Elton John e Lady Gaga
Fotos: Ludmila Joaquina Valentina Buyo / Shutterstock
 

Elton John está maior do que nunca depois do filme Rocketman e o cantor foi capa da revista britânica GQ com uma entrevista pra lá de interessante.

Ele falou bastante sobre a situação política da Inglaterra, se dizendo “estupefato” com a situação do país. Segundo Elton, em 72 anos de vida ele nunca havia visto sua terra natal tão dividida quanto agora, com as questões do Brexit.

Mas, obviamente, a música foi o assunto principal da conversa. Sempre antenado em novidades e mantendo uma relação de carinho com a música, Elton foi questionado sobre a existência de estrelas atualmente. Citando Paul McCartney e outros como modelos a serem seguidos, ele respondeu:

Para ser uma estrela, você precisa ser uma estrela por um longo tempo e você precisa fazer isso com performances ao vivo. Você não pode ser uma estrela só fazendo álbuns. Isso não vai funcionar. Para ser uma estrela, você tem que durar 50 anos. Você tem que ser uma Barbra Streisand. Você tem que ser um Paul McCartney. Você tem que ser o Sting. Você tem que ser o Fleetwood Mac. Você tem que ser o The Who. Christine and the Queens, na minha opinião, é uma grande estrela, mas ela ainda não atingiu o auge comercialmente. A única estrela real no momento é a Lady Gaga. Ela poderia ter uma carreira como a de Barbra Streisand se ela quiser. Ela tem a ambição, ela tem o talento saindo de cada poro de seu corpo, então só depende dela querer e eu acho que ela quer, sim.

Elton John e a nova versão de O Rei Leão

Outro tópico abordado na entrevista foi a nova versão d’O Rei Leão. Dono de várias composições utilizadas no filme original, Elton só tocou na nova trilha sonora em “Never Too Late”, e teve muito a dizer sobre a versão live action:

A nova versão d’O Rei Leão foi uma grande decepção para mim, porque eu acho que eles estragaram a música. A música era uma parte tão grande do original e a música no filme atual não teve o mesmo impacto. A magia e a alegria foram perdidas. A trilha sonora não teve nem de perto o mesmo impacto que teve nas paradas há 25 anos, quando foi o álbum mais vendido do ano. A nova trilha sonora saiu das paradas tão rápido, apesar do sucesso massivo nas bilheterias. Eu queria ter sido mais chamado para a festa, mas a visão criativa do filme e sua música eram diferentes dessa vez e eu não me senti bem-vindo ou tratado com o mesmo nível de respeito. Isso me deixa extremamente triste. Eu estou muito feliz que o espirito certo da música vive com o musical [da Broadway] de O Rei Leão.

Lady Gaga

A estrela Lady Gaga parece já estar trabalhando no sucessor de Joanne (2016) e teria até pensado em um nome. No Twitter, ela disse que chamará seu novo álbum de ADELE. Será que é verdade?

LEIA TAMBÉM: Tal qual Lady Gaga, o Papa acredita que gays católicos Nascem Desse Jeito

     
 
Compartilhar