Segundo disco de Zé Ramalho ganha releitura por artistas indie
Foto: Wikimedia Commons
 

Lançado há 40 anos, A peleja do diabo com o dono do céu é um dos álbuns clássicos da carreira de Zé Ramalho. Para comemorar a data, o trabalho ganhou uma releitura feita majoritariamente por artistas indie.

Sucessos como “Admirável gado novo”, “Garoto de aluguel” e “Frevo mulher” ganharam uma nova roupagem pop de nomes como a banda paraibana Prima Facie, da qual faz parte um dos filhos de Zé, Frejat em “Jardim das acácias”, Robertinho de Recife no tema instrumental “Agônico”, entre outros.

O cantor João Ramalho, filho de Zé com Amelinha, participou do álbum de 1979 na gravação da música “Pelo vinho e pelo pão” e agora dá uma nova cara a “Beira mar”. Outro destaque é o Kisser Clan, um dos projetos paralelos de Andreas Kisser no qual ele toca e canta ao lado do filho Yohan Kisser (guitarra e voz), Amilcar Christófaro (bateria) e Gustavo Giglio (baixista). No projeto, eles recriam “Mote das Amplidões”.

O registro, que contou com direção artística do próprio Zé Ramalho, já está disponível nos serviços de streaming e deve sair no formato físico em Agosto.