David Ellefson e Dave Mustaine (Megadeth)
Foto: Divulgação

Nos últimos dias, recebemos a triste notícia de que o Megadeth vai dar uma pausa nos shows por conta de um câncer descoberto por Dave Mustaine. Agora, David Ellefson falou um pouco mais sobre a situação da banda.

Em entrevista para a The Classic Metal Show (via CoS), o baixista revelou que a banda continuaria com as atividades normalmente enquanto o frontman se trata, mas ordens médicas pediram pelo repouso.

Leia:

Estávamos nos preparando para essa bomba, sabendo que tínhamos que fazer o anúncio. Pensamentos e orações são sempre bem-vindos. Dave começou seu tratamento. Nós estivemos em Nashville no último mês e meio trabalhando no álbum, então estávamos vendo tudo se desdobrar diante de nós… Dave começou o tratamento, então as coisas estão progredindo. Apenas se tornou uma realidade onde, tipo, ‘olhe, para fazer esse tratamento corretamente, siga as ordens do médico, Dave não pode estar em tratamento para um câncer e viajar fazendo grandes shows de rock.’ Então tivemos que dizer: ‘Temos que simplesmente parar. Temos que parar tudo e colocar isso como a prioridade número um’, que é o que o anúncio foi — apenas abordando isso e dando a todos um aviso de que alguns shows vão ter que ser cancelados até que tudo seja resolvido . Dave e eu passamos pela nossa parte desse negócio: altos e baixos, viciados em drogas, rompimentos e retornos e tudo mais. Este é outro capítulo.

Vale lembrar que os shows do Megadeth no mundo inteiro, incluindo apresentações no Brasil, foram cancelados e ainda não têm previsão de remarcação.

LEIA TAMBÉM: Gente como a gente: David Ellefson revela que é assalariado no Megadeth