Foto por Aline Krupkoski
 

É, amigos, o Greta Van Fleet mal começou a carreira e já causou um impacto danado no Rock And Roll.

Para o bem ou para o mal, a jovem banda norte-americana é apontada por muitos como sangue novo no estilo e não há como negar: conseguiu uma base imensa de fãs que não se enxergavam como entusiastas de estilos como Pop e Hip Hop e viram nos riffs do Greta uma alternativa.

Além disso, apesar de diversas “acusações” de que soaria demais como o Led Zeppelin, o quarteto é o primeiro em longos anos a ser celebrado por fãs de Rock And Roll e não ter pelo menos 20, 30 ou 40 anos de estrada.

Livro do Greta Van Fleet

Quem resolveu se aproveitar dessa situação foi Marc Shapiro, autor de livros que já figurou nas listas de bestsellers do New York Times mas tem uma carreira pra lá de questionável.

O cara se especializou em escrever biografias não-autorizadas e já lançou obras de bandas como Creed, atrizes como Susan Sarandon e até o presidente dos EUA, Donald Trump.

O problema é que seus livros são amplamente criticados e, como observa o site Consequence of Sound, na biografia sobre J.K. Rowling, criadora do universo Harry Potter, ele comete uma série de erros de informação.

Isso não impediu Marc de escrever um livro a respeito do Greta Van Fleet, grupo que tem sete anos de formação e, literalmente, apenas um ano desde o seu primeiro álbum.

No livro, o autor diz que conta a “verdadeira história” sobre a banda e crava:

Hard Work: The Greta Van Fleet Story é uma biografia mas também um mapa para qualquer pessoa que queira fazer música de verdade e acreditável. O Greta Van Fleet lutou nas trincheiras do rock and roll e sua recompensa é que hoje eles são uma das maiores bandas do planeta. Se você seguir os passos deles, também chegará lá.

Além do caráter “motivacional”, o livro ainda promete “gravações raras da banda” (?) e pérolas de sua discografia (??).

Sai pra lá, coach!

LEIA TAMBÉM: vocalista do Greta Van Fleet aparece pela primeira vez após cancelamento de shows

 
 
Compartilhar