Apple iTunes Store
Foto via Shutterstock
 

A Apple está sendo processada por um grupo de usuários das suas plataformas e o processo tem a ver com a suposta venda de informações pessoais.

De acordo com a Billboard, três usuários do iTunes entraram com o processo na Justiça da Califórnia e estão pedindo cerca de 5 milhões de dólares por conta da suposta coleta e revenda de informações pessoais envolvendo o comportamento na plataforma.

Ainda segundo o processo de 51 páginas, o comportamento da empresa violaria as leis dos estados de Rhode Island e Michigan, de onde são os requerentes.

Acusações contra a Apple

O processo dá conta de que a Apple ganharia dinheiro com a venda, aluguel e transmissão de informações dos seus usuários para terceiros, principalmente a respeito das músicas que cada consumidor compra da iTunes Store:

Os dados que a Apple disponibiliza incluem os nomes completos e endereços físicos dos seus clientes, junto com os gêneros e, em alguns casos, títulos específicos de música gravada digitalmente e que seus clientes tenham comprado através da iTunes Store.

Política da Apple

Vale lembrar que nos últimos anos a Apple se comunicou diversas vezes com o público no sentido de garantir que a privacidade de cada usuário da maçã não deveria temer por sua privacidade.

Algumas das campanhas mostraram frases de efeito como um outdoor em Las Vegas com o dito “O que acontece no seu iPhone fica no seu iPhone”, fazendo referência ao clássico “O que acontece em Vegas fica em Vegas”.

A Apple não respondeu ao pedido de comentários da Billboard.

   
 
Compartilhar