Bill de Blasio é fã de The Clash
 

Possivelmente você já escutou ou leu por aí o nome Bill de Blasio. Isso porque, recentemente, o atual prefeito da cidade de Nova Iorque virou assunto das mídias nacionais após criticar o presidente brasileiro Jair Bolsonaro.

De Blasio anunciou sua candidatura ao posto de candidato do Partido Democrata para as eleições norte-americanas de 2020. Para comentar sobre sua possível nova pretensão política, o prefeito foi aos estúdios da CNN. A conversa, no entanto, desenvolveu novos rumos, que entregaram algumas características de seu gosto musical.

 

The Clash, Joe Strummer e Ska

A conversa fluía normalmente, conforme os âncoras Alisyn Camerota e John Berman o questionavam sobre suas pretensões políticas. De Blasio respondia afirmando sua condição de prefeito de uma das mais importantes cidades do país. Alisyn e Berman resolveram, então, descontrair o clima ao perguntar o que costuma ser tocado na playlist do prefeito. Prontamente, ele respondeu que sua banda favorita é o The Clash, e elogiou o consagrado álbum London Calling. “Esse álbum tem vários hits bons”, comentou de Blasio.

Ele também falou que ama reggae. citando Bob Marley e Peter Tosh. Após citar dois estilos tão diferentes, Alisyn questionou sobre ska, recebendo como resposta um “Eu amo ska!”.

Berman, intrigado pelo amor do prefeito ao punk rock, perguntou o que seu lado punk se rebela contra. De Blasio respondeu sobre a mensagem “por um mundo melhor” do The Clash:

Acredito que a música deles fale de um mundo diferente e melhor. Tem um verso bonito de Joe Strummer: ‘O futuro não está escrito’. Trata-se de uma mensagem da qual ele falava frequentemente, e acho que é muito pertinente nos dias atuais. Temos perigos globais, diferenças econômicas, pensamentos radicais e tremendas possibilidades de mudanças. Eu creio que a mudança ainda é possível, mas precisamos senti-la nos nossos corações.

Vale lembrar que outro político dos Democratas com pretensões de se candidatar à presidência dos EUA é o senador Beto O’Rourke. Beto, durante os anos de faculdade, foi baixista de uma banda punk chamada Foss ao lado de Cedric Bixler-Zavala, conhecido por bandas como At The Drive-In e The Mars Volta.

Resumindo: há grandes chances de que tenhamos um fã de boa música concorrendo às eleições presidenciais dos EUA no ano que vem.

Ouça o novo disco do The Who!