Nirvana - Nevermind
 

A Universal Music está rebatendo algumas das afirmações do The New York Times sobre um incêndio que destruiu seus estúdios em 2008.

Como te contamos por aqui, o jornal americano teve acesso a documentos que mostram que materiais originais e alguns inéditos de bandas como Nirvana, Hole, Soundgarden, Guns N’ Roses e várias outras foram perdidos no fogo.

Em seu comunicado, a gravadora informa que algumas informações são inconsistentes, e alega que o veículo desconsiderou outras gravações lançadas.

Leia um trecho (via Brooklyn Vegan):

A preservação musical é de alta prioridade para nós e temos orgulho do nosso histórico. Embora existam restrições que nos impedem de abordar publicamente alguns dos detalhes do incêndio ocorrido nas instalações dos NBCUniversal Studios há mais de uma década, o incidente — embora profundamente infeliz — nunca afetou a disponibilidade das músicas lançadas comercialmente e nem afetou a remuneração dos artistas. [O artigo do Times] convenientemente ignora as dezenas de milhares de gravações de catálogo que já lançamos nos últimos anos — incluindo versões em áudio de qualidade master e a alta qualidade de muitas gravações que a notícia alega que foram ‘destruídas’. A UMG investe mais em preservação musical e desenvolvimento de produtos de áudio de alta resolução do que qualquer outra empresa na música.

A Universal não revelou, entretanto, se as fitas foram realmente destruídas ou não.

Repercussão

Vários artistas e bandas já se pronunciaram sobre a notícia.

O Hole chegou a dizer que não sabia que seu material havia sido perdido no fogo, já Krist Novoselic, do Nirvana, declarou no Twitter que as fitas originais de Nevermind (1991) poderiam estar perdidas para sempre.

Complicado.