindas projeções comandadas pela VJ Graziela Paes, aproveitando ao máximo a tecnologia oferecida pela Cervejaria Criolina, que recebeu os shows nos dias 22 e 24. As imagens ditaram o ritmo, por exemplo, para a catártica “phi” – um dos pontos altos do show.

A festa não se resumiu aos quatro, é claro. Na Sexta, a brasiliense Adriah abriu a noite. Já no Domingo, foi a Ellefante, outra banda local, quem iniciou os trabalhos. As escolhas também evidenciam a nova fase: ambas tem uma proposta bem mais tranquila do que seria aceitável em outros momentos da carreira do Scalene.

Mesmo com a banda substituindo alguns sucessos como “Danse Macabre” e “Sonhador II” por músicas menos executadas, como “Milhares Como Eu” e “Furacão”, o público não pareceu insatisfeito. Aliás, os fãs pareceram entender mais do que nunca a nova proposta – e não há recompensa melhor do que essa para quem resolveu ousar e sair da zona de conforto.

Scalene em Brasília (24/11) – Setlist e Fotos

  1. II
  2. Vai Ver
  3. Tabuleiro
  4. Casa Aberta
  5. cartão postal
  6. Milhares Como Eu
  7. Furacão
  8. Furta-Cor (com Maria Aguiar)
  9. Sabe o Que Foi?
  10. Silêncio
  11. Amanheceu
  12. Surreal
  13. phi
  14. maré
  15. esc (caverna digital)
  16. Percevejo
  17. Legado
  18. Assombra
  19. Ciclo Senil
  20. O Que É Será
 
 
Compartilhar