Kamasi Washington
Foto: Wikimedia Commons
 

Kamasi Washington passou por uma situação pra lá de complicada durante sua passagem pela Áustria na última segunda-feira (08).

O músico finalizou seu show com apenas uma música no setlist após alegar que seu pai, que faz parte do grupo, foi agredido por um segurança da casa.

Ao explicar o motivo à plateia, Washington disse:

A razão pela qual estamos atrasados hoje é porque um guarda da segurança daqui agrediu meu pai, Rickey Washington. Eu vi esse homem cara a cara. Ele olhou para mim e riu. Ele disse, ‘ele estava agindo como um babaca’. Eu disse, ‘você não tem o direito de fazer isso com ele. Todos nós vamos embora.’

Em comunicado (via Pitchfork), a Arena Wien pediu desculpas ao público e ao músico pelo acontecido. A casa ainda alegou que vai reembolsar os ingressos e que o lucros remanescente será doado para a caridade.

Confira o vídeo do momento abaixo.

Discurso de Kamasi Washington

View this post on Instagram

Today was a tough day. As we were entering our show at #arenawien one of the security guards assaulted Kamasi’s father, @rickeywashington . When Kamasi calmly asked for and explanation from the security guard and his superior, they laughed in his face and told Kamasi that is father was acting like and asshole 🤷🏽‍♂️ It took everything in me to not respond to this level of hate with hate in return. Instead Kamasi kindly got on stage, explained to the audience what happened. We played and gave all our love to our audience for one song and left the venue as a united squad. That was not cool @arenawien, Vienna Austria. #westcoastgetdown #fuckracism @kamasiwashington #unitedwestand

A post shared by Tony Austin (@tonyaustindrums) on

   
 
Compartilhar