Hole Celebrity Skin
Divulgação

O Hole não faz mais parte do processo pedindo por indenização por um incêndio que destruiu milhares de músicas em 2008.

Como te contamos por aqui, foi descoberto apenas neste ano que o fogo que destruiu parte dos estúdios da Universal transformou em cinzas os materiais originais de centenas de artistas vinculados à gravadora. Dentre estes estariam outros nomes como Soundgarden, Guns N’ Roses e muito mais.

Agora, porém, uma nova reviravolta aconteceu a favor da Universal. O selo alega que a banda de Courtney Love e outras, na verdade, não perderam nenhum material no fogo. Em comunicado, a gravadora diz que continua investigando o que foi realmente perdido.

Leia:

Há mais de um mês, sem sequer saber se o incêndio de 2008 no lote da NBC/Universal Studios afetou seus clientes, os advogados dos demandantes correram atrás de reivindicações legais meritórias. A equipe global dedicada da UMG está trabalhando ativamente e diretamente com nossos artistas e seus representantes para fornecer informações precisas sobre os ativos que temos, e o que pode ter sido perdido no incêndio.

Mesmo que nosso trabalho ainda não esteja completo, já determinamos que as masters originais de muitos dos artistas citados no processo não foram perdidas no incêndio de 2008. Não nos distrairemos do nosso foco em fornecer aos nossos artistas total transparência, mesmo que os advogados dos queixosos continuem a buscar essas alegações infundadas.

No momento, há apenas quatro artistas ainda no processo: o Soundgarden, Steve Earle e os espólios de Tupac e Tom Petty. Não ficou claro, porém, se eles também realmente perderam fitas originais no incêndio.

Além do Hole e das outras bandas citadas, nomes como Nirvana, Beck, Nine Inch Nails e Janet Jackson também teriam sido prejudicados. Agora é aguardar o fim das investigações.

 
Compartilhar