Wolverine Valadão, Clééééston e Seu Ronadão no Rockgol

É inegável que o RockGol foi um marco tanto para a TV brasileira quanto para a cena musical no país.

O programa humorístico da MTV Brasil sobre futebol começou a ser planejado na Copa de 2002 e nasceu definitivamente em 2003, sendo exibido na emissora todo domingo e tendo episódios de 1 hora. O projeto apresentado pelos totalmente excelentes Paulo Bonfá e Marco Bianchi cresceu, ganhou mais espaço na MTV e acendeu os holofotes sobre o campeonato de mesmo nome que reuniu vários músicos em partidas sensacionais.

O torneio Rockgol começou, na verdade, em 1995, e ganhou ainda mais força após o sucesso do programa semanal.

Foi com a transmissão e comentários dos apresentadores que fomos apresentados aos times mais bizarros da música brasileira — “seleções” que misturavam, por exemplo, membros do Shaman, B’roz e o rapper Rappin Hood.

Já falamos um pouco sobre momentos marcantes do campeonato por aqui, mas hoje o assunto é um dos aspectos mais importantes de todo o rolê: os apelidos carinhosamente atribuídos aos artistas pelos comentaristas. Enquanto alguns foram bem aceitos pelos caras, outro acabaram gerando tretas internas na MTV.

Confira a lista!

LEIA TAMBÉM: antes do VAR – o dia em que Nasi surtou após um não-gol no Rockgol

Apelidos do RockGol

 

1Musa Nissei-Sansei

Não poderíamos deixar de começar com Andre Matos, que infelizmente nos deixou na última semana. À época cantando com o Shaman, o vocalista recebeu o apelido por sua semelhança com uma “mulher japonesa”. Foi goleiro e era famoso por ter “mil graus de miopia”, o que explicava os vários gols tomados.

2Jesus e Jesus Jr.

Ainda no Shaman, os integrantes Luís (baixista) e Hugo Mariutti (guitarrista) ganharam os apelidos por sua semelhança… bem, com Jesus mesmo. Nenhum deles fazia milagre com a bola, entretanto.

3Wolverine Valadão Rodolfo

Foto: Reprodução/Facebook

Também goleiro, Nasi (IRA!) foi um dos personagens mais icônicos do torneio. Com alguns momentos marcantes como um surto por um não-gol, o músico ficou conhecido por sua semelhança com o X-man — o “Valadão Rodolfo” é o sobrenome do próprio vocalista.

4Cléééééééston

Mais um bordão do que um apelido, o DJ do Detonautas viu seu nome sendo berrado várias vezes por conta de seu desempenho espetacular nos jogos.

Além disso, até onde a gente lembra a pronúncia de seu nome não seria assim originalmente, mas ele acabou adotando.

5Tiozão do Churrasco

Esse ficou mais conhecido por seu apelido mesmo. O Tiozão era Guilherme Morgado, baterista do Catedral, com seu visual bem… de tiozão do churrasco.

6Juninho Papito

Ninguém mais, ninguém menos que Supla. O nome é uma junção de seu apelido “original” com o fato de ser filho do político Eduardo Suplicy. Esse era um dos que jogavam bem!

 

7Chiliquenta

Agora vem a treta. O vocalista do Cidade Negra, Toni Garrado, ganhou o apelido por conta de seu temperamento difícil durante os jogos. Diz a lenda que o nome acabou irritando o músico, que chegou a brigar internamente na MTV por isso. Chiliquenta mesmo.

 

8James McDowell, o gigante irlandês

Foto: Reprodução/YouTube

Assim ficou conhecido Jimmy London, do Matanza, outro esquentadinho do torneio. Arranjou briga com Di Ferrero, do NxZero, em mais uma treta da história do torneio.

 

9Quentin Tarantino/Playmobil

É só olhar para Samuel Rosa, do Skank, para entender o apelido.

 

10Água de Salsicha

Foto: Reprodução / YouTube

Na época ruivo, Roger, do Ultraje a Rigor, ganhou o apelido nada carinhoso.

 

11Boina-na-na-na

Gilmar Bolla 8, da Nação Zumbi, não deixava o estilo de lado em momento algum, e usava sua fiel boina durante os jogos.

12Mentira

Virou o nome de Filipe, do Br’Oz, por conta de suas pernas curtas. Entendeu? Sacou?

 

13Pequeno Samurai

Ninguém menos que Japinha, do CPM 22, por conta de seu visual nipônico. Jogava muito bem e se destacou, assim como Cléééééééston.

 

14Chernobyl

Por conta de seu corte de cabelo diferentão, o guitarrista Fredi Endres, da Comunidade Nin-Jitsu, foi comparado a um acidente nuclear — e o pior é que ele adorou o apelido e chegou a tatuá-lo posteriormente e adotá-lo em sua carreira como DJ Chernobyl.

15Seu Ronaldão

Assim foi chamado Léo, guitarrista do Tihuana, pela sua semelhança física com Ronaldo Fenômeno.

 

16“Cássia Eller”

Mais um nome dado pela semelhança, dessa vez do vocalista Toni Platão com a saudosa Cássia.

 

17Max Telefone de Contato

O rapper do DMN, certo dia, se embolou todo para passar seu telefone de contato para shows durante uma entrevista. O acontecimento não foi perdoado pelo RockGol, que apelidou o cara dessa forma. Em uma entrevista ao UOL, Max (que também adotou o apelido) revelou que as pessoas o conhecem mais pelo torneio e pelo apelido do que pela sua banda.

18Crina

Apelido de Renato Rocha, do Detonautas, por conta de seus longos cabelos negros.

 

19Rufus, o Lenhador

Assim ficou conhecido Júlio Cezar, baixista do Catedral, por sua semelhança com o personagem de A Corrida Maluca. Era goleiro e, em uma defesa, acabou deixando a cueca aparecer. O momento inspirou a propaganda fictícia das Cuecas Rufus — que fazem de tudo para aparecer. A partir daí veio também o bordão “Ru-Ru-Ru-Ru-RUFUS!”

 

20Kikozam Bianchi

Trocadilho com o nome de Kiko Zambianchi, frequentemente zoado por sua falta de “corpulência” e baixo desempenho nos jogos.