Heavy Baile
Foto: Marcelo Paixão / I Hate Flash
 

Um dos maiores festivais de música do mundo, o Rock in Rio tem mantido uma ideia de agregar novos públicos além do que é proposto pelo nome. Nessa edição, foram adicionados mais palcos, o Supernova e o Favela, buscando trazer nomes que outrora não estariam no line-up.

Como falado sobre o Supernova, a gente sempre faz questão de mostrar o que há de novo e melhor na música do nosso país, e com o Espaço Favela não será diferente. O palco, cuja proposta é dar espaço para o som que sai das comunidades, foi anunciado em Abril, logo após o início da venda dos ingressos.

Dentre as atrações, além do principal Nós do Morro, alguns nomes vocês já ouviram muito pelo TMDQA!: Heavy Baile, Abronca, BK, GABZ, Jonathan Ferr e Canto Cego. Contudo, vamos falar sobre outros cinco nomes cariocas (sem ordem de preferência) que ouvirão muito, seja por aqui ou pelos portais afora.

Bora lá fazer o aquecimento pro festival?

1) Malía

Malía
Foto: Divulgação

Malía Machado, ou apenas Malía, é o hit do momento. Oriunda da Cidade de Deus, comunidade da Zona Oeste do Rio, teve seu primeiro single, o ótimo “Escuta”, chegando a mais de 600 mil visualizações. Aos 19 anos, todo seu talento será espetáculo para o público do Espaço Favela no dia 29 de Setembro. Para um conhecer um pouco da artista, confira no player abaixo:

2) Agona

Agona

Agona, banda de groove e death metal, tem integrantes de vários pontos do Rio de Janeiro, de Brás de Pina a Teresópolis. Com elementos de metal progressivo, os cariocas trazem sonoridade experimental e fala sobre questões inerentes ao pensamento humanos e filosofia. A potência do quarteto vai vibrar no palco no dia 4 de Outubro.

Para conhecer:

3) P-tróleo

Ptroleo

O trabalho de Thiago P-tróleo, ou simplesmente P-tróleo, é bastante diverso. O artista de Barata, bairro do Realengo, tem uma material que vai do samba ao rap, também perpassando pelo e pelo samba-rock. Seu lançamento mais recente, o single “Sou Madu”, contou com outras duas atrações do espaço, o rapper Dughettu e o cantor Lucas Hawkin, e já teve trabalho gravado pelo grupo Vou pro Sereno, que comanda ainda uma roda de samba na Zona Oeste, lugar que P-tróleo representará no palco, no dia 3 de outubro.

4) Xamã

Xamã
Foto: Divulgação

Conhecido no rap pelas batalhas de estilo livre, o cantor Xamã tem sua notoriedade em passagem por estúdios que promovem a nova leva do hip-hop nacional. O rapper, de Sepetiba, estourou com hits como “Flow de Vendedor de Amendoim” e “A Bela e a Fera”, além das parcerias feitas com outros artistas. O grave do artista vai bater no último dia de festival, 6 de Outubro.

5) Tuany Zanini

Tuany Zanini
Foto: Divulgação

Com apenas 23 anos, Tuany Zanini carrega o portfólio de cantora, atriz, produtora e compositora. Enraizada em referências musicais como Elis Regina e Solange Knowles, Tuany aborda a pluralidade do corpo da mulher negra, com uma voz harmoniosa e uma sonoridade voltada ao R&B. O carisma da artista será presente também no dia 6 de Outubro, fechando as atrações do palco da melhor forma possível