Fita Master de Howlin Wolf
 

Há alguns dias nós falamos por aqui sobre como o jornal The New York Times publicou uma matéria pra lá de triste para a música mundial.

De acordo com a publicação, um incêndio nos estúdios da Universal na Califórnia em 2008 teria destruído diversas masters de bandas e artistas como Nirvana, Soundgarden, Hole, R.E.M., Iggy Pop, Chuck Berry, Elton John, Guns N’ Roses e mais.

Em uma nova entrevista para a Billboard, o arquivista Patrick Kraus, responsável pelo armazenamento dos itens da gravadora hoje em dia, falou sobre como passou os últimos dias mandando pessoas de confiança aos dez cofres que a empresa tem ao redor do mundo para verificar a existência e a integridade de registros que teriam (ou não) sido perdidos.

Incêndio na Universal

Kraus não trabalhava na empresa em 2008, quando o incêndio aconteceu. Ele foi funcionário da Warner Music por 17 anos e chegou à Universal em 2015, e falou com a Billboard a respeito.

Na entrevista, quando perguntado se o incidente realmente foi pior do que originalmente reportado há 11 anos, ele disse:

Baseado no que sabemos, para mim a matéria foi surpreendentemente exagerada. O artigo passou a imagem do arquivo sendo um lugar onde todos os itens seriam uma fita master – o que nem sempre é verdade. Na verdade, nunca é verdade. As coisas que guardamos compreendem fitas K7 de referência, rolos de fita de referência, masters de produção, fitas multi-track, masters flat-mix – são vários itens, formatos e propósitos.

Ele ainda explicou que nem sempre as fitas master são utilizadas para um relançamento: “Às vezes a fita master não é a melhor fonte para se trabalhar. Às vezes é uma “cópia de proteção”, porque ela foi tocada menos, por exemplo.

Perdas para o Incêndio

Fita Master do John Coltrane Quartet
Foto: Cortesia UMG

Questionado sobre o que foi perdido, ele disse que a empresa nunca negou que o incêndio levou peças muito importantes da história musical, e disse que “qualquer perda de qualquer material, sendo master ou não, é dolorosa para nós”.

Kraus ainda disse que foram perdidas muitas coisas nos arquivos, entre fitas master, cópias de proteção, caixas de documentos e mais.

Mais importante, ele ainda identificou que itens comunicados para o público como destruídos ainda estão nas mãos da Universal, como masters de John Coltrane, Muddy Waters e da Chess Records.

Nirvana

A Billboard ainda citou artistas que se manifestaram sobre as perdas de materiais, e um deles foi o baixista do Nirvana, Krist Novoselic, que disse acreditar que a master do disco Nevermind foi “perdida para sempre”:

Todo artista que entrou em contato conosco com as suas preocupações, estamos trabalhando de perto com eles ou seus representantes para entregar a situação real de como estão todos os itens que nós guardamos.

   
 
Compartilhar