Nick Carter e Aaron Carter
Foto via Wikimedia Commons/YouTube
 

Nick Carter, um dos integrantes do Backstreet Boys, pediu por uma medida protetiva contra seu irmão mais novo, o cantor Aaron Carter.

A decisão vem após anos de intriga entre os dois, que teve seu estopim quando, supostamente, Aaron teria ameaçado de morte a esposa grávida de Nick. Ao explicar sua situação, o artista usou uma hashtag sobre controle de armas — o irmão teria mais de 500 em sua posse.

Nick disse (via Twitter):

Tendo em vista o comportamento cada vez mais alarmante de Aaron e de sua recente confissão de que ele tem pensamentos e intenções de matar minha esposa grávida e meu filho ainda não nascido, ficamos sem opção a não ser tomar todas as medidas possíveis para proteger a nós e à nossa família. Nós amamos nosso irmão e realmente esperamos que ele receba o tratamento adequado de que precisa antes que aconteça algo com ele ou com qualquer outra pessoa.

Aaron Carter tem enfrentado já há alguns anos problemas com drogas e saúde mental. Ele afirma que já não vê seu irmão há anos, e deu a entender no Twitter que sua família não o apoia.

Ainda em seu perfil na rede social, Aaron diz que sofreu bullying do irmão enquanto criança, baseando seu argumento em um vídeo do reality show The House of Carters. Em outro tweet, o cantor chega a chamar Nick Carter de “estuprador” — o artista tem acusações em seu nome.

Confira abaixo.

Backstreet Boys no Brasil

O Backstreet Boys confirmou uma vinda ao Brasil em 2020. Confira clicando aqui.

     
 
Compartilhar