Game of Thrones Drogon
Divulgação/HBO
 

O episódio final de Game of Thrones, fenômeno da HBO, gerou as mais diversas reações em seu público.

Uma delas foi a de criar teorias sobre detalhes da trama, principalmente quando falamos da morte de Daenerys Targaryen (Emilia Clarke). A Rainha foi assassinada por Jon Snow (Kit Harington) antes mesmo de sentar no Trono de Ferro, e foi aí que surgiu Drogon, um de seus “filhos”.

O dragão, após ver a mãe morta, colocou fogo no Trono, o reduzindo a metal derretido. Muito se falou sobre essa decisão, e a teoria mais adotada pelos fãs foi a de que o animal teria destruído o trono como um símbolo do fim do poder que corrompeu Dany.

O roteiro, porém, traz uma solução muito mais simples a esse mistério. Os criadores do seriado, David Benioff e DB Weiss, divulgaram o script completo por conta da indicação ao Emmy Awards — onde a série bateu recordes.

A parte que diz respeito à cena revela:

Drogon quer queimar o mundo inteiro, mas ele não vai matar Jon. Ele joga fogo na parede do fundo, derrubando o que resta dos grandes blocos vermelhos de pedra. Olhamos por cima do ombro de Jon enquanto o fogo vai em direção ao trono — não o alvo da ira de Drogon, apenas um obstáculo idiota que foi pego no incêndio.

Simples assim. Leia o roteiro completo clicando aqui.

     
 
FonteNME
Compartilhar