Tekashi 6ix9ine na prisão (mugshot)
Foto: Divulgação
 

Tekashi 6ix9ine continua mantendo a pose de valentão mesmo estando sob perigo e em julgamento.

O rapper, que foi preso no ano passado por afiliações com gangues, agressão e outras denúncias, chamou atenção ao dedurar bastante gente no tribunal. Ao juiz, o músico entregou diversos nomes de membros da gangue Nine Trey Gangsta Bloods, da qual fazia parte.

Com a situação, a justiça ofereceu a 6ix9ine uma proteção extra, já que agora ele deve ser “visado” pelos criminosos. O músico não a aceitou, e prefere continuar cuidando da própria segurança com um guarda-costas contratado por ele mesmo.

Ainda de acordo com a imprensa internacional, Tekashi pode ser solto já em 2020, e sua decisão de recusar a proteção se dá pelo fato de ele querer retomar a carreira no hip-hop de onde parou. Caso aceitasse a ajuda, teria que adotar uma nova identidade e “desaparecer” por um tempo.

O disco Dummy Boy, de 2018, foi lançado com ele já preso e é seu único de estúdio até agora.

     
 
Compartilhar