Ed Sheeran
Foto: Reprodução / Instagram
 

O cantor e compositor britânico Ed Sheeran, além de ter seu nome associado ao mainstream, atua como compositor e, enquanto escrevia seus próprios hits, dava composições suas para outros artistas gravarem. Dentre eles estão Justin Bieber, The Weeknd, Hilary Duff e Taylor Swift. Não dá para negar que o cara desenvolveu uma ótima habilidade de trabalhar em parcerias.

Essa habilidade já era percebida desde o início da década. Em 2011, Sheeran lançou o EP No.5 Collaborations Project, onde chamou artistas para construir o que viria a ser seu primeiro álbum de estúdio. Passados oito anos, veio o sucesso e, consequentemente, contatos com nomes grandes do cenário mainstream da indústria. Isso tudo desencadeou em seu mais novo álbum de parcerias, o No.6 Collaborations Project.

Lançado na última sexta (12), o disco conta 15 músicas inéditas, e em nenhuma delas Ed canta sozinho. Só nas prévias, o cantor já nos apresentou a parcerias com Justin Bieber, Chance The Rapper e Khalid.

Em paralelo ao lançamento do disco, Ed divulgou um divertido clipe para “Antisocial“, sua parceria com Travis Scott.

 

50 Cent, Cardi B, Young Thug, H.E.R. e mais

Além das já divulgadas anteriormente, o álbum veio com outras participações incríveis. São um total de 21 nomes convidados.

As participações vão desde o R&B de Ella Mai até os versos afiados de Eminem, passando por apostas recentes como H.E.R., nomes “ressuscitados” como 50 Cent e artistas latinos como Paulo Londra. Alguns destaques vão para as faixas “Best Part of Me“, “1000 Nights” e “Way To Break My Heart“, que mostram diferentes facetas da criatividade musical de Sheeran.

Vale destacar também a força do hip-hop no disco, indicada pela participação de artistas como Stormzy, Cardi B e Eminem. Nesses momentos, Ed aproveita para por à prova suas habilidades em versos, como demonstra a canção “Take Me Back To London“.

Uma das mais impressionantes faixas fica justamente no final. Após abusar de beats eletrônicos e da estética do R&B e do hip-hop ao longo do disco, o cantor nos entrega a ótima “BLOW“, com uma pegada voltada ao rock e com as participações de Chris Stapleton e Bruno Mars.

Confira abaixo o álbum na íntegra. Deixe sua opinião sobre as novas canções nos comentários.