Tom DeWille
Foto cedida por Amanda McLean Nixon
 

Se você já foi em um show de grande porte, certamente já viu muitos efeitos pirotécnicos. Uma das partes mais legais – e arriscadas – de uma apresentação nos tempos modernos, o ramo perdeu hoje um de seus nomes mais proeminentes: Tom DeWille.

O americano, que tinha 76 anos, era fundador da LunaTech, empresa que ganhou mercado após desenvolver recursos que aumentaram a segurança e eficiência da pirotecnia. Suas técnicas foram aplicadas por bandas como KISS, Bon JoviThe Who, Michael Jackson e mais.

Segundo o Whiplash, Tom foi assassinado juntamente com outro homem, Rollan Frank Edwards (75 anos). Houve ainda uma terceira pessoa, Jody Jay Tudor, de 48 anos, que foi ferida e está hospitalizada.

O único pronunciamento da polícia de Prospect Mountain, no Alabama, foi de que a motivação foi “algo que aconteceu no passado”. O principal suspeito é Matthew LeWayne Clayton, de 30 anos.

Tom DeWille

Tom DeWille deixou a LunaTech em 1980. No entanto, seu principal legado foi facilitar o uso de pirotecnia em locais fechados.

Acima, podemos ver uma demonstração de seu trabalho em uma convenção de 1991. Vale lembrar que, no ano seguinte, o frontman do Metallica James Hetfield sofreu um acidente em uma performance assinada pela LunaTech.

Que descanse em paz.