Radiohead
Foto: Divulgação
 

Situação complicada para os lados do Radiohead.

Um bootleger profissional — basicamente um hacker da música — roubou mais de 18 horas de material original do disco OK Computer (1997) e estava cobrando uma bolada para vender as sessões. Pouco depois, as faixas vazaram na internet.

A informação vem do Reddit (via NME), e diz que o bootleger conseguiu colocar as mãos em 18 mini-discos chamados de “As sessões completas de OK Computer“, que foram todos gravados e arquivados pelo próprio Thom Yorke. O material conta com demos, versões alternativas e gravações ao vivo em estúdio.

Neste arquivo do Google Docs, é possível ver uma lista bastante detalhada do conteúdo destes discos.

Ainda de acordo com o Reddit, o hacker estava pedindo mais de 500 mil reais (U$150,000) pelo material completo, e cobrando algo em torno de 3 mil reais (U$800) por cada faixa. Um fã declarou:

Estamos insatisfeitos com a ideia de que esse material seja vendido para círculos comerciais por um preço alto e para beneficiar alguém que lucra com material roubado.

Outro usuário ainda apontou que existem faixas inéditas do disco Kid A (2000) no meio do material, o que pode impactar em um relançamento comemorativo dos 20 anos do disco em 2020.

O Radiohead ainda não comentou o caso.

 
 
Compartilhar