Manoel Gomes, autor de Caneta Azul
 

É, amigos, se depender de Manoel Gomes, o chiclete “Caneta Azul” é só o começo.

A canção viralizou nos últimos dias com um vídeo no YouTube e, claro, foi parar no WhatsApp, chegando através de vídeos do autor interpretando sua obra.

Celebridades também começaram a entoar o “caneta azullll, azul canetaaaa”, e até o DJ Alok mandou ver em um remix, o que obviamente fez com que a vida de Gomes mudasse completamente.

Caneta Azul e mais 21 mil músicas

Manoel deu uma entrevista em vídeo ao G1, e por lá falou sobre como está deixando o trabalho de vigilante para se dedicar à carreira de músico.

Sobre o emprego, ele ainda falou que seu chefe é muito gente boa e o incentivou a correr atrás do sonho, dizendo que se precisasse, o emprego estaria garantido quando ele voltasse.

Por conta do trabalho, o dono de “Caneta Azul” ainda disse que não viu o tamanho da repercussão que sua canção teve, o que é de se espantar, já que o Brasil inteiro recebeu esse vídeo de uma forma ou de outra e no YouTube, um vídeo postado em 18 de Outubro, ou pouco mais de 20 dias, já tem 10 milhões (!) de visualizações.

Eu estava trabalhando e não tive tempo de acompanhar tudo isso não. Ainda não vi quase nada. Só ouço me falarem. O primeiro vídeo que eu vi, foi o Léo Magalhães cantando e ele estava até com uma garrafa de cerveja.

Significado da Letra

Na oportunidade, o músico maranhense de 49 anos ainda falou sobre o curioso caso por trás da composição que virou meme:

Eu resolvi fazer essa música, pois fui com minha caneta com meu nome dentro. Aí num dia de aula, a caneta sumiu e até hoje não encontrei. Resolvi então fazer uma música por conta disso. Desde que a música virou sucesso não tive mais tempo nem de voltar para escola.

Haja história para mais 21 mil!

     
 
Compartilhar