Por Bruno Inácio

Considerado um dos diretores mais bem-sucedidos da era moderna de Hollywood, Christopher Nolan tem uma carreira marcada por filmes de sucesso comercial, quase sempre com grande elenco e muitos plot twists.

Após dirigir, produzir e roteirizar três curtas, estreou oficialmente como cineasta em 1998, com o filme Following. No entanto, foi a partir de seu segundo filme (Amnésia, de 2000), que passou a ganhar notoriedade.

Em seu terceiro filme, já como um respeitado diretor, reuniu ninguém menos que Al Pacino, Robin Williams e Hilary Swank no suspense psicológico Insônia. De lá para cá, foram diversos filmes de destaque em todo o mundo, sendo que muitos deles atingiram o status de cult.

Confira logo abaixo cinco longas para conhecer a obra de Christopher Nolan.

Amnésia (2000)

Amnésia (Memento)

Com Guy Pearce no papel principal, Amnésia conta a história de Leonard Shelby, um homem que sofre de amnésia anterógrada, impossibilitando que ele adquira novas memórias. Ele está à procura de um homem que estuprou e matou a sua esposa, mas tem dificuldades para alcançar seu objetivo por conta do seu problema de memória.

A narrativa tem duas histórias – uma em cores e outra em preto e branco – o que muitas vezes deixa o espectador confuso em relação à ordem cronológica dos fatos. Essa “confusão”, entretanto, é um elemento essencial para que o filme seja conduzido de maneira brilhante.

 

Insônia (2002)

Insônia

Remake de um filme norueguês de 1997, Insônia conta a história de dois detetives que investigam um crime ocorrido em Nightmute, no Alaska, cidade em que o sol reina durante cerca de 22 horas por dia. Durante uma perseguição ao suspeito, um dos detetives (interpretado por Al Pacino) mata acidentalmente o seu parceiro, e ao invés de admitir o fato, ele deixa a culpa cair no suspeito que estava sendo perseguido (interpretado por Robin Williams).

Em meio a noites sem dormir, sentimento de culpa e chantagens, o detetive se vê confuso a respeito do que é real e o que não é, inclusive no que se refere às suas motivações.

 

Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008)

Heath Ledger como Coringa

Bastante aclamada pelo público, a trilogia de Batman dirigida por Christopher Nolan levou o super-herói a um novo patamar no cinema. Dos três filmes, Batman – O Cavaleiro das Trevas se tornou o mais popular.

E muito disso se deve à interpretação de Heath Ledger no papel do vilão Coringa. Além dele, estão no elenco Christian Bale (Bruce Wayne/Batman), Gary Oldman (Jim Gordon), Michael Caine (Alfred) e Morgan Freeman (Lucius Fox).

A narrativa traz Coringa liderando diversas ações criminosas como forma de promover o caos e desafiar Batman e o promotor Harvey Dent, que mais tarde se torna o vilão Duas Caras.

 

A Origem (2010)

Inception

Na história que difundiu a ideia de “sonhos dentro de sonhos” na cultura pop, Don Cobb (Leonardo DiCaprio) é um ladrão que invade os sonhos das pessoas e rouba segredos de seus subconscientes. Sua nova missão é invadir a mente do herdeiro de um império econômico e plantar a ideia de desmembrá-lo.

Para essa ousada tarefa em Inception, Cobb tem ajuda do parceiro Arthur (Joseph Gordon-Levitt), da arquiteta de sonhos Ariadne (Ellen Page) e do habilidoso Eames (Tom Hardy), que consegue se disfarçar de quem quiser no mundo dos sonhos.

 

Interestelar (2014)

Interestelar

Repleto de quebras-cabeças, Interestelar conta a história de astronautas em busca de planetas que possam receber a população mundial depois que as reservas naturais da Terra chegam ao fim.

Cooper (Matthew McConaughey) é chamado para liderar o grupo e aceita a missão sabendo que pode nunca mais ver os filhos. O elenco ainda reúne Anne Hathaway, Michael Caine e John Lithgow.