Felipe Neto faz vídeo contra censura
Foto: Twitter (@felipeneto)
 

Hoje (6) mais cedo, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, emitiu um comunicado ordenando a retirada da HQ Vingadores – A Cruzada das Crianças da Bienal do Livro realizada na capital carioca devido à presença de uma cena com um beijo entre dois personagens homens.

O tiro saiu pela culatra, já que em nota, a organização da Bienal afirmou que não recolheria nenhum exemplar, “pois o conteúdo não é impróprio e nem pornográfico”. Além disso, a HQ da Marvel se esgotou na manhã desta sexta-feira (6), em menos de 40 minutos após a abertura do evento.

Felizmente, de acordo com a Folha de São Paulo, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro concedeu uma liminar que impede as ações projetadas pela prefeitura, que iam desde a apreensão e censura de livros na Bienal até a cassação do alvará do evento.

Mesmo assim, indignado com toda essa situação, o youtuber Felipe Neto resolveu usar sua influência — e sua boa situação financeira — para fazer algo a respeito. Como mostra o tweet abaixo, ele comprou mais de 10 mil livros de várias editoras, todos com temática LGBT+, e irá distribuí-los gratuitamente amanhã.

Felipe Neto e a censura na Bienal do Livro

A entrega dos exemplares está marcada para as 12h de amanhã, sábado (7), na praça de alimentação dessa edição da Bienal. Entre os livros comprados por Felipe, estão Confissões de Um Garoto Tímido, Nerd e (Ligeiramente) Apaixonado, de Thalita RebouçasArrase!, de RuPaul Boy Erasedde Garrard Conley.

O youtuber não estará presente pessoalmente — uma promotora de vendas fará a distribuição dos livros — mas todas as 10 mil cópias receberão um adesivo que traz os dizeres “Este livro é impróprio para pessoas atrasadas, retrógradas e preconceituosas”, ironizando a censura do prefeito carioca.

Por fim, Felipe ainda alterou a programação normal do seu canal e substituiu o vídeo programado para hoje por um desabafo contra a censura do prefeito — você pode conferir abaixo.

     
 
Compartilhar