Morrissey na Broadway
Foto: Reprodução/Instagram
 

A loja de discos mais antiga do mundo não quer mais saber do Morrissey.

A Spillers Records, criada em 1894 em Cardiff, Reino Unido, anunciou que não vai mais vender nenhum material relacionado ao músico. O motivo é a polêmica na qual o artista está envolvido nas últimas semanas.

Morrissey tem demonstrado publicamente seu apoio à líder de extrema direita Anne Marie Waters, fundadora do partido For Britain, inclusive se apresentando na TV americana com um broche do partido. Ashli Todd, atual proprietária da loja, disse em entrevista (via NME):

Estou triste, mas nada surpresa de que a Spillers não possa mais ter material de Morrissey daqui para frente. Deveria ter feito isso mais cedo.

Morrissey

Ao saber das críticas em cima de sua posição política, o músico declarou:

Eu sei que a mídia não quer Anne Marie Waters e eles tentam manchá-la, mas eles estão errados e devem dar a ela uma chance, e eles devem parar de acusar as pessoas que querem um debate aberto como ‘racista’. Como eu disse anteriormente, a esquerda tornou-se de direita e a direita tornou-se a esquerda — uma mudança completa, e esta é uma Inglaterra moderna muito infeliz.

Saiba mais aqui.

   
 
Compartilhar