The Raven Age
 

A Raven Age é uma banda que nasceu com uma sombra muito grande sobre si. Fundado por George Harris, filho do lendário Steve Harris do Iron Maiden, o grupo faz um som bem interessante com conceitos bem fortes em suas canções.

Prestes a vir para o Brasil acompanhando a tour de seu pai, George conversou com a gente e se mostrou disposto a conquistar o público com sua própria personalidade.

Confira o nosso papo logo depois do disco da banda.

TMDQA!: Queria começar falando do novo disco. Fiquei bem intrigado pela história que vocês criaram no álbum. Desde o começo do processo foi um disco conceitual ou foi algo que surgiu no processo?

George Harris: Foi algo que surgiu. Na verdade, acho que o nosso disco nem é conceitual de um modo clássico, sabe? A gente tava muito pirado no termo “Conspiracy” que tem o lado de algo secreto e também significa o coletivo de corvos, dialogando com o nosso nome. A partir disso fomos criando histórias nas músicas e meio que elas criaram uma história conectando todas.

TMDQA!: E como tem sido transportar essa experiência ficcional do disco para palcos grandes como os que vocês tocarão aqui?

Raven Age: Muito bacana e cara, estamos muito empolgados. A gente tá acostumado a tocar em lugares pequenos e já estamos pensando em fazer um trabalho de mídia para nos acompanhar e fora que é tão legal tocar com espaço para sei lá, correr no palco! (risos)

TMDQA!: E quais as expectativas de vocês para essa turnê?

Raven Age: Queremos usar essa plataforma enorme para apresentar o nosso melhor, sabe? Apresentar nosso novo álbum. Estou muito nervoso e ansioso, mas de um modo positivo, que motiva.

TMDQA!: E o público, o que eles podem esperar?

Raven Age: Uma troca com a gente. O Brasil é mundialmente conhecido como um dos melhores públicos do mundo e vamos fazer de tudo para nos conectar com vocês.

TMDQA: Esse ano marca 10 anos de estrada de vocês, que conseguiram montar uma identidade mesmo com algumas pessoas tentando colocar vocês como “a banda do filho do Steve Harris”. Como vocês lidam com isso?

Raven Age: Olha, isso é algo que sinto que nunca vamos nos livrar então meio que aprendemos a lidar, a nos acostumar e curtir o caminho. A gente montou a banda sem nenhuma pretensão a não ser se divertir e amar a música que tocamos, então tentamos focar nisso e continuar.

TMDQA!: E você tem mais discos que amigos?

Raven Age: Nossa, demais, principalmente se você contar o digital também! (Risos)