Foo Fighters é uma daquelas bandas cujos fãs estão dispostos a tudo pelos caras, e isso se comprovou mais uma vez na edição 2019 do Rock in Rio.

Depois de dois fãs irem às 5 da manhã até o aeroporto nesta sexta-feira (27) para entregar uma garrafa de Pitú ao vocalista Dave Grohl, a banda teve mais uma recepção calorosa na Cidade do Rock.

De longe a banda mais bem acolhida pelo público presente, o delírio dos fãs já veio assim que começaram os primeiros acordes de “The Pretender”, escolhida para abrir o show. Sempre carismáticos, os integrantes parecem cada vez mais acostumados ao calor humano do Brasil.

Mostrando intimidade entre si e com a plateia sul-americana, foram diversas brincadeiras e diálogos entre os membros. A apresentação da banda conduzida por Dave, em especial, mostrou que esse tipo de coisa ainda pode ser feita de uma forma legal com direito ao baterista Taylor Hawkins puxando “Love of My Life”, do Queen.

O que não quer dizer que eles não tenham sido simpáticos — a energia dos caras transborda. Momentos como “My Hero” e “These Days” já viraram clássicos das apresentações, mas seguem emocionando muita gente e muito disso se deve à entrega de Grohl e companhia.

Falando na companhia, inclusive, os outros músicos do Foo Fighters são um destaque à parte. Taylor aproveita seus momentos de brilho (inclusive com um solo de bateria nas alturas), o alto astral de Pat Smear ainda transmite aquela sensação boa e Nate MendelChris Shiflett Rami Jaffee fazem performances precisas e ótimas.

Retorno ao Rock in Rio

Foo Fighters no Rock in Rio 2019
Foto por Rock in Rio/Divulgação

Apesar de ter vindo ao Brasil no ano passado, o Foo Fighters não passava pelo Rock in Rio desde 2001. De lá pra cá, foram cinco discos de estúdio — sem contar outros lançamentos, como o EP lançado no dia do show.

Entre os diversos clássicos que entraram no setlist da banda desde então estão músicas como “Best of You”, “Walk” e a própria “The Pretender”. Os caras se mostraram bem afiados, inclusive, com as músicas do último álbum de estúdio Concrete & Gold, de 2017.

Juntamente com o icônico The Colour and the Shape (1997), o disco mais recente tem quatro faixas presentes no setlist – as quais receberam uma resposta mista da plateia. Enquanto “Run” pareceu funcionar bem, por exemplo, “La Dee Da” deixou algumas pessoas meio confusas.

Já a inclusão surpresa de “Wheels”, que não estava no setlist divulgado pela banda, foi sem dúvidas uma das horas mais legais e emocionantes do show. A Cidade do Rock se transformou em um mar de mãos e celulares acompanhado pelo coro da plateia.

Aliás, estes momentos de emoção foram os que mantiveram o público atento mesmo com a repetitividade do show. Com a passagem pelo Brasil no ano passado, o setlist teve pouca novidade e acabou sendo “mais uma” vinda do Foo Fighters pra cá.

Emoções à flor da pele e lembranças do Nirvana

Foo Fighters no Rock in Rio 2019
Foto por Rock in Rio/Divulgação

Logo depois da pesada “Monkey Wrench”, que viu uma das poucas rodas punk do show, Dave Grohl se emocionou ao lembrar da primeira vez que veio ao Brasil.

Em 1993, o Nirvana tocou no festival Hollywood Rock. Apesar de todas as polêmicas, a apresentação parece ter sido memorável para Dave, à época com apenas 23 anos.

A memória foi despertada graças ao Weezer, que tocou no mesmo palco poucos minutos antes e mandou um cover de “Lithium”. “Sinto saudades de tocar essa música”, disse Dave, momentos antes de iniciar a execução de “Big Me”, dedicada à banda de Rivers Cuomo.

Vale lembrar que o Weezer fez uma versão dela em vários shows da turnê conjunta com o Foo Fighters, em 2005.

Pois as emoções estavam à flor da pele mesmo. Um jovem subiu ao palco com um cartaz e, quando perguntado se iria tocar bateria, guitarra ou cantar, a resposta foi negativa em todas.

O rapaz foi lá para pedir a namorada em casamento e, depois de alguns momentos de tensão, deu tudo certo. A coisa deu tão certo que “Best of You”, outra faixa que aflorou as emoções do pessoal, foi dedicada ao novo casal. Veja no vídeo abaixo!

Depois do agradecimento de Grohl pelos “melhores 25 anos da vida”, a última dança foi ao som de “Everlong”. Esgotados, público e banda voltaram para casa certamente de alma lavada após um dos dias mais impactantes dessa edição do Rock in Rio!

Setlist – Foo Fighters no Rock in Rio 2019

  1. The Pretender
  2. Learn to Fly
  3. Run
  4. The Sky Is a Neighborhood
  5. Times Like These
  6. Sunday Rain
  7. My Hero
  8. These Days
  9. La Dee Da
  10. Walk
  11. Love of My Life (Queen cover) (trecho cantado por Taylor Hawkins)
  12. Under Pressure (Queen cover) (cantada por Taylor Hawkins e com Dave Grohl na bateria)
  13. All My Life
  14. Wheels
  15. Monkey Wrench
  16. Big Me
  17. Best of You
  18. Everlong
 
 
Compartilhar