halloween invocacao do mal
 

Sim! Chegou a hora de juntar a galera para assistir aos filmes mais assustadores possíveis com a mera desculpa de “estamos no Dia das Bruxas”. A tradição manda e nós queremos facilitar as coisas para o seu lado, por isso a seleção de 7 filmes de terror sobrenatural para assistir no Halloween desse ano.

Para fugir dos clichês das produções clássicas, selecionamos apenas filmes mais recentes, lançados na última década. Separe a pipoca, os cobertores e prepare-se para perder o sono!

Halloween Hereditário
Cena do filme Hereditário (Foto: Divulgação)

A Bruxa

A Bruxa, surpreendente filme de estreia do diretor Robert Eggers, entra em uma categoria muito comum em filmes de terror: é 8 ou 80; você ama, ou você odeia. A produção acaba se destacando por não recorrer aos jump scares para deixar o espectador apavorado. Em determinado momento, é apresentada uma das cenas de exorcismo mais impactantes do cinema recente.

Uma característica que pode passar batida mas tem valor para muitos fãs é que o trailer não entrega quase nada do plot do filme. É tenso, apresenta questões importantes e mantém o nível de interesse lá no alto.

 

Hereditário

Herdeiro imediato de A Bruxa (tem o mesmo produtor), Hereditário também aposta em um terror apenas sugestivo no início, mas caminha para um lado mais assustador conforme a história se desenvolve.

Também dirigido por um estreante (Ari Aster), o elemento sobrenatural se mostra mais presente e o terror vira algo mais gráfico do que apenas imaginativo conforme a história vai se desenvolvendo.

 

Veronica

O filme espanhol Veronica é dirigido por Paco Plaza (REC) e, apesar de uma premissa manjada, mostra como clichês dos filmes de terror podem ser bem explorados quando caem em mãos competentes.

A jovem que dá nome ao filme tenta entrar em contato com o pai falecido usando um tabuleiro Ouija, o que obviamente dá muito errado. Outro diferencial de Veronica é que a história é inspirada em fatos que aconteceram de verdade, no distrito de Puente de Vallecas, na Espanha, no ano de 1991.

 

Evil Dead: A Morte do Demônio

Quando a matéria é terror gore, historicamente os fãs não são muito exigentes com o roteiro. O segredo é mostrar cenas criativas e agoniantes. O remake de Evil Dead: A Morte do Demônio consegue reunir isso e apresenta sequências muito inspiradas, crédito para o diretor Fede Alvarez.

É muito interessante ver um filme utilizar tantos efeitos práticos e conseguir resultados tão bons. A atriz Jane Levy, coitada, quase se afogou em um jato de água que simulava sangue falso e ainda foi enterrada apenas com um celular e uma lanterna para outra cena. Isso que é entrega!

 

Babadook

Mais uma produção que vem de fora do eixo hollywoodiano, o australiano Babadook é um filme simples, com poucos cenários, atores desconhecidos e poucos elementos que podem distrair a atenção do público.

Com isso, a história sobre o “bicho papão” acaba crescendo e vira algo bem mais sinistro do que nos acostumamos a pensar. E filme de terror com criança já é, por si só, algo para fazer tremer as pernas.

 

Corrente do Mal

A história pode parecer grotesca, mas não julgue Corrente do Mal (It Follows) pela capa. A trama conta a história de uma entidade maligna que é transmitida sexualmente de pessoa para pessoa. É isso mesmo: se você não passar adiante a maldição, vai começar a ser perseguido por figuras sobrenaturais que querem te matar.

O diretor David Robert Michell teve muito cuidado para inserir homenagens aos clássicos do terror das décadas de 70 e 80 (incluindo a trilha sonora e a fotografia). A ideia também foi deixar o filme “atemporal”, sem referências a tecnologias ou marcas que o colocassem em um contexto histórico específico.

 

Invocação do Mal

O universo expandido que contém os filmes da boneca Annabelle e da Freira não seria possível sem Invocação do Mal. O diretor James Wan já era conhecido por alguns filmes de terror, mas foi aqui que ele se consolidou com um dos gigantes de Hollywood.

O filme mostra como é possível utilizar os tão criticados jump scares de forma efetiva, sem tornar o recurso cansativo. Além disso, a história da investigação liderada pelo casal Warren na casa mal-assombrada da família Perron, em Harrisville, é um atrativo por si só. Não é exagero considerar Invocação do Mal o melhor filme de assombração dessa década.