Lauro Kirsch, baterista, anuncia saída do Far From Alaska
 

A banda brasileira Far From Alaska está passando por novas mudanças na formação.

O baterista Lauro Kirsch publicou hoje mais cedo um texto em seu perfil oficial no Instagram dizendo que está saindo do grupo de forma amigável, e falou sobre como é grato pelos momentos que viveu na banda.

Em seu post, ele ainda disse que seu último show com a banda será no festival Oxigênio, no dia 15 de Setembro:

Alerta de textão, papo sério (vou tentar, juro!). To saindo do Far From Alaska, aliás, já saí em meados de julho (!!!) mas decidi segurar essa info até antes do último show (mais sobre ele ao final do texto). Se você gosta de um bom seriado com foreshadowing e plot twists, deve perceber agora que no dia do meu aniversário (29/07) eu fiz uma publicação já preparando o terreno pra essa postagem de hoje (aprendam, roteiristas). Não teve nenhuma briga, continuamos amigos, tá tudo certo (ou será que seria interessante deixar isso em dúvida pra garantir uma matéria na Contigo?). Também não teve nenhum motivo único grandioso o suficiente pra ser apontado como responsável (eu podia mentir aqui também pra garantir logo um destaque na capa nessa matéria da Contigo). É simplesmente um sentimento que vem, há bastante tempo, crescendo aos poucos em mim e precisei expressar a minha vontade de encerrar esse meu ciclo junto da banda e dar vazão a ~ outros projetos ~. O Far From Alaska é um projeto que eu me orgulho imensamente de ter participado, conseguimos alçar vôos que jamais imaginaríamos, sem conhecer as metas e logo em seguida dobrando essas metas. Foram 7 anos e meio de muitas risadas, discussões que entravam em loop infinito (alô, Cris e Rafa!), viagens loucas, conquistas e shows inesquecíveis. São muitos momentos que vou levar comigo pra sempre <!!! humble bragging alert !!!> (mas hoje pode), foi lindo ter a oportunidade de tocar no main stage do Download Festival em Paris, Lollapalooza, tocar em 10 países diferentes, receber um prêmio em Cannes, gravar um disco nos EUA, rodar o Brasilzão, emplacar música na novela da Globo… Porra, a lista é imensa. Fora do palco, nunca vou esquecer momentos como os que tivemos, rindo da vida bebendo cervejas caríssimas (que não pagamos, obviamente) numa master suite no Carlton em Cannes, na França, até um after-party num sótão (que não dava pra ficar de pé) escondido numa rádio universitária dentro do departamento dos cursos de engenharia em Zagreb, na Croácia. Foi lindo conhecer tantos lugares e pessoas que não teria tido a oportunidade se não fosse pela banda.

Sou muito grato de ter conseguido viver o meu sonho de rodar por aí com minha banda e atingir pessoas com o nosso trabalho. Música é uma parada muito forte e transformadora. Ela te causa sensações, dá significado a sentimentos sem definições e tem o poder de nos teletransportar pra momentos que vivemos. Queria agradecer, agora publicamente, aos meus amigos @cris.botarelli, @ra.ffa e @emmilybarreto, vocês são as pessoas mais talentosas com quem já tive o prazer de tocar, muito obrigado pelos momentos vividos. It’s been a wild ride! Eu tenho a plena certeza de que o FFA segue em excelentes mãos e ainda vai alçar vôos muito maiores. O céu é o limite (e talvez nem tanto, se no futuro tiver show em Marte ou na lua, me chamem pra participar). Agradeço também a todo mundo que fez parte dessa jornada trabalhando ao nosso lado, em especial a nossa equipe titular @josephraul, @adrianavianas, @bcn.daniel e @muriloamancio que está em todo role fazendo a parada acontecer junto com a gente. Depois desse momento gratiluz (porém genuíno), voltamos à programação normal de piadinhas e roteiro. Pra galera que acredita nos alinhamentos planetários, ciclos e poesia barata vale dizer que 7 anos atrás entrei na banda ao final de um ensaio em estúdio, e, analogamente, expressei minha vontade de fechar esse ciclo ao final de um ensaio, em estúdio. Nosso primeiro show como banda foi em São Paulo, ao vencer uma seletiva nacional, e em São Paulo também será o meu último (caralho, eu podia escrever o final de Game of Thrones com a mão esquerda). Coincidência isso????? Acho que sim. Por fim, convido todo mundo pra colar junto no meu último show, 15/09 no @oxigeniofestival. Vamo fazer essa festa bonicta juntinhos e celebrar a vida!

Far From Alaska

O mais recente disco da banda é Unlikely, lançado em 2017.

     
 
Compartilhar