Phoenix - Wolfgang Amadeus Phoenix
 
Ouça o novo single da Majur!

25 de Maio de 2009. Há 10 anos, pouco menos de um mês antes desse site nascer, a banda francesa Phoenix lançava o seu quarto disco de estúdio e não apenas mudaria a história da sua carreira como também se tornaria um dos nomes mais comentados do planeta.

Tudo isso por causa de Wolfgand Amadeus Phoenix.

Fundada longos anos antes, em 1997, a banda de Versailles já havia lançado discos cheios em 2000, 2004 e 2006, mas não havia saído da bolha da música alternativa e tinha certo respeito no underground, tudo isso bem longe dos números que alcançaria com seu novo registro.

Produzido pelo próprio grupo ao lado de Philippe Zdar, o disco tem 10 faixas que resumem muito bem o espírito e a sonoridade do Phoenix com a diferença de ter um apelo pop como a banda ainda não havia conseguindo emplacar em suas canções anteriores.

Logo de cara, “1901”, “Lasso” e a gigantesca “Lisztomania” tornaram-se hits globais e não só caíram nas graças de um público indie cada vez maior como passaram a tocar nas rádios e a atingir as massas.

Origem do Nome

Ao falar sobre o nome do disco, um trocadilho com o nome do lendário compositor Wolfgang Amadeus Mozart, o vocalista Thomas Mars explicou que era “quase uma brincadeira infantil”, dizendo:

O nome do álbum é quase como uma coisa infantil, como se você estivesse soltando uma criança no museu e ela desenha um bigode na Mona Lisa ou algo do tipo. É meio coisa de pirralho, especialmente para mim, porque a minha mãe é Alemã e o Mozart é Austríaco, e na Alemanha é meio como se a gente estivesse tirando sarro do Papa ou algo do tipo.

Wolfgang Amadeus Phoenix e os Prêmios

Gravado no estúdio de Phillipe Zdar em Paris, Wolfgang Amadeus Phoenix acabou entrando no Top 10 das principais listas com os melhores discos de 2009, incluindo a terceira posição na revista TIME, a oitava na Pitchfork, a terceira na SPIN e a medalha de ouro para The A.V. Club e Drowned In Sound.

Além disso, ainda levou o Grammy de Melhor Disco de Música Alternativa no ano seguinte, o que ajudou a alavancar ainda mais a popularidade do álbum que colocou o Phoenix nos line-ups de grandes festivais, com direito a, anos depois, em 2013 quando lançava o sucessor Bankrupt!, ser headliner do influente Coachella.

Na Cultura Popular

Recentemente “Lisztomania”, canção batizada com o termo criado pelo escritor Heinrich Heine para descrever a resposta das plateias à maneira como o pianista Franz Liszt tocava, voltou aos holofotes principalmente nos Estados Unidos.

Isso porque foi resgatado um vídeo de Alexandria Ocasio-Cortez, congressista dos EUA que pode ser candidata à presidência do país em 2020, dançando o hit em um telhado ao lado dos seus amigos de faculdade na Boston University.

O vídeo foi uma tentativa que políticos de direita imaginaram para “manchar” a imagem da jovem congressista, conhecida por seus ideais à esquerda, mas a homenagem ao som do Phoenix e filmes dos Anos 80 e 90 como Clube dos Cinco acabou aumentando a sua popularidade, com direito à banda dando os parabéns.

Agora é só apertar o play e aproveitar! Sabadão e aniversário do disco? É a deixa perfeita para cantar, pular e dançar. Divirta-se!

     
 
Compartilhar