Mike Myers em Austin Powers
Foto: Divulgação
 
Ouça o novo single da Majur!

Depois de Mike Myers cogitar por duas vezes em 2018 o retorno da franquia Austin Powers nos cinemas, dessa vez foi o diretor responsável pela trilogia, Jay Roach, que veio a público falar sobre a questão. Porém, as declarações do cineasta não foram tão animadoras quanto às do ator que interpreta o protagonista Dr. Evil.

Roach afirmou, em entrevista ao The Independent, estar inseguro com relação a um possível novo filme da série, até porque Verne Troyer, que dava vida ao pequenino Mini-Me, cópia em miniatura do personagem principal, se suicidou em abril do ano passado, aos 49 anos.

Nós temos tentado encontrar uma ideia que pudesse sustentar um quarto filme por muito tempo, mas sempre está a critério de Mike (Myers). Nós sempre achamos que haveria mais história para contar sobre o Dr. Evil.

Mas para ser honesto, não sei como a gente faria sem o Verne (Troyer). A gente tinha muitas ideias para revelar toda uma vida que levaria o personagem dele muito mais a fundo. Se o Mike conseguir solucionar esse problema, nós definitivamente faremos algum tipo de tributo para ele. Eu estou lá se ele (Mike) quiser realizar.

Participação no Tonight Show

Em 2018, Myers reviveu Dr. Evil em um episódio do talk show de Jimmy Fallon, The Tonight Show. Na esquete, ele, dentro do gabinete de Donald Trump, se mostra desapontado porque Steve Bannon já havia pegado o posto de “Secretário da Maldade”.

Trajetória nos cinemas

A trilogia Austin Powers teve início em 1997, quando estreou nas telonas Austin Powers: 000, um Agente Nada Discreto. Os longas seguintes foram Austin Powers: O Agente ‘Bond’ Cama, de 1999, e Austin Powers em o Homem do Membro de Ouro, de 2002.