Tarrus Riley em vídeo da Jamaica sobre inflação
 

Não há dúvidas de que quando falamos da Jamaica, uma das primeiras coisas que pensamos a respeito do país é na sua música, certo?

Quem também entendeu dessa forma e resolveu utilizar o reggae para se comunicar com o povo foi o Banco Central do país, que quer passar à sua população a mensagem de que a economia jamaicana está, após longos anos de instabilidade, decolando.

Para colocar em perspectiva, uma matéria da Billboard mostra que há apenas sete anos o desemprego na Jamaica ultrapassava os 15% e o crescimento econômico ficava sempre abaixo de 1% ao ano. Agora, o desemprego está em um recorde histórico de 8% e a economia cresce há 18 quartos de ano consecutivos.

Reggae, População e a Inflação

Segundo Nigel Clarke, ministro de finanças e serviços públicos do país, o grande ponto para que a economia da Jamaica melhorasse foi se afastar de taxas de câmbio como a principal ferramenta para a política monetária e se concentrar na inflação, mirando o objetivo de tê-la sempre entre 4 e 6%.

Após trabalhar e atingir com sucesso esses objetivos, o governo sentiu que era necessário explicar para a população como uma inflação estável é benéfica para a economia e, consequentemente, o estilo de vida do seu povo, e Clarke disse:

A ideia é comunicar da melhor maneira possível, e na Jamaica, nada comunica melhor do que a música.

Vídeos e Artistas

Como resultado, o Banco Central da Jamaica convidou nomes como Tarrus Riley para gravar seus vídeos falando sobre como a inflação estável está levando o país adiante:

Inflação baixa, estável e previsível é para a economia o que a linha de baixo é para o reggae!

Além de cumprir com o propósito de servir como ponte entre governo e população, os vídeos também têm viralizado no mundo todo e acabam divulgando, mais uma vez, uma das maiores riquezas do país: a música.

   
 
Compartilhar