Billie Joe com o Green Day em Curitiba
Foto por Tony Aiex / TMDQA!
 

Entra ano, sai ano e todo mês de Setembro elas estão de volta: as piadas com “Wake Me Up When September Ends”, do Green Day.

A música escrita por Billie Joe Armstrong é um dos grandes sucessos da banda e acabou virando um meme entre os fãs de música, que logo no dia 01/09 compartilham várias imagens do vocalista e guitarrista dizendo que ele começou a dormir, e ao final do mês, se lembram de acordá-lo.

A gente já até te contou por aqui sobre o dia em que uma rádio passou um trote em Billie Joe, acordando o cara, e agora relembra uma vez em que ele rebateu as piadas com uma boa dose de ironia, aparentemente não muito feliz com o fato de que todo ano “as mesmas pessoas” repetem o feito.

Billie Joe e as Piadas de Setembro

Green Day Internet Joke

Green Day has a new song idea in response to all your "Wake Me Up When September Ends" jokes.

Posted by Vulture on Tuesday, November 8, 2016

 

As declarações de Billie Joe vieram em 2016, quando ele estava dando uma entrevista para a Vulture, e na ocasião ele falou:

Setembro chega e as pessoas falam: ‘Hey, é o cara do Green Day’. É como quando Jesus nasceu em 25 de Dezembro, e as pessoas falam, ‘Hey, é Natal!’ Quando o coelhinho da Páscoa chega é tipo, ‘Hey, estamos na Páscoa!’

Ou quando Setembro chega e as pessoas falam, ‘Hey! É o cara do Green Day!’

Quando o repórter pergunta se ele teria algo a dizer para “as mesmas pessoas que fazem isso todo ano”, Billie Joe deu uma risada irônica e mandou:

Eu não sei… sei lá… divirta-se, mas vá procurar uma vida ao mesmo tempo.

Lee Kirk, diretor do filme Ordinary World, que tem Billie Joe como protagonista, está junto no papo e fala: “ele irá compor uma nova música chamada October Beginning. Vai começar todo um novo lance.”

Billie Joe dá mais risadas e então responde:

A música irá se chamar ‘Cale a merda da boca quando Outubro chegar’.

Galvão? Diga lá, Tino. Sentiu.

Significado da Música

Vale lembrar que a canção fala sobre um episódio triste na vida de BJ, que é a morte do seu pai.

     
 
Compartilhar