Palco Supernova, da Filtr, no Rock In Rio
Foto por Beatriz Brito / TMDQA!
 

O Rock In Rio está chegando e com ele o público mainstream será exposto a uma enxurrada de grandes talentos brasileiros, principalmente no Palco Supernova.

Isso porque o espaço do festival com curadoria da Filtr Live irá celebrar mais de 30 nomes com shows de bandas e artistas como Maglore, Menores Atos, Vivendo do Ócio, Jimmy & Rats, Lagum, Oriente, Ana Gabriela, Gabriel Elias, Lupa, Ponto Nulo no Céu, BRAZA, Jade Baraldo, Tassia Reis, Selvagens à Procura de Lei e muito mais.

Pois bem. Uma playlist do Palco Supernova foi criada pela Filtr e você pode segui-la por aqui ou ouvi-la logo abaixo, e nós pedimos para que artistas que tocam no evento escolhessem suas três canções favoritas dela.

Você pode ver as escolhas logo abaixo e correr para ouvir as canções na playlist!

Participe de Game e troque por Prêmios

No final do post você fica sabendo como participar de um game da Filtr Brasil para trocar por prêmios como chopp e transfer pro Rock In Rio.

 

Cyro Sampaio (Menores Atos)

Vivendo do Ócio – “Nostalgia”

Adoro essa música e banda. Agora fazemos parte do mesmo selo (Flecha Discos), inclusive, e a proximidade só aumentou o carinho e a admiração.

Bullet Bane – “Gangorra”

Somos amigos há muitos anos, já tocamos inúmeras vezes juntos e essa música é uma das minhas preferidas desde que a banda começou a cantar em português.

BRAZA – “Segue o Baile”

meus conterrâneos, sempre foram uma referência aqui no Rio, com um baita showzão pra cima e muita qualidade.

 

Gabriel Aragão (Selvagens à Procura de Lei)

Vivendo do Ócio – “Nostalgia”

Pra mim essa música está entre as 10 melhores do rock nacional dos anos 2010. Jajá canta demais nessa faixa, além de recitar um trecho do poema O Incriado, de Vinicius de Moraes. Uma curiosidade é que a Pitty gravou os backing vocals do refrão. O clipe é genial. Vale a pena conferir!

Maglore – “Se Você Fosse Minha”

Adoro esse estilo vintage que só a Maglore imprime e nessa faixa do disco III eles capricharam. Sinto ecos de Jorge Ben Jor e de uma brasilidade malandra old school. O bom humor na letra também salta e dá um up na música. Sensacional.

Maria – “Acabou”

Conheci essa nesta playlist! Por isso, recomendo demais ouvir até o fim… É seleção com estilos bem diferentes e, por isso mesmo, você acaba descobrindo muito som legal que, talvez, por si só não fosse atrás de ouvir. Curti muito a letra dessa faixa da Maria. A voz dela é envolvente e já comecei a seguir ela pra acompanhar de perto as novidades! Muito massa!

 

Teago Oliveira (Maglore)

André Prando – “Fantasmas Talvez”

Música linda, clipe maravilhoso. André está em uma ótima fase como compositor!

Vivendo do Ócio – “Nostalgia”

Uma música que já faz parte da história do rock da Bahia. VDO tem um show muito potente.

Selvagens à Procura de Lei – “Despedida”

Banda massa de Fortaleza que tem um show muito contundente e um público muito fiel!

 

Dieguito Reis (Vivendo do Ócio)

 

BRAZA – “Segue o Baile”

O BRAZA são os irmãos que a minha mãe não me deu. Somos amigos desde a época do Forfun, curto muito o som deles e já tive até a oportunidade de participar do show com meu projeto solo. “Segue o Baile” foi a música que me identifiquei de cara.

Maglore – “Se Você Fosse Minha”

Meus conterrâneos que vêm crescendo cada vez mais no cenário nacional. Gosto muito do estilo de composição do Teago e essa é uma das minhas favoritas.

Haikaiss – “Raplord”

Gosto muito de rap, inclusive meu projeto solo dialoga bastante com essa pegada e essa track do Haikaiss é peso demais. Tenho vontade de ver um show deles.

 

André Prando

Maglore – “Dança Diferente”

Tá maluco… Maglorão tem uns popsong hit demais. Essa é uma, amo. Gosto muito da banda, das composições e são um exemplo foda de bandas do independente que tem um puta rolê consolidado. Aulas!

Tássia Reis – “Próspera”

Discasso novo da Tássia tá uma bomba! “Próspera” é uma swingera absurda, potente, deve ser lindo o show dela! Nunca vi e adoraria. Grande artista! Better than ever!

Selvagens à procura de lei – “Despedida”

Me identifico com o som deles! Bandassa super pertinente no rolê independente. Acho essa super hit!

 

Mucio Botelho (LUPA)

Lagum – “Oi”

A primeira música é “Oi”, não a nossa (risos). “Oi” da Lagum. É uma música irmã nossa praticamente, a gente lançou a nossa no começo do ano e a Lagum acabou de lançar no novo disco deles.

É um som que a gente ama, ama, ama, e um dia a gente ainda vai acabar fazendo um mashup maravilhoso para avacalhar esse Brasil. É um tema que tá sendo muito real pra gente por causa dessa questão de sair em turnê, não estar em casa, então a gente e identifica muito.

BRAZA – “Segue o Baile”

Esse é um lema de vida pra LUPA! É tipo “Segue o jogo, segue o jogo, segue o jogo”. Não há problema que possa aparecer no nosso caminho que vá parar os nossos planos e sonhos. “Segue o Baile” é uma coisa que a gente leva pra vida.

Inclusive, a gente conheceu o BRAZA no festival Tenho Mais Discos Que Amigos!, em 2017, e foi um dos shows que a gente mais gostou. E a gente ama música que conversa com o quadril, como você bem sabe (risos).

Dona Cislene e Versalle – “Coração de Merda”

A gente está incrivelmente feliz de tocar no Rock In Rio, mas se tem uma coisa que poderia acontecer pra deixar a experiência mais massa, é tocar no Rock In Rio com uma banda que tem nossos melhores amigos.

A gente se ajuda na correria desde o comecinho da LUPA, sabe? Os melhores momentos que a gente já passou a gente divide e isso é muito importante, eu fico muito feliz e orgulho de estar vivendo isso junto com eles.

Então pra fechar, meus queridinhos da Dona Cis!

LEIA TAMBÉM: Rock In Rio – jogue o Filtr Game e troque pontos por prêmios como Chopp e até Transfer para o Festival