P!nk e Kanye West
Fotos via Wikimedia Commons
 

Já se foram 10 anos desde o dia em que Kanye West arrancou o microfone das mãos de Taylor Swift para protestar contra sua vitória no VMA.

Para quem não se lembra do momento, West invadiu o palco da premiação enquanto Taylor recebia seu troféu pelo clipe de “You Belong With Me”. O rapper prometeu que a deixaria terminar seu discurso, e aí começou o seu próprio — para o cara, quem deveria ganhar era Beyoncé.

Agora, um artigo da Billboard (via) revela alguns detalhes dos bastidores do prêmio, incluindo uma discussão entre West e a cantora P!nk. James Montgomery, do MTV News, revelou:

As pessoas do Radio City odiaram [Kanye] — elas estavam vaiando e xingando. Durante o intervalo comercial, ele voltou ao seu lugar e P!nk caminhou até ele e ficou na sua cara. Eu não estava perto o suficiente para ouvir a conversa, mas ela estava apontando o dedo na cara dele e balançando a cabeça para frente e para trás — provavelmente dizendo a ele sobre o quão fodido foi aquilo e depois saiu em disparada. Em seguida, ele ficou sentado ao lado da [então namorada] Amber Rose com o braço em volta dela, e você podia sentir que todos no Radio City estavam olhando para as costas dele.

Quem também abriu o jogo foi Van Toffler, ex-presidente da Viacom Media Network, revelando que Beyoncé ficou aos prantos após o incidente.

Eu vi [o fundador da Big Machine] Scott Borchetta e disse: ‘Por favor, faça com que ela fique, eu vou descobrir uma maneira de lidar com isso’. Fui para trás do palco — e com certeza lá estavam Beyoncé e seu pai, e ela estava chorando. Ela ficou tipo, ‘Eu não sabia que isso iria acontecer, me sinto tão mal por ela.’ E foi aí que começou a clicar na minha cabeça, e talvez na dela, sobre o potencial fim daquele arco naquela noite.

Também premiada no VMA, a cantora cedeu um espaço de seu discurso para que Swift pudesse terminar o dela. Já Kanye West foi convidado a se retirar…

Amizade conturbada

Ao longo desta década, West e Taylor fizeram as pazes e voltaram a brigar mais uma vez.

rapper usou o nome e a imagem da cantora em “Famous”, faixa onde a chama de “vadia” e diz que ainda poderia transar com ela. À época do lançamento, a cantora afirmou que não havia sido informada sobre isso, e foi aí que Kim Kardashian, empresária e esposa de Kanye, vazou o áudio de uma ligação entre os dois para desmenti-la.

Desde então, já faz um tempinho que a dupla não se bica.

LEIA TAMBÉM: P!nk tem a turnê mais lucrativa entre artistas mulheres na década