A banda britânica Muse ficou com a responsabilidade de encerrar a edição de 2019 do festival Rock In Rio.

Na maior versão de todas elas, a tarefa de fazer o último show do Palco Mundo poderia parecer um peso para quem ficasse com a responsabilidade mas Matt Bellamy e sua trupe tiraram tudo de letra.

Acompanhado de muitos efeitos especiais, dançarinos mascarados, luzes e outros aparatos, o trio mostrou que ao vivo ainda continua a banda que ficou conhecida pelos seus riffs de guitarra e baixo, e não pela nada inspirada fase eletrônica que atravessa nos discos de estúdio há alguns anos.

(Fotos por Marta Ayora / TMDQA!)

Conduzindo sua banda com bastante segurança e indo para a ponta da passarela a todo momento, Bellamy mostrou que os 25 anos de carreira do Muse credenciaram a banda para colocar um ponto final no Rock In Rio em grande estilo.

Muse no Rock In Rio

Matt Bellamy com o Muse no Rock In Rio 2019
Foto por Marta Ayora / TMDQA!

Com um setlist extenso que passou por quase todos os discos do grupo, hits como “Supermassive Black Hole”, “Plug In Baby” e “Hysteria” apareceram no meio de músicas mais recentes que se não agradaram na versão de estúdio ao vivo ganharam uma roupagem mais voltada ao rock que a banda apresentou em discos como Absolution (2003).

Ainda assim, alguns momentos beiraram o brega, como quando robôs tomaram conta do palco e observaram Matt ao piano com uma roupa colorida e óculos de neon durante a execução de “Algorithm”.

Matt Bellamy com o Muse no Rock In Rio 2019

Tudo foi compensado, porém, quando chegou o medley encabeçado por “Stockholm Syndrome”, uma verdadeira pedrada que exibiu o Muse em seu estado mais cru de guitarra + baixo + bateria e ainda contou com uma versão gigantesca de Murph The Robot, monstro inflável que preencheu o palco e parecia estar perto de atingir a banda a qualquer momento.

Mesmo quem não é muito fã dessa última fase acabou entrando na onda, já que estamos falando de uma mega produção ao vivo, e o resultado foi que em plena virada de Domingo pra Segunda, às duas horas da manhã, a maioria do público ainda não havia deixado a Cidade do Rock.

Valeu, Muse! Valeu, Rock In Rio. Que venha 2021!

Setlist

Muse no Rock In Rio 2019
Foto por Marta Ayora / TMDQA!
  1. Algorithm (Alternate Reality Version)
  2. Pressure
  3. Psycho
  4. Uprising
  5. Propaganda
  6. Plug In Baby
  7. Pray (High Valyrian)
  8. The Dark Side
  9. Supermassive Black Hole
  10. Thought Contagion
  11. Interlude
  12. Hysteria
  13. The 2nd Law: Unsustainable
  14. Dig Down (Acoustic Gospel Version)
  15. Madness
  16. Mercy
  17. Time Is Running Out
  18. Prelude
  19. Starlight
  20. Algorithm
  21. Stockholm Syndrome / Assassin / Reapers / The Handler / New Born
  22. Knights of Cydonia
     
 
Compartilhar